Serra da Cantareira: pelo prazer de dar um rolezinho de motinho nova

1º passeio não oficial PCX Clube Brasil

Colaboração de Priscila Coghi, São Paulo

Somos alguns dos primeiros proprietários da PCX na cidade de São Paulo e também somos membros do PCX Clube Brasil. Ainda temos poucas motos rodando em Sampa e estamos loucos pra cair na estrada! Mas, no manual tem a recomendação da Honda de não manter a mesma velocidade por muito tempo. Como na estrada é mais difícil ficar variando a aceleração, escolhemos ficar por aqui mesmo, até porque, uma das motos ainda está sem placa!!!

Abastecimento do scooter antes de sair: fundamental

Abastecimento do scooter antes de sair: fundamental

Nosso seleto grupo de 3 pessoas se encontrou numa padaria na zona sul da cidade para um café da manhã para decidir onde ir. Queríamos simplesmente rodar com as motinhos novas. Sugeri um passeio pela Serra da Cantareira. Eles toparam! Assim que passamos o portal, uma das motos começou a pedir reserva. Então vei a primeira lição. Como regra, antes dos encontros, todos devem abastecer a motoca, calibrar os pneus, verificar se está tudo certo e só então ir encontrar o grupo.

Apesar de econômico, medo de ficar pelo caminho com o PCX existe

Apesar de econômico, medo de ficar pelo caminho com o PCX existe

Mas como ninguém orientou o Ricardo, dono da PCX que estava quase sem gasolina, acabamos passando este sufoco. Perguntamos num posto policial e escutamos a resposta: “em São Paulo!”. É meio desesperador ficar sem combustível e começamos a cogitar ! A vontade era parar no primeiro restaurante, pegar um canudinho e puxar um pouco do combustível das outras duas motos.

Decidimos seguir no sentido de Mairiporã porque era mais fácil seguir em frente do que voltar pra Sampa. Paramos em um vilarejo e conseguimos a informação de que havia um posto de combustível não muito longe! Bom, deixando de lado o problema da falta de gasolina de uma das motos, o caminho é muito bonito. Uma estradinha de pista única, cheia de subidas, descidas e curvas!

Serra da Cantareira: pelo prazer de dar um rolezinho de motinho nova

Serra da Cantareira: pelo prazer de dar um rolezinho de motinho nova

A PCX me surpreendeu de novo. No dia anterior eu já tinha percebido que ela é muito estável e permite inclinação maior que as scooters comuns e o passeio confirmou mais ainda minha sensação. Estar com ela na subida e sentir que ela ainda tem mais motor se precisar, é uma sensação muito boa pra quem anda de scooter. Conseguir aumentar a velocidade na subida é inacreditável! Sei que as pessoas que têm motos maiores vão achar isso besteira, mas eu só tive a Burgman 125cc.

Roteiro do passeio: 112 km, com boa parte de estradinha com subidas e muitas curvas

Roteiro do passeio: 112 km, com boa parte de estradinha com subidas e muitas curvas

Conseguimos chegar a Mairiporã e abastecer! Aproveitei para abastecer a minha também. Eu ainda tinha meio tanque, segundo o mostrador, mas eu fiquei meio traumatizada com o mostrador da Burgman que teimava em ser impreciso e dar sustos. Uma vez sai de Sampa até Itu pela Estrada dos Romeiros e o ponteiro não se mexeu. Começou a baixar já quase na metade da volta, mas aí o ponteiro despencou! A cada minuto eu voltava a olhar o mostrador e o ponteiro baixando, meio tanque, 1/4 de tanque, reserva….

Com os tanques cheios, voltamos para a estrada que tem ali perto e seguimos para Estrada da Santa Inês, também no estilo da Estrada das Roseiras, até voltarmos pra Sampa. Pra não deixar por menos, já que queríamos rodar, resolvemos ir no batismo de um amigo do Scooter e Cia em um outro MC. A sede do Moto Clube é na Saúde.

Quando chegamos lá, música ao vivo, um monte de gente que nunca vi na vida, alguns poucos conhecidos e cada moto de tirar o fôlego! Inclusive esportivas e custom. E não é que o povo babou nas PCXs!!! As meninas enlouqueceram, ao menos duas delas já querem comprar as motos. Uma outra amiga deu uma voltinha nela, ali mesmo. Até uns caras mais velhos dos Abutres MC foram olhar as motos. Um deles até sentou numa PCX!!!

112 para amaciar o valente motor do PCX

112 para amaciar o valente motor do PCX

As motos fizeram sucesso! Tanto conosco, por ficarmos super felizes de ver que a moto corresponde às nossas expectativas, quanto com os curiosos no trânsito que ao parar ao lado da moto perguntaram quais eram as primeiras impressões. O visual dela chama muita atenção. Muito difícil as pessoas não ficarem olhando. Eu estou adorando o Idling Stop, nunca desliguei. Aliás, não sei como vivi sem isso até hoje! Posso dizer que a cada km rodado me apaixono mais e mais pela minha princesinha Snow White!

** Confira no Forum PCX o que rola sobre este novo Scooter da Honda.