Yamaha XT 1200Z

Yamaha XT 1200Z

100%

dos usuários recomendam esta moto

Satisfação Geral 4.9375
Visual 4.75
Conforto 4.625
Performance 4.9375
Dirigibilidade 4.625
Consumo 4.6875
Custo x Benefício 4.75

O sistema de lubrificação é do tipo cárter seco que possibilita a maior distância mínima do solo desejada para performance em estradas de terra. Motor Compacto para Viagens Intercontinentais. Design compacto inovador que se prova em estradas de terra e serras O sistema de lubrificação é do tipo cárter seco que possibilita a maior distância mínima do solo desejada para performance em estradas de terra. A bomba d’água e balanceiro dianteiro compartilham o mesmo eixo e um desenho inovador é usado onde a bomba de óleo sai do eixo balanceiro dianteiro contribuindo para um propulsor compacto. O desenho do reservatório de óleo do carter seco torna possível a concepção de um chassis mais compacto e melhor centralização das massas, enquanto também oferece generosos 205 mm de vão livre do solo. É claro que a melhor centralização da massa da máquina significa condução mais leve e fáceis manobras em estradas sinuosas, aumentando o prazer na condução em uma variedade de diferentes ambientes. O novo motor de virabrequim de 270 graus O virabrequim de 270 graus não só fornece a forte tração inerente a esse formato, como também uma sensação suave que se aproxima daquela de um motor com virabrequim de 360 graus. A combinação das configurações YCC-T especiais e a otimização do sistema de transmissão com seu eixo cardan conferem uma personalidade totalmente nova ao desempenho desse motor com virabrequim de 270 graus. Essa nova personalidade é tipificada por “abundante tração” do tipo que permite que o condutor acelere com prazerosa potência em marcha alta sem reduzir ao conduzir em estradas secundárias.

Ficha Técnica


Cilindrada: 1200.00 cc

Tipo de Motor: 4 tempos

Arrefecimento: Ar

Combustível: Gasolina

Potência Máxima: 110.00 cv a 7250 rpm

Torque Máximo: 11.60 kgf a 6000 rpm

Transmissão: 6 marchas

Injeção: Eletrônica

Partida: Elétrica

Chassi: Aço

Suspensão dianteira: Convencional

Ajuste da suspensão dianteira:

Suspensão traseira:

Ajuste da suspensão traseira:

Balança: Convencional
DIMENSÕES

Peso (seco): 261 kg

Peso em movimento: 0.00 kg (MVOM)

Comprimento: mm

Largura: 980 mm

Altura: 1410 mm

Altura do Banco: 845 mm

Distância entre Eixos: 1540 mm

Pneu Dianteiro: 110/80R19M/C 59V

Pneu Traseiro: 150/70R17M/C 69V

Capacidade do tanque:

Outras Versões

XT 1200Z Super Ténéré

2017, 2016, 2015, 2014, 2013, 2012, 2011
(ver todas)

Principais avaliações

Recomendo!

Pros: Tecnologia embarcada, suspensões, motor, autonomia, freios, dirigibilidade.
5
Paulo Queiroz - 15/06/2012

Recomendo!

Pros: Extremamente manobrável, macia, consumo.
5
Cezário Maia - 14/09/2012

Recomendo!

Pros: Perfeita, a minha está passou de 47.000km em quase 1 ano e 5 meses, cofirem minhas andanças no meu FB, posto o Diário de bordo. alguém está com essa kilometragem? podemos trocar experiencia! excel...
5
Luis Antonio Arakaki - 15/09/2012

Recomendo!

Pros: O principal ponto a favor é o custo benefício. Tem um preço melhor que a Tiger e bem melhor que a BMW. O segura também é o menor, com a vantagem de não ser uma moto visada. O motor transmite confia...
5
Reinaldo Godinho Jr - 30/08/2013
Ver todas as avaliações


Veja motos deste modelo à venda (ver todas)

De R$ 38600 a R$ 65490 entre 21 ofertas disponíveis

Modelos similares a Yamaha XT 1200Z


Notícias sobre Yamaha XT 1200Z

    Ducati Multistrada 1200 Enduro chega ao Brasil

    Ducati Multistrada 1200 Enduro A moto foi apresentada neste final de semana (08-10-2016) em Curitiba Design renovado e muitas qualidades off-road inseridas no projeto A Ducati - que recentemente se associou a ABRACICLO - apresentou neste final de semana em Curitiba ... Leia mais...

    10-Oct-2016

    Teste Yamaha XT 1200 Z DX Super Ténéré

    Esse ícone das motos do estilo aventura começou a ser importado em 2011. Passou a ser fabricado no Brasil em 2014 e ganhou vários aperfeiçoamentos. Conheça estas motos aqui. Agora ela é apresentada em duas versões: Standard e DeLuxe. Neste último há mais equipamentos, como su... Leia mais...

    21-Mar-2015

Outros Modelos Yamaha



Todas as avaliações desta moto

Avaliação de Paulo Queiroz em 15/06/2012

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2012

Comentários:
A motocicleta a primeira vista "choca", linda, maravilhosa, vc não acredita que acabou de compra-la,e que vai poder pilotar este sonho de consumo dos que gostam de Big Trail, Mas é verdade vc esta acelerando uma Super Ténéré 1200 . Detalhes não faltam, como potencia 110cv, freios ABS, controle de tração, painel completo com computador de bordo onde todas as informações necessárias disponíveis à sua vista. O consumo médio e instantâneo de combustível, temperatura do líquido refrigerante, Temperatura de entrada de ar, Odômetro TCS D-Mode, trip1, trip2, F-Trip, Tomada de 12 Volts. Controle de tração YCC-T, D-Mode (moto touring e modo sporting) autonomia de 450km, acessórios vários, etc.... Fiz pequenas viagens por estradas de asfalto e de terra e em qualquer situação como o piso seco ou molhado a ST se mostrou firme e estável corrigindo até alguns pequenos erros de condução. Ta certo que pessoas de baixa estatura podem ter algumas dificuldades no inicio , mas ela ajuda na pilotagem até mesmo de iniciantes em Big Trail. Achei muito econômica , média de 19km/L.ainda estou amaciando não ultrapassei 4.500 giros , mas ela já deslizava a 140km/h. Estou montando um roteiro para viajar do Paraná até Machu Picchu no Peru em outubro/2012 , ai farei mais comentários do comportamento desta nave maravilhosa.
Pros:
Tecnologia embarcada, suspensões, motor, autonomia, freios, dirigibilidade.
Contras:
Preço no Brasil.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
1500
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
4
5
4.5
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (23) Não (1)

Avaliação de Cezário Maia em 14/09/2012

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2011

Comentários:
Acabei de chegar de uma viagem de 3 mil km ida e volta de Natal a Lençóis, na Chapada Diamantina. A moto foi perfeita. Consumo variou de 17,5 a 20,5 km/l. Média total de 18,3 km/l. Para o desempenho e velocidade mantidas na viagem, está ótimo. Note-se que além dos meus 95 quilos, a bagagem pesava outros 20 quilos. Autonomia de mais de 300 km tranquilamente. Houve o caso de uma moto que afrouxou os raios da roda trazeira tendo um chegado a cair. Há muitos relatos de raios frouxos na roda trazeira.
Pros:
Extremamente manobrável, macia, consumo.
Contras:
Banco com espuma muito dura.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Estrada
Quilometragem
8100
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (22) Não (0)

Avaliação de Luis Antonio Arakaki em 15/09/2012

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2011

Comentários:
o mundo ficou pequeno
Pros:
Perfeita, a minha está passou de 47.000km em quase 1 ano e 5 meses, cofirem minhas andanças no meu FB, posto o Diário de bordo. alguém está com essa kilometragem? podemos trocar experiencia! excelente custo X benefício
Contras:
Poderia ter tanque de combustivel maior

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
47000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
4.5
4.5
5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (21) Não (0)

Avaliação de Reinaldo Godinho Jr em 30/08/2013

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2013

Comentários:
Uma moto fantástica. Uma lenda. Moto valente. Daquelas que te faz sentir pronto para ir ao Atacama, Patagônia, ...etc. Transmite segurança e devora quilômetros de estrada com serenidade. Confortável, confiável e segura. Bons freios ABS e diversas regulagens para deixar a moto do seu jeito. O motor é forte e potente na medida certa. Pois garante ótima performance, sem consumir muito combustível. Faz 20 km/l na maioria das medições. isso foi decisivo na minha escolha, já que comprei a moto especificamente para viajar. Pode-se levar bagagens e há diversas formas disponíveis para acomodar tudo. Mesmo com garupa, a moto ignora o peso extra e segue em frente. É um Búfalo. Eu adorei essa moto. Estou me preparando para ir ao Atacama em breve, numa jornada de 8 mil km. Sinto que escolhi a moto certa!!! Voltarei a escrever daqui a uns 4 mil km para contar mais. Por enquanto, altamente recomendada.
Pros:
O principal ponto a favor é o custo benefício. Tem um preço melhor que a Tiger e bem melhor que a BMW. O segura também é o menor, com a vantagem de não ser uma moto visada. O motor transmite confiança. É uma moto robusta. Daquelas que você se sente pronto para grandes viagens. O tanque de combustível, com 23 litros é fantástico. E o consumo, na casa dos 20 km/l dá uma autonomia muito boa. Na estrada roda de forma tranquila, sempre entre 3 e 4 mil giros. Quando necessário, acelera forte e resolve o problema. Ando quase sempre no modo Touring, mais tranquilo, pois no modo Sport, a moto fica arisca como um búfalo brabo. O cardã também ajuda muito em viagens longas, dispensando aquela manutenção chata de lubrificar corrente. As bagagens podem ser acomodades de diversas formas, inclusive pode-se retirar o banco do passageiro e transforma-lo num bagageiro extra. O custo de manutenção e peças é bom. Bem menor que na minha antiga BMW F800GS.
Contras:
Por enquanto, o único contra é a autonomia da troca de óleo do carte. os concessionários recomendam a cada 3 mil km. Muito pouco para uma moto adventure. Admite-se trocas a cada 5 mil km, mas cada concessionária fala uma coisa diferente. Eu esperava trocas a cada 10 mil km.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
4000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (14) Não (0)

Avaliação de Mauricio em 29/05/2013

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2012

Comentários:
Ainda não fiz a primeira revisão de 1000km, portanto não viajei com ela. Em outra oportunidade incluo um relato mais detalhado.
Pros:
Grande quantidade de tecnologia embarcada transmite muita segurança. Freios espetaculares, o fato do ABS não desligar é irrelevante pra mim, pois raramente ando em estrada de terra, muito fácil de conduzir a partir de 40km/h, o motor parece que nem sente o peso de 261kg e dedido à sua geometria, lembra um pouco um V2; painel bem iluminado e com visualização correta; colocar a moto no cavalete central é tão fácil que chega a espantar por causa do peso do conjunto, e eu só tenho 65Kg, muito bem pensado esta funcionalidade, acessórios originais Yamaha não são baratos mas são de primeiríssima linha, com farois auxiliares de 55W cada um fabricados pela PIAA, o que faz pensar na fortaleza que é o alternador. O visual parrudo da moto faz ter vontade de longas aventuras.
Contras:
Peso total, é difícil manobrar parada e perigoso em alguma inclinação, mas acho mais fácil que a GS1200, o banco poderia ser de gel embora a suspensão compense isso muito bem, falta realmente um indicador de marchas devido a relação próxima entrre a 5 e a 6.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Estrada
Quilometragem
800
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4
5
3
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (9) Não (0)

Avaliação de Grelton Nascimento em 15/10/2014

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2013

Comentários:
O modelo DX, 2014/15, trás o que há de melhor em termos de conforto, segurança tecnologia e confiabilidade que se espera de uma Maxi Trail, por um preço muito menor que sua principal comcorrente. A moto é extremamente confortável, apesar de gerar um pouco de turbulência para pessoas maiores de 1,80, com estabilidade e comportamento que transmitem uma sensação de extrema segurança em qualuqer tipo de terreno; boa autonomia (18 km/l) ,sem poupar o acelerador , e um pacote eletrônico com controle de tração, ABS integrado, piloto automático, aquecimento de manopla, dois mapas de injeção, ajuste eletrônico da suspensão, tomada de 12V, além de um painel com informações completas.
Pros:
Conforto Versatilidade, Autonomia, Freios Qualidade Custo manutenção
Contras:
Marcador de marcha não funciona com embreagem acionada. Custo do seguro

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
4000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
5
4.5
4.5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (8) Não (0)

Avaliação de Reinaldo Godinho Jr em 19/03/2015

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2012

Comentários:
Voltei para postar um comentário, após uma viagem de 8 mil km que fiz pela Argentina e Chile. Fui de São Paulo para Mendoza, Santiago, Vinã del Mar. Subi a costa do Chile até Antofagasta. Voltei por San Pedro de Atacama, Salta, Resistência, Foz e São Paulo. A moto foi simplesmente sensacional. Em todos os aspectos: Econômica, fez sempre mais que 20km/litro. E com o tanque de 23 litros, a autonomia sempre maior que 400km. Estável no asfalto, nas estradas sinuosas, nas subidas íngremes de serra, no rípio e em todas as condições de tempo. Calor extremo, sol, chuva, altitude, frio extremo. Zero de manutenção. E o melhor, era que em Mendoza, Santiago, Valparaiso, Antofagasta, Salta e Resistência, encontrei concessionárias Yamaha, caso fosse necessário. Mas não foi. Só fiz uma troca de óleo e mais nada. Já penso em ir ao Ushuaia no ano que vem. Por isso concluo após este tempo e quilometragem que a Yamaha Super Ténéré 1200 é a moto. Não precisa de mais potência. Os 110 cv e 12kg de torque são mais do que suficientes. Mais? Só para diminuir a autonomia nas viagens longas. Não precisa de tantos ajustes e tanta eletrônica. Então ,para que pagar mais caro em outra 1200 maxi trail? Com um monte de ajustes e regulagens que você acaba não usando nunca. Muito provavelmente, vou trocar minha Super Ténéré por outra Super Ténéré quando chegar a hora. E pelo jeito, vai demorar, posi pelo que sinto, é moto para mais de 100 mil km. Se pretende comprar uma usada, uma moto dessas com 20 mil km, é nova. Basta o proprietário anterior ter cuidado omo se deve e não ter abusado. Por todas as coisas ponderadas: confiabilidade, resistência, conforto, estabilidade, custo de peças, mão de obra, manutenção, assessórios e seguro, eu recomendo fortemente. Estou muito contente até o momento.
Pros:
Se você procura uma moto para viagens longas, é o melhor Custo/ Benefício do mercado. A moto é muito robusta. Encara asfalto e terra com a desenvoltura necessária para viajar sem preocupações. Tem ótima autonomia. É a mais econômica do seguimento, a 110km/h em cruzeiro, faz 20km/littro. A 110 ou 120 km/h de cruzeiro, é muito confortável. Fica perto dos 3500 rpm e não vibra quase nada. Quase não é preciso trocar marchas, acelerou ela responde. O motor tem potência e torque mais ue suficientes para viajar com garupa e bagagem. Ignora peso extra, subidas de serra, estradas sinuosas... Tem ótima rede de concessionárias no Brasil e nos países vizinhos. O custo das peças e manutenção é bem menor que as concorrentes. O valor de seguro, geralmente é baixo.
Contras:
Transitar nas cidades com trânsito congestionado, pode ser complicado. Não é o habitat dela. A fábrica recomenda uso do óleo Yamalube, que embora seja barato (óleo e mão de obra), requer trocas a cada 5 mil km. Poderia usar um semi sintético ou sintético, que deve custar bem mais, mas permite trocar a cada 10 mil km. Em viagens longas, faz diferença.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
15000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (6) Não (0)

Avaliação de Luis Claudio Braule Pinto em 01/06/2015

Avaliou moto Yamaha XT 1200Z Super Ténéré 2013

Comentários:
A moto é espetacular! Confortável, fácil de pilotar (parece menor do que é), econômica, não vibra e tem tudo que você imaginar para uma viagem de moto. No asfalto e na terra o comportamento é exemplar. Garupas também aprovam a motocicleta. A manutenção é muito mais barata que a de motos europeias equivalentes. Umas das melhores motos que já tive. PS: na realidade minha moto é uma XT 1200 DX 2014/2015, mas não consegui registrar isso pq o campo só permite até 2013!!!
Pros:
Tecnologia, baixo custo de manutenção, autonomia e conforto.
Contras:
Como sempre, poderia ser mais barata............

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Estrada
Quilometragem
7000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (0)