Suzuki Intruder VS 250

Suzuki Intruder VS 250

100%

dos usuários recomendam esta moto

Satisfação Geral 4
Visual 3
Conforto 4
Performance 3
Dirigibilidade 4
Consumo 3
Custo x Benefício 4


Ficha Técnica


Cilindrada: 0.00 cc

Tipo de Motor:

Arrefecimento:

Combustível:

Potência Máxima: 0.00 cv a rpm

Torque Máximo: 0.00 kgf a rpm

Transmissão:

Injeção:

Partida:

Chassi:

Suspensão dianteira:

Ajuste da suspensão dianteira:

Suspensão traseira:

Ajuste da suspensão traseira:

Balança:
DIMENSÕES

Peso (seco): 0 kg

Peso em movimento: 0.00 kg (MVOM)

Comprimento: mm

Largura: 0 mm

Altura: 0 mm

Altura do Banco: 0 mm

Distância entre Eixos: 0 mm

Pneu Dianteiro:

Pneu Traseiro:

Capacidade do tanque:

Outras Versões

Intruder VS 250

2002, 2001, 2000, 1999, 1998, 1997, 1996
(ver todas)

Principais avaliações

Recomendo!

Pros: Boa posição de pilotagem (melhora se colocar um comando avançado); Moto com um baixo consumo; Manutenção fácil; Facilmente customizável; De um modo geral a Intruder é uma moto boa. Tem alguma alt...
4
Alisson Peres - 25/11/2015
Ver todas as avaliações


Veja motos deste modelo à venda (ver todas)

De R$ 4500 a R$ 7550 entre 4 ofertas disponíveis

Outros Modelos Suzuki



Todas as avaliações desta moto

Avaliação de Alisson Peres em 25/11/2015

Avaliou moto Suzuki Intruder VS 250 1997

Pros:
Boa posição de pilotagem (melhora se colocar um comando avançado); Moto com um baixo consumo; Manutenção fácil; Facilmente customizável; De um modo geral a Intruder é uma moto boa. Tem alguma alterações que deverão ser feitas para melhorar, mas de um modo geral ela é uma moto de fácil manutenção pra quem tem uma noção de mecânica (o único problema é encontrar peças pra ela), ela é uma moto custom bem econômica por ser muito leve e ter apenas 250cc. O consumo dela varia entre 25 a 30 km/l, vai de acordo com o estilo de pilotagem de cada um.
Contras:
Tanque de apenas 9 litros, o que faz desta moto uma moto de cidade e viagens muito curtas.; O banco original é muito desconfortável; o comando original é muito próximo do banco, sendo muito similar a posição de pilotagem de uma street; Falta de medidor de combustível no painel da moto; Todos os problemas que eu achei na intruder foram facilmente trocáveis nesta moto, apenas coloquei um comando avançado e um banco mais largo que ficou muito melhor de pilotar. Ela continua sendo uma moto com um tanque de 9L então eu não pego estrada com ela. Minha utilização é diária com esta moto, uso pra ir e vir do trabalho todos os dias. Nos finais de semana eu ando com ela para passeios curtos. Pra quem quer uma moto para passeios curtos ou utilizar como meio de transporte diário eu indico, é uma moto de pouca manutenção, se fizer as manutenções periódicas ela vai te durar muito tempo. Pra quem quiser pegar a estrada, eu não indico esta moto. Se for fazer uma viagem muito longa com ela, terá muitas paradas para abastecer (uma parada a cada 250km em média).

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
177227
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Baixo
4
3
4
3
4
3
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)