Suzuki TL 1000

Suzuki TL 1000

100%

dos usuários recomendam esta moto

Satisfação Geral 5
Visual 5
Conforto 4.5
Performance 5
Dirigibilidade 5
Consumo 4
Custo x Benefício 5


Ficha Técnica


Cilindrada: 1000.00 cc

Tipo de Motor:

Arrefecimento:

Combustível:

Potência Máxima: 0.00 cv a rpm

Torque Máximo: 0.00 kgf a rpm

Transmissão:

Injeção:

Partida:

Chassi:

Suspensão dianteira:

Ajuste da suspensão dianteira:

Suspensão traseira:

Ajuste da suspensão traseira:

Balança:
DIMENSÕES

Peso (seco): 0 kg

Peso em movimento: 0.00 kg (MVOM)

Comprimento: mm

Largura: 0 mm

Altura: 0 mm

Altura do Banco: 0 mm

Distância entre Eixos: 0 mm

Pneu Dianteiro:

Pneu Traseiro:

Capacidade do tanque:

Outras Versões

TL 1000 S

2001, 2000, 1999, 1998, 1997
(ver todas)

Principais avaliações

Recomendo!

Pros: Tem um torque muito grande, em baixas e altas rotações, é uma moto ótima para andar tanto dentro da cidade, quanto para pegar estrada e viajar, ela tem uma pilotagem muito esportiva, os semi guidõe...
5
Yago Subtil de Oliveira Lopes - 25/02/2014
Ver todas as avaliações

Veja motos similares à venda (ver todas)


Outros Modelos Suzuki



Todas as avaliações desta moto

Avaliação de Yago Subtil de Oliveira Lopes em 25/02/2014

Avaliou moto Suzuki TL 1000 S 1998

Pros:
Tem um torque muito grande, em baixas e altas rotações, é uma moto ótima para andar tanto dentro da cidade, quanto para pegar estrada e viajar, ela tem uma pilotagem muito esportiva, os semi guidões ficam abaixo da mesa, as pedaleiras bem recuadas dando uma pilotagem bem esportiva e gostosa, não esquenta muito, faz curvas muito bem, não precisa diminuir marcha igual as 4 cilindros para retomar velocidade, você faz qualquer curva em 6º marcha e retoma a velocidade somente acelerando de novo, e ela retoma velocidade muito rápido, mesmo contra as 1.000cc atuais que o motor é bem maior em questão de cavalos, ela ganha vantagem nas curvas e retomadas, só perde na velocidade final, mas é uma ótima escolha custo-benefício para quem quer uma moto bonita e com motor potente.
Contras:
O mito da trinca do quadro é verdadeiro, mas você tira esse defeito fazendo uma solda reforçada no quadro e trocando o amortecedor traseiro dela que é uma caixa, e colocar um amortecedor comum, da para adaptar o da R1, tem o BI-TUBO e o Wilbers que são importados, dai ela não trinca mais o quadro.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
37000
Manutenção
Custo de Mantenção
Normal
5
5
4.5
5
5
4
5
Esta análise foi útil para você? Sim (2) Não (0)