Kawasaki Versys 650

Kawasaki Versys 650

100%

dos usuários recomendam esta moto

Satisfação Geral 4.80435
Visual 4.58695
Conforto 4.5435
Performance 4.58695
Dirigibilidade 4.84785
Consumo 4.26085
Custo x Benefício 4.69565

Motor bicilíndrico de 649 cc com foco nas baixas e médias rotações Na preparação do motor de dois cilindros paralelos de 649 cm³, a prioridade número um dos nossos engenheiros foi encontrar uma resposta de aceleração que combinasse a sensação de potência com uma característica de rápido ganho de giros. Para aperfeiçoar o desempenho na condução diária, um cuidado especial foi dedicado à maximização do torque em baixas e médias rotações. Ao acelerar, o piloto perceberá que os engenheiros conseguiram criar um motor extremamente macio e potente, que oferece um alto nível de controle nas mudanças repentinas de aceleração, com uma vigorosa resposta em baixas rotações. Rodas Esportivas de 17" Rodas dianteira e traseira de 17" contribuem para a grande agilidade da Versys. O pneu frontal de 120 mm oferece uma combinação perfeita entre maneabilidade e tração na roda dianteira. ABS Opcional Os três discos de freio em formato de pétala oferecem uma excepcional capacidade de frenagem e sensibilidade na manete. Os discos frontais com 5 mm de espessura permitem um controle mais preciso. E para uma segurança ainda maior na frenagem, a Versys pode ser adquirida com a opção ABS nos freios dianteiro e traseiro. Lanterna traseira em LED Nova lanterna traseira em LED, com lente vermelha transparente, confere um visual harmonioso para a rabeta. Tanque de 19 litros O tanque de combustível de 19 litros oferece uma maior autonomia para longas viagens. Novo Estilo Mais Afinado O novo desenho vertical do duplo farol frontal dá a Versys um visual mais esguio e é condizente com sua pilotagem ágil. O uso de uma lâmpada de único posicionamento contribui para a sua aparência esguia. O corpo esculpido da nova bolha frontal e da carenagem lateral aumenta a imagem dinâmica da Versys. Como um atleta, a imagem é de flexibilidade e força. Suspensão de curso longo A combinação de uma suspensão de curso mais longo com um ajuste de molas cuidadosamente considerado é uma das chaves do controle ativo oferecido pela Versys Além de ser facilmente capas de encarar uma variedade de condições de estrada e oferecer uma resposta que inspira confiança para o piloto, a Versys encoraja os pilotos a controlar conscientemente controlar o equilíbrio de peso das partes frontal e traseira da moto - dando uma nova dimensão de controle para ser explorada. Posição de pilotagem erguida Uma posição de pilotagem mais erguida, reta, com um guidão largo oferece uma postura naturalmente mais relaxada e um grande controle e permite que os pilotos experimentem um número de estilos de pilotagem. Assento para Garupa confortável A posição do assento do garupa foi projetada para oferecer uma posição natural para se sentar. As alças do garupa foram revisadas e são mais retas, sendo mais fáceis de se segurar e posicionadas mais atrás para uma maior liberdade de movimento. Bolha Ajustável A bolha ajustável tem três posições diferentes (erguida, padrão e avançada), permitindo aos pilotos a adequar sua posição de acordo com suas preferências. (É necessário o uso de uma chave Allen de 4 mm para ajustar a bolha, que é montada com um parafuso). Uma bolha alta também é disponível como um acessório Kawasaki genuíno. Instrumentos O painel de instrumentos tem uma iluminação de fundo em LED para aumentar a visibilidade à noite. As características incluem um velocímetro digital conta-giros estilo analógico, medidor de combustível digital, odômetro total, dois odômetros parciais, etc.

Ficha Técnica


Cilindrada: 650.00 cc

Tipo de Motor: 4 tempos

Arrefecimento: Líquido

Combustível: Gasolina

Potência Máxima: 64.00 cv a 8000 rpm

Torque Máximo: 6.20 kgf a 6800 rpm

Transmissão: 6 marchas

Injeção: Eletrônica

Partida: Elétrica

Chassi: Aço

Suspensão dianteira: Invertida

Ajuste da suspensão dianteira:

Suspensão traseira:

Ajuste da suspensão traseira:

Balança: Convencional
DIMENSÕES

Peso (seco): 0 kg

Peso em movimento: 206.00 kg (MVOM)

Comprimento: mm

Largura: 840 mm

Altura: 1330 mm

Altura do Banco: 845 mm

Distância entre Eixos: 1415 mm

Pneu Dianteiro: 120/70ZR17M/C (58W)

Pneu Traseiro: 160/60ZR17M/C (69W)

Capacidade do tanque:

Outras Versões

Versys 650

2017, 2013, 2012, 2011, 2010

Versys 650 (ABS)

2016, 2013, 2012, 2011, 2010

Versys City

2012, 2011

Versys Tourer

2013, 2012, 2011
(ver todas)

Principais avaliações

Recomendo!

Pros: Painel fantástico, ciclística perfeita pois conta com regulagens de retorno e compressão na dianteira e traseira,tecnologia de ponta,o banco "veste" o piloto, motor liso a moto quase não trepida,es...
5
Cristiano - 22/08/2012

Recomendo!

Pros: Potente Bonita Painel claro e bem iluminado Farol que ilumina bem
4.5
Samuka C - 18/05/2012

Recomendo!

Pros: Como o próprio nome diz, esta é uma moto versátil. Anda bem tanto no trânsito urbano quanto nas estradas. Motor muitíssimo consistente, forte nas arrancadas, forte nas retomadas. Já fiz muitas viag...
5
Flávio Makoto Nemoto - 07/11/2012

Recomendo!

Pros: Conforto, boa autonomia/consumo baixo (na casa dos 20 km/l), motor maravilhoso e com excelente torque/potência, proteção aerodinâmica espetacular (apesar da bolha "parecer" ser pequena), ciclística...
5
Márcio - 16/07/2012
Ver todas as avaliações


Veja motos deste modelo à venda (ver todas)

De R$ 16300 a R$ 33840 entre 17 ofertas disponíveis

Modelos similares a Kawasaki Versys 650


Notícias sobre Kawasaki Versys 650

    Honda CB 500X 2017 tem importantes modificações

    Refinamentos e modificações em pequenos detalhes fazem da Honda CB500 X uma moto ainda mais atual. Notadamente o farol em LED e a nova traseira, com lanterna transparente de LED transforma o que já era bom em algo melhor ainda. Na apresentação dos novos modelos, feita... Leia mais...

    26-Oct-2016

    Teste Honda NC 750X

    Honda NC 750X No mesmo dia do lançamento dela  tivemos a oportunidade de sair com uma unidade para teste. Do briefing e apresentação do modelo foram destaques a nova suspensão dianteira com o sistema SDBV (Showa Dual Bending Valve) que atua em diferentes situações: a primeira nos impactos maior... Leia mais...

    08-Jun-2016

    Honda NC 750X - o modelo 2016 todo remodelado

    A Honda NC 750X está toda renovada, o modelo que por si só já é uma inovação. A sigla NC se traduz por "New Concept", um conceito de moto inteligente. Novos painéis na frente, maior compartimento para bagagem onde seria o tanque de gasolina, nova suspensão, para-brisa maior... Leia mais...

    25-May-2016

    Kawasaki oferece condições especiais para sua linha de motos

    Boa notícia para quem é fã das motocicletas Kawasaki. Isso porque a Kawasaki Motores do Brasil preparou condições especiais para os seus modelos, com as ofertas válidas até o fim de maio de 2016. A montadora está oferecendo diversos planos de financiam... Leia mais...

    19-May-2016

    De São Paulo a Montevidéu em viagem solo

    Por Eduardo Mammini Viagens longas de moto tornaram-se um sonho para mim quando comecei a ler relatos de viajantes nos sites de motocicletas e de motociclistas brasileiros, americanos e espanhóis, contando suas experiências em viagens por todos os cantos do planeta. Ma... Leia mais...

    25-Feb-2016

Outros Modelos Kawasaki



Todas as avaliações desta moto

Avaliação de Cristiano em 22/08/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Comentários:
Essa eu rodei,está com 32000 km fiz São Paulo-Uruguai-Argentina ,São Paulo-Santa Catarina fora outras viagens mais curtas. Mecânica super confiável , na categoria de 1 e 2 cilindros posso chutar alto que é a mais forte (já andei na BM 650 ,na V-Strom, já tive a XT660 e não vem junto ). Faz muita curva com a suspensão bem regulada para seu peso.A bengala invertida passa firmeza na pilotagem.Cheguei a rodar 1000 km num dia só entre Uruguai e Argentina portanto conforto é nota dez,fora suavidade desse motor que é muito dez. Aguenta estrada de chão e praia (aquele trecho entre praia de cananéia e Ilha Comprida coisa linda) mas lama e areia solta nem pensar ,já andei tbm para testar.Apesar de tomar um prejuízo por pagar ágio(época da nacionalização dela) eu recomendo. No meu caso o calcanhar foi a relação , não sei o preço hoje mas no ano passado era 1300 reais e caso for fazer por conta é de difícil instalação pois a corrente passa no meio da balança ,é um pé.... Autonomia é a média ,se tiver um punho pesado ela faz 16km .A bolha ajuda bastante contra vento no peito mas sua regulagem de altura é chatinha de mecher (pode ate ser preciosismo meu).Farol ilumina muito bem,cumpre seu papel. Abraços
Pros:
Painel fantástico, ciclística perfeita pois conta com regulagens de retorno e compressão na dianteira e traseira,tecnologia de ponta,o banco "veste" o piloto, motor liso a moto quase não trepida,escapamento não "ferve" o garupa e não deixa fedendo,torque excepcional para não dizer ignorante para uma 650cc e velocidade final razoável.
Contras:
Preço de peças nas concessionárias (relação custa mais de 1000 reais---hoje custa 700 na concessionária e 450 no paralelo) e é complicado de trocar,câmbio duro,alguns plásticos da carenagem tendem a vibrar causando um ruído, pneus ON,e os originais não duram muito (Dunlop), o traseiro foi com 8500 km já o michelin foi com 25 mil mais ou menos,portanto já estou no segundo michelin.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
32000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Alto
5
5
5
5
5
3.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (58) Não (5)

Avaliação de Samuka C em 18/05/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Comentários:
Acabei de comprar e estou em fase de amaciamento, mas já mostrou que "anda muito". Ela é bem pesada parado ou estacionando mas andando... vai para o lado que vc quiser com uma facilidade que espanta. A suspensão é boa nos asfalto bom. Quando freia é firme e andando passa segurança, mas não gosta de buraco não. Os espelhos são ótimos, vc realmente ve o que acontece atras. ATUALIZANDO 6.000KM rodados. MUITO SATISFEITO. Anda muito. Quem manda é vc e sua coragem. Faz curvas com tranquilidade na velocidade que vc estiver. Freia bem, mas eu acredito que poderia ser um pouco mais eficiente. Dura e ótima para andar em velocidade no asfalto bom porem dura e implacavel com os buracos. Nem imagino pegar uma estrada de terra.! Vai bem no corredor. Ando na marginal tranquilo. No transito pesado é um pouco de sofrimento pois ela não foi feita para andar bem de vagar mas vai tambem sem grandes sofrimentos. A bolha de proteção é legal. A regulagem precisa de uma chave allen, mas vem no kit e é tranquilo de mudar. Continuo recomendando.
Pros:
Potente Bonita Painel claro e bem iluminado Farol que ilumina bem
Contras:
O peso para manobras de estacionamento Suspensão bem dura Reposição de peças. Na CC vi que se precisar de algo, ou tem no estoque ( que é pequeno) ou leva PELO MENOS 7 dias!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
6000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4
4.5
5
4
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (29) Não (0)

Avaliação de Flávio Makoto Nemoto em 07/11/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Comentários:
Para a moto dentro da proposta de asfalto, trata-se da moto mais divertida que já tive. Apesar de ser bi-cilindrica, não sinto falta de outros dois cilindros. Moto para longas distâncias sem se cansar! Andar consistente, potência na medida certa e firmeza na pilotagem! É uma monstrinha sobre rodas! Adoro minha moto! Anda com maestria dentro da cidade. Passa muitíssimo fácil entre corredores e como o prórpio nome diz, Versátil! É a moto que dá para ser única! Antes eu tinha uma Lander e uma Bandit. Vendi as duas e nestes 4 anos só estou de Versys! Não tenho do que reclamar! Se precisasse comprar outra, com certeza compraria! A moto é demais!!!!
Pros:
Como o próprio nome diz, esta é uma moto versátil. Anda bem tanto no trânsito urbano quanto nas estradas. Motor muitíssimo consistente, forte nas arrancadas, forte nas retomadas. Já fiz muitas viagens debaixo de verdadeiros temporais e ela se comporta muitíssimo bem. Ela não cansa em viagens, os bancos são muitíssimo confortáveis e a proposta de moto aventureira também condiz com a realidade. Pra mim esta moto é definitiva. E como ela anda bem nas curvas. Estou caminhando para o 5.o ano e não troco por nada. Já tive moto de 4 cilindros e posso dizer que não dá pra comparar o conforto proporcionado pela Versys. Ela é muito gostosa de guiar, tanto na cidade quanto na estrada. Aguenta muito bem uma velocidade de cruzeiro elevada. A moto é muito estável em situações de turbulência (inclusive melhor que a Bandit 650S que já tive!). Estou no 5.o jogo de pneus e o melhor que se casa é o Michelin PR3. Fantástica!!!! A minha está com um escape de alta performance e deixou ela melhor do que já é! Pra mim é a melhor do segmento! Vamos rumo aos 50.000Km!
Contras:
Somente o consumo. Porém uma moto desta categoria, ninguém se preocupa com consumo. Está fazendo cerca de 17Km/L. Caso queira andar na estrada de terra, aí se faz necessário a troca dos pneus. A Pirelli possui a série Scorpion com as medidas perfeitas para a Versys. Porém terra não é seu habitat natural. A moto para uma proposta terrenos mais acidentados passa a ser a BMW 800GS e a Suzuki DL-650. Porém devo reforçar que são motos com propostas diferentes. A Versys cumpre bem como moto de asfalto! Troquei a relação com 30.000Km e paguei cerca de US$210,00 pela Sprocket Center. Considero que a relação foi trocada dentro do prazo esperado e dentro da normalidade. O que ela tem de contra? Acho que vc não ter uma! Pode ir sem medo que a Versys é demais!!!!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
49500
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Alto
5
4.5
5
4
5
3.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (28) Não (0)

Avaliação de Márcio em 16/07/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
O prazer de se pilotar essa moto é indescritível. O motor acelera com vigor e dá para manter velocidades compatíveis com quaisquer estradas brasileiras e ainda sobrando muito motor para qualquer eventualidade (ultrapassagens principalmente). Seu custo benefício é outro fator muito importante, e bom, pois das Mid Trail existentes no mercado ela é a mais barata e uma das que mais oferece recursos e equipamentos de série para seu comprador. Estou muito feliz com a Versys. Vale muito a pena! Hoje (23 Fev 13) estou atualizando este post. As qualidades perduram até hoje. Depois de se ajustar as suspensões ao seu gosto, priorizando suas preferências, a moto fica maravilhosa, muito gostosa de se pilotar. No quesito acessórios, melhorou muito de uns tempos para cá (já existem vários fabricantes produzindo acessórios para ela), apesar da existência de um modelo que já vem pronto (equipado) de fábrica. O consumo vai depender muito da mão direita de seu condutor. Quanto mais andar, mais vai gastar, mas quase nunca baixando dos 17 Km/l na estrada. Os pneus originais, principalmente o traseiro, apresenta desgaste já por volta dos 8.000 Km pedindo sua substituição. A coisa boa é que se consegue bons preços nos seus substitutos bem como qualidade superior aos originais. Depois desses 12.000 Km a bordo da Versys só tenho uma coisa a dizer: o prazer de dirigí-la continua indescritível. Eu recomendo com louvor. 10 Abr 14 - Hoje, com mais ou menos 27 mil km rodados, só tenho uma coisa a falar dessa moto: FANTÁSTICA. Fiz uma viagem de 12 mil km com ela. Levei uns 60 kg de bagagem dividida em 2 alforjes grandes, um bauleto traseiro e uma mala no banco da garupa. Após prepara-la adequadamente, substituindo muitas peças que "poderiam" dar problemas na viagem, rodei por vários tipos de terreno e clima e, incrível, nada de ruim a relatar, apenas que tive que efetuar uns apertos em alguns parafusos e a motoca está pronta para outra. Coloquei um descanso para os pés, acoplados ao protetor de motor que mandei fazer, o que ajudou bastante na longa viagem que realizei, inclusive aumentando muito o conforto a bordo. Mantive médias de 110 a 120 Km/h e a moto sempre andou dentro dos conformes e consumindo pouco, inclusive (levei um galão de 10 litros que, em nenhum momento, teve necessidade de ser utilizado). Não reclamou nada durante os 31 dias de viagem. Tive apenas que trocar o pneu traseiro (que estava previsto) e, como estava num lugar onde não tinha pneu da medida prevista para a moto, coloquei um 150/70 17 na traseira e ficou show de bola (além de ser mais barato e estar durando muito mais que o original). Quando tiver que trocá-lo farei pelo mesmo que está na moto no momento. Essa moto é pau pra toda obra. Tem motor mais que suficiente para enfrentar todos os tipos de estrada, o tanque é bem satisfatório (aliado ao baixo consumo de combustível) e te proporciona uma ótima autonomia, o conforto é muito bom (e se vc colocar um descanso de pés na frete, para longas viagens, fica nota 10) e o visual continua agradando, mesmo depois de 3 anos com ela. Vale cada centavo investido.
Pros:
Conforto, boa autonomia/consumo baixo (na casa dos 20 km/l), motor maravilhoso e com excelente torque/potência, proteção aerodinâmica espetacular (apesar da bolha "parecer" ser pequena), ciclística formidável (tanto solo quanto com garupa), inúmeros ajustes nas suspensões traseira/dianteira, garfo dianteiro invertido, escapamento que não atrapalha o garupa e bagagens e visual descolado, dentre tantas outras qualidades.
Contras:
Pneus "On Road" (apesar de poder se colocar pneus "On/Off") e um pouco de dificuldade para se achar acessórios para ela - ainda.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
27000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
4.5
5
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (25) Não (0)

Avaliação de Ivo em 17/05/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Comentários:
Apesar de ter apenas uma concessionaria aqui em BH o atendimento é bom, as peças estão dentro de esperado para a categoria.
Pros:
Praticamente tudo: motor fantastico, anda e é economico (tanque 19lts); suspensões sem comentários; agilidade na cidade e na estrada já cheguei a 200 kph, quer mais ?
Contras:
Eu acho ela meio pesada.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
14000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
4.5
5
5
4.5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (24) Não (1)

Avaliação de Micael da Rocha em 21/08/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
Optei pela Versys pois foi a que melhor se enquadrou no estilo que estava procurando, a moto tem aspectos de uma esportiva e dirigibilidade e conforto de uma big trail, o acabamento é perfeito e até agora as manutenções realizadas foram tranquilas já realizei uma viagem de 4200km em 10 dias e o comportamento da moto foi 10, utilizo bastante na cidade e ela se sai muito bem e o consumo está dentro do esperado para uma 600cc, algo em torno de 19km/l. Independente da velocidade final que ela alcança, é possível rodar numa velocidade de 110km com metade dos giros do motor e isso resulta em mais durabilidade da máquina e fôlego de sobra quando necessário uma "tocada" mais forte, a resposta do acelerador é imediata e vigorosa.
Pros:
Moto confortável, visual atraente e diferenciado, motor potente, a manobrabilidade não faz parecer estar dirigindo uma moto com mais de 200kg.
Contras:
Faltam mais concessionárias aqui no RS o que dificulta a negociação de valores, acabei indo buscar a minha em SP que com frete e passagem ficou muito mais em conta do que o valor praticado aqui pois não há concorrência. Com quase 11.000km os pneus já estão se aposentando, segundo informações o modelo original "gasta" um pouco além da conta mas só vou saber após a troca já que esta é a minha primeira moto desse tipo e ainda não estou familiarizado com o padrão de desgaste de modelos iguais a este.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
10800
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (20) Não (3)

Avaliação de Eric Bacci em 18/12/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
Recomendo a moto , mas não espere uma moto " delicada " , a rotação dela pra brincar é acima de 6000 rpm . Use e abuse em curvas , é boa demais mesmo ,
Pros:
É uma moto com jeito de esportiva , mas é uma Big trail , ou vice-versa . Anda muito , faz curva praticamente sozinha . Boa pra a garupa , esta não sendo muito alta , pois o banco na parte traseira já é bem alto . Mecanica fácil e tem um monte de acessórios no Ebay a preço de banana . Bate 200 km/h bem rápidinho quando é necessário .. rss Moto que não incomoda ... e tem boa automonia .
Contras:
Câmbio é um pouco duro , pilotei de tênis algumas vêzes , e fico com a ponta do dedo roxa na parte de cima do dedo . Consumo é de esportiva .

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
13500
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4.5
5
4.5
5
5
4
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (20) Não (1)

Avaliação de Lauriano em 25/04/2013

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2001

Comentários:
Pesquisei muito antes de escolher essa moto, pilotei várias, e no meu caso, essa foi o melhor custo-benefício. Uma era muito boa na estrada, sofrível na cidade (V-Stron); outra ótima na cidade e limitadíssima na estrada (NC700x), tinha também uma de grife, com boas qualidades, mas de manutenção extremamente cara e sem a pegada esportiva na estrada (G 650 GS); tinha também outra muito boa, mas com um visual e acabamento no mínimo discutível, além do seguro proibitivo (Transalp). Como o próprio nome já diz, a Versys é muito versátil. Consegue ser boa em tudo, mas sem ser especialista em nada. Não fui bem eu que a escolhi, acho que foi ela quem me escolheu. Recomendo essa moto, em detrimento das suas concorrentes, com certeza! Não sei justificar isso muito bem em números ou palavras, mas ela tem o "borogodó", faz você rejuvenescer, estampar um sorriso dentro do capacete, sentir algo diferente correr nas veias, parece que o cérebro tem uma conexão direta com o motor. Quem experimenta essa moto pode até não comprar uma por esse ou aquele motivo, mas é impossível dizer: "não gostei"! Meu seguro ficou em 1.700 pilas, mas normalmente gira em torno de 2.300 pilas, a depender do perfil e local. O consumo da minha está em 19,5 km/l na cidade e 17 km/l na estrada. A revisão de 12.000 Km, já fora da garantia, ficou em 650 pilas. Meus pneus e pastilhas ainda estão bons.
Pros:
Falar do desempenho dessa moto é pura retórica. É uma naked, e das boas, com ergonomia de big trail. Motor liso, sobe o giro rapidamente, tem um torque generoso, boa potência, enfim... é uma moto muito prazerosa de se pilotar no asfalto, tanto na cidade e melhor ainda na estrada. É uma moto que instiga você a acelerar. Emoção é item de série nessa motocicleta. Absolutamente impossível sair apático de cima dela. Beleza visual é uma coisa muito relativa. Pessoalmente eu acho muito bonita. Também gostei muito do acabamento da moto e da qualidade dos materiais empregados. Aquela balança do lado direito, com a mola aparente e o escape por baixo é show! Além de ter um visual bem particular, não é uma moto muito fácil de se ver no dia a dia, então sempre atrai olhares no trânsito.
Contras:
Como nem tudo na vida é perfeito, a Versys também apresenta seus contras. Pra quem gosta de sair do asfalto, ela não é muito limitada; a começar pelos pneus, 100% asfalto. A roda dianteira pequena também não favorece. Em tese, esse característica não deveria estar aqui como algo negativo, pois o off road nunca foi a proposta dessa moto; mas como ela é classificada como Big Trail, vou colocar essa observação aqui, pois serve de aviso aos que procuram uma companheira também para a terra. Outro ponto negativo que achei foi o conforto do banco. Depois de algumas hora de pilotagem, o bicho pega. As V-Stron e Transalp oferecem menos emoção na pilotagem, mas mais conforto glúteo no caso de uma tocada constante durante muitas horas. agora se for compara-la com motos de outros segmentos, como esportivas, nakeds, custons..., aí ela nada de braçada em conforto.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
12000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (19) Não (1)

Avaliação de Jonas em 13/07/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Pros:
Moto ágil, belíssima, econômica, um motor muito valente, suspensões excelentes. Após muita pesquisa, ela foi a moto que se encaixou como uma luva no que eu buscava.
Contras:
Somente o banco tende a jogar um pouquinho para frente, mas nada que não se acostume após umas voltas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
8000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
5
4.5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (17) Não (1)

Avaliação de Fernando Sartorio em 24/09/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
Moto show de bola, ágil na cidade, super confortável na estrada! Não há o que reclamar, a Kawasaki acertou em tudo nessa motoca!
Pros:
Motor esperto, freios eficientes, ótimo torque(parece até uma 1000cc), conjunto óptico perfeito, suspensões sofisticadas e uma agilidade incrível.
Contras:
Câmbio poderia sem um pouco mais macio, mas nada que atrapalhe na pilotagem!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
2800
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
4.5
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (17) Não (1)

Avaliação de JOSÉ GERALDO ARAÚJO em 15/02/2013

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Comentários:
Tenho 39 anos e ando de moto desde os 14. Já tive DT 180, XL 250, XLX 350. Depois fiquei um bom tempo sem moto e, desde 2007, tenho uma Fazer 250. Uso moto principalmente no dia a dia, como veículo de transporte, mas, estava sentindo falta de um pouco mais de potência, para fazer umas viagenzinhas nas férias e nos fins de semana. Assim, desde o início do ano passado, venho namorando uma big trail e, depois de quase um ano pesquisando, conversando, fazendo test-drive e participando de fóruns, optei pela Versys 650. Comprei uma pretona, 2012, ABS, zerada. Peguei minha "Japa" na sexta-feira passada e fiz uma pequena viagem com ela no carnaval. A moto é muito mais do que eu esperava. Potente, versátil, ágil, segura, moderna e, acima de tudo, muito linda... É como diz um amigo meu, que tb tem uma Versys: "a moto só tem um problema: não cabe na minha cama..." rsrs... RECOMENDADÍSSIMA!
Pros:
- Torque - Potência - Dirigibilidade - Conforto - Design - Versatilidade - Agilidade - Segurança
Contras:
Por enquanto, nenhum. E, ao contrário do que muitos disseram, achei o câmbio macio. Acho que a Kawasaki já resolveu o problema...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
550
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (17) Não (1)

Avaliação de Alex Oliveira Santos em 19/07/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
É minha primeira moto média/grande e estou adorando, tem um torque absurdo e uma agilidade fantástica, além de ser extremamente confortável. fiz uma pequena viagem de 2200km de Sp à Serra do Rio do Rastro Sc em 4 dias, nem parecia que estava de moto, tamanho o conforto. Em relação ao consumo, superou minhas expectativas, pra quem esperava um média bem ruim, a minha está fazendo 18~19 km/l.
Pros:
Conforto Dirigibilidade Ergonomia Torque suspensão excelente
Contras:
Câmbio duro

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Pista
Quilometragem
8900
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
4.5
5
3.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (16) Não (2)

Avaliação de Bruno César em 11/10/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
Adquiri minha VERSYS em ABRIL deste ano e estou muito satisfeito com a moto. Recomento a todos os amigos e amantes de motos.
Pros:
Banco e posição de pilotagem super confortáveis, muito torque, fácil de pilotar,muito segura nas frenagens e um design perfeito.
Contras:
Um pouco alta,mas acho que o problema é a MINHA ALTURA mesmo(KKKKK).

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
4673
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (16) Não (1)

Avaliação de Ricardo Matos em 17/07/2012

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Pros:
Agilidade no trânsito, consumo, conforto, resposta imediata ao acelerador.
Contras:
Composto dos pneus originais (muito duro e voltado quase que totalmente para o asfalto)

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
10000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4.5
4
4.5
5
4.5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (13) Não (1)

Avaliação de Caio Augusto Paoliello em 16/10/2013

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Comentários:
O problema da Versys e que ela e Kawasaki, fora isso, ela e nota 1000. A rede de assistencia nao se compara a Honda, Yamaha etc.
Pros:
A moto e uma delicia, forte, agil, estavel, relativamente economica, muito confiavel. A melhor moto que ja tive. (ja tive Tenere 250, Biz, Dream, Sportster, Shadow, Virago, F800gs BMW, Intruder 250, Ninja ZX-7 e Vstrom, eu tenho boa base para comparacao!)
Contras:
Ela e feia, na minha opiniao, e horrivel, parece um gafanhoto, massssss... gosto e gosto, ne?

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
15000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
2
5
5
5
4
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (12) Não (3)

Avaliação de Willian Itaborahy em 12/03/2013

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Pros:
Muito confortável, desempenho muito bom, linda, o nome fala por ela.
Contras:
Os malditos pneus se esfarelam e os retrovisores vibram muito.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
2700
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
4.5
5
5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (11) Não (1)

Avaliação de Fábio Luiz Gasparin Teixeir em 13/04/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Comentários:
Esta é talvez a moto mais incompreendida pelo mercado em sua categoria. Tenho uma revista Motociclismo de 2011 que fez um comparativo da Versys 650 com BM 800 GS, 650 GS, XT 660, V Strom e Transalp. Ela ganha o comparativo pois é a que tem o melhor custo/benefício partindo do preço de compra, pois agrega as características de estrada, fora de estrada, conforto, desempenho e consumo numa melhor média. Na cidade vai muito bem obrigado, tamanha a facilidade e agilidade para pilotá-la em meio aos carros. Seu consumo como destaquei é muito bom para seu porte e motor. Para longas viagens não tem o conforto de uma VStrom, mas dentro de sua proposta polivalente e esportiva, consegue estar anos luz à frente das atuais nakeds do mercado, tanto para piloto quanto para garupa, além de ser mais eficiente que a própria VSTrom. Comprei ela e no dia seguinte fiz uma viagem de quase 1500 km entre Ctba / Serra Gaúcha. Ainda estava com as malas laterais e os pneus DunLIXO originais. Confesso que cheguei a pensar em vender a moto, tamanha minha insatisfação com a instabilidade da motoka! Ao tirar as malas, obviamente a estabilidade melhorava, porém quando viajei a SP já com pneus Michelin Pilot Road 3 e somente top case, a moto era outra. Como disse acompanhei esportivas nas curvas com toda segurança. Hoje estou muito satisfeito com a moto. De modificações que fiz, apenas os pneus (me livrei dos DunLIXO!) e o top case também Givi, o demais permanece original. Os protetores de mão com estrutura rígida inclusive são ótimos. Deixei cair a moto no cavalete lateral e nem carenagens, nem tampas do motor, nem manete de embreagem foram danifidados, apenas o plástico do protetor e a estrutura de alumínio ficou riscadinho, fácil de resolver. Meu único motivo de troca hoje seria a manutenção cara a intervalos curtos e o seguro acima do que eu espero. Assim meu próximo up dentro da categoria deve ser a BM 800GS ou a Triumph Tiger 800.
Pros:
- O motor é sensacional! Quase não dá para acreditar que tem "só" 64cv e pouco mais de 6kg de torque... A partir dos 2500 rpms sobe de giro muito rápido e com muito vigor até a faixa de corte! Dá muita segurança! - A minha é a Tourer então além do ABS tem as malas laterais (vou falar além sobre elas), para-brisas mais alto e protetor de mão, então a segurança do ABS e a proteção aerodinâmica é ótima - O consumo dela considero ótimo, um relógio que faz 20km/l. E não sou daqueles que aliviam a mão, porém rodo 90% do meu trajeto em estrada, com velocidade entre 100~130km/h, porém considerando o tanque de 19l, faço 350km com um tanque tranquilamente... - Curiosamente após eu trocar a ponteira original por uma Jeskap o consumo melhorou e a subida de giros melhorou - As suspensões para o meu gosto são ótimas! Vim de uma Yamaha FZ6-S, que das nakeds é a que tem as suspensões mais macias, mas que logicamente comparando às trails são muito duras. Considero a Versys com uma ótima proposta, a regulagem da suspensão dianteira está na medida para o meu estilo de pilotagem e na revisão de 1000kms pedi para deixar a traseira o mais firme possível... Ficou ótima! - O acabamento é muito bom, exceto pelo painel que tende a vibrar - É a melhor motocicleta que já pilotei cuja proposta é encarar longas viagens e ter desenvoltura na cidade... A maneabilidade na cidade é algo realmente a se considerar, se você quer uma moto grande tambem para o dia a dia - Os faróis são ótimos - A estabilidade em curvas também deve ser destacada numa moto cuja proposta inicial é ser um misto de trail e naked... Fiz uma viagem Ctba - SP - Ctba e na volta abusamos um pouco nas curvas e serra... Andei junto com R1 e Suzuki 650 F e deixei para trás Hornet, Hayabusa e Explorer 1200. Nas retas tomava um courinho... hehehe
Contras:
- A desvalorização é o maior problema: comprei ela em fev/13 e hoje, pouco mais de um ano depois seu preço de revenda é 25% menor - Os freios não chegam a ser um ponto fraco, mas estava acostumado com a contundência dos freios da FZ6... Nunca me deixaram na mão, principalmente pelo ABS, mas poderiam ser um pouco mais potentes - O seguro dela é alto, não tanto quanto uma esportiva ou à Tenere 660, mas é alto em comparação à BM 800 GS, por exemplo - Fiz um negócio não tão bom comprando a Tourer e explico por quê: a Tourer vem com os diferenciais do ABS, protetor de mão rígido, para-brisas mais alto e as malas rígidas laterais. Estas malas e o suporte são GIVI personalizados, porém para colocar um top case GIVI, tive que trocar TODO o jogo de suportes pois o suporte para o top case NÃO É COMPATÍVEL COM O SUPORTE ORIGINAL DA MOTO!! ISSO É UM ABSURDO!! Então, ou eu fazia uma gambiarra (muitos fazem) para adaptar um top case, ou arrancava todo o suporte para as malas e comprava o suporte do top case separado. Fui na 2ª opção, com muita raiva destaque-se... - A manutenção da Kawasaki é mais frequente e proporcionalmente mais cara que BMW, Triumph e Yamaha. Todas fazem troca de óleo a cada 5mkm (a Yamaha utiliza o Yamalube original de fábrica, eu trocava a cada 2500 por ser mineral) e manutenção a cada 10mkm. A Kawa pede troca a cada 3mkm (óleo sintético, assim como BM e Triumph) e manutenção a cada 6mkm. Além disso as peças são mais caras e não trocam dentro da garantia caso eu compre peça original fora do país BEEEEMM mais barato... - A posição de pilotagem é um tanto estranha... Um misto de naked com as pernas mais altas e recuadas com trail, com o tronco mais ereto. Com o tempo acostuma-se, mas é confusa - Os pneus originais Dunlop são um LIXO, um verdadeiro LIXO! Estabilidade no seco uma porcaria, no molhado são um sabão e só duram mais que borracha de material escolar. Depois desta experiência, moto com pneu Dunlop passei a riscar de meu catálogo de possíveis compras. com 8mkm troquei os pneus para Michelin PR3 e a moto melhorou 4844% em todos os aspectos. - Não tem aquele paralama junto ao cobre corrente como a FZ6, então por mais que numa chuva seus calçados não sejam molhados pela roda da frente, suas canelas e batata das pernas ficam imundos, pois a roda traseira joga toda a sujeira nelas

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
14000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Alto
4.5
4.5
4
5
4.5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (10) Não (0)

Avaliação de Alipio Fernandes da Silva em 13/05/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
Não comprei enganado, atende tudo que sugere o fabricante, não tem como não gostar, excelente motociclo.
Pros:
Atende o prometido pelo fabricante.
Contras:
nada.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
11000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
5
5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (5)

Avaliação de Arthur Ramos em 03/09/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Comentários:
Fica uma dica, procurem lubrificar a corrente a cada 1000km com um óleo de boa marca, utilizo o Motul C4 Chain Lube FL. Fazendo isto a relação da Versys vai durar muito.
Pros:
Show de moto, anda muito, freia muito bem (ABS), Consumo normal para a categoria, muito boa no trânsito, passa nos corredores com tranquilidade, na estrada viajando a 130km praticamente velocidade de cruzeiro, acabamento muito bem feito, já tive várias motos (custom, trail, naked) mas nenhuma me deixou tão feliz com esta maquina da Kawasaki.
Contras:
Somente os pneus originais da marca Dunlop, que ao meu ver são muito ruins, gastam rapidamente, media de 9000km a 12000km, eu troquei pelos Michelin PR2, muito mais macios, sempre utilizei pneus desta marca e em todas as motos que tive durou bem mais que os originais.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
8000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (0)

Avaliação de Eduardo em 17/07/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2010

Comentários:
Excelente moto tive uma por 7 meses e só tenho elogios a fazer ela e muito versátil, vendi a minha pois fui assaltado e mesmo tendo recuperado a moto não me sentia mais em paz para andar com ela, infelizmente SP é um péssimo lugar para se ter motos vc vira alvo ambulante e hj os criminosos roubam só pra ir pro baile funk lamentável.
Pros:
O nome dela faz Jus a maquina, ótima moto serve para usar no dia a dia para viagens e como uma "pré" esportiva, manobrabilidade ótima e dirigibilidade também tem um motor muito esperto para uma 650.
Contras:
O único contra da minha era q o mostrador de combustível da minha não funcionava mas nada muito grave pois quando entrava na reserva ela avisava no painel

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
25000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
0
4.5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (2) Não (0)

Avaliação de Anderson Santos em 18/11/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2011

Comentários:
A moto é surpreendente! Me lembra um pouco a RD 350R (obvio que sem a explosão do YPVS), abaixo de 3000 rpm é para rodar na cidade, curtir um passeio. Mas acima de 4000 RPM ela se transforma (faixa vermelha começa em 10500 RPM), o ronco do escapamento original muda e a mão coça para acelerar mais. Nada como um pouco de juízo nessa hora. Torque generoso desde cedo não traz dificuldades na estrada e transmite bastante segurança nas ultrapassagens. Vibra um pouco nas viagens mas nada que incomode. Minha última moto que viajei foi uma Husqvarna SM 610....comparar conforto é até covardia! Com a regulagem certa da suspensão ela faz muita curva, muito segura e confiável. Uma moto para ser feliz!
Pros:
Acho que é a melhor moto na categoria 600cc. Não é uma moto visada, bom torque, confortável e anda muito bem, mesmo com garupatroa e bagagem. A suspensão merece destaque. Única da categoria com regulagem de compressão e retorno na dianteira e traseira (a balança é belíssima!!!). No uso diário com as ruas esburacadas é possível obter o máximo de conforto e, nas viagens, é só mudar a regulagem para ter uma moto estável e segura.
Contras:
Preço das peças e extensão da rede de concessionárias. Na minha cidade não tem revendedor Kawasaki mas nada que um mecânico de confiança não resolva. Troquei os retentores da bengala com 12000 km (normal para o asfalto daqui). O ABS da roda traseira atua muito cedo e acho que aqui merece uma revisão por parte da Kawasaki. Dificulta bastante incursões off-road mas nada impossível: rodei um trecho da Estrada Real (Diamantina - Milho Verde) c/ garupatroa e bagagem sem problemas. Quando carregada, o facho do farou sobe demais...um sistema mais prático para essa regulagem seria muito bem vindo. Acelerador pouco progressivo em baixo RPM.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
15000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Alto
5
4.5
4.5
5
5
3.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (2) Não (0)

Avaliação de Sergio Correa em 28/11/2014

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 (ABS) 2012

Comentários:
A Versys é uma boa pedida no seguimento da médias cilindradas, não é trail e nem street, mas reúne o melhor dos dois estilos. motor com tocada esportiva e suspensões e posição trail. Na estrada não faz feio, pode -se manter 150/160 de boa, mas não é uma maravilha em termos de performance. Suspensões ótimas com várias possibilidade de regulagens. O consumo é alto porque o motor trabalha sempre cheio, não é um motor dócil, como o da Vstrom Essa questão das peças serem caras não é obstáculo, pois hoje vc pode importar praticamente tudo pela metade do preço que se paga em concessionária.
Pros:
posição de dirigir boa, entreeixos curto, permitindo tocadas esportivas, vai muito bem na cidade e nos corredores
Contras:
cambio duro (parece que é característica) mas não impreciso, o motor trabalha em rotação alta, poderia vir com uma relação secundária mais longa, com um dente a menos na coroa. Fica a sensação de que falta uma marcha overdrive na estrada.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
1000
Manutenção
Custo de Mantenção
4
5
4
4
4.5
3.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (1) Não (0)

Avaliação de Carlos Bittencourt em 29/09/2016

Avaliou moto Kawasaki Versys 650 2010

Pros:
Anda bem, econômica e confortável Suspensão ajustável, invertida na frente
Contras:
Relação sub-dimensionada gasta rápido Motor pulsa nas rotações extremamente baixas, precisa estar na rotação certa

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
60000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4
3
3
4
4
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)