3a. Etapa do Campeonato Estadual de Motovelocidade e Moto 1000 GP largam juntos dias 19 e 20 de novembro em Jacarepaguá

Assessoria do Campeonato, foto divulgação

A etapa de encerramento do Moto 1000 GP e a penúltima etapa do Campeonato Estadual de Motovelocidade unem seus pilotos num único dia de provas no Autódromo Nelson Piquet em Jacarepaguá, Rio de Janeiro. Organizado pelo piloto Alexandre Barros e por Gilson Scudeler, o Moto 1000 GP tem seis etapas na temporada anual e fecha 2011 através desta parceria com a FEMERJ – Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro para ter todos os pilotos juntos no grid de largada.

O Estadual de Motovelocidade ainda conta com mais uma etapa a se realizar nos dias 10 e 11 de dezembro. Na pista, competem pilotos das categorias Superbike, Supersport, Supersport 600, Superstock, 250T, Super250cc e Motoboy (amador). Já o Moto 1000 GP tem pilotos nas categorias GP 1000, RRS1000 e GP Light.

Segundo Claudio Sarmento, Diretor da modalidade de Motovelocidade da FEMERJ e organizador da prova, “O Estadual de Motovelocidade cresce a cada ano no número de pilotos e de público. É uma das provas mais concorridas do calendário carioca e o nosso objetivo é oferecer um grande espetáculo para a plateia que vier assistir a mais esta fase do campeonato e ainda aos pilotos do Moto 1000 GP”.

Já segundo Gilson Scudeler, “É uma parceria muito bem vinda ao Moto 1000 GP. O Estadual do Rio de Janeiro é um campeonato em ascensão, esta etapa em conjunto coincide com nossa política de buscar parcerias para fortalecer a motovelocidade brasileira. É uma forma de valorizar ainda mais os campeonatos regionais, ao mesmo tempo em que abrimos portas para que os pilotos possam conhecer o nosso projeto, que além das disputas em pista também trabalha para o desenvolvimento técnico dos pilotos e equipes”. A quarta etapa do Moto GP foi realizada juntamente com o Campeonato Gaúcho de Motovelocidade, em setembro, na cidade de Santa Cruz do Sul.

O Moto 1000 GP tem patrocínio de Petrobras, Lubrax e BMW Motorrad, além do apoio de Michelin e Beta Ferramentas, parceria com a W2 Boots e Shoei e parceria técnica de Servitec Dinamômetros, Vaz, Akrapovic, K&N e MRA. As provas da categoria têm transmissão ao vivo pela Record News em canal aberto em VHF e UHF, além de transmissão pela internet, na íntegra, pelo próprio site oficial do campeonato e pelo portal R7.

Já o Estadual de Motovelocidade conta com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Suderj.

Comentários Imprimir

Destaques do Motonline


Comentários

Ao postar um comentário você concorda com as Regras para a postagem do Motonline