10º Salão Duas Rodas também é moda e estilo para motociclista

Quem visitar até a próxima segunda-feira (12/10) o Salão vai encontrar com exclusividade vestuário, calçados e acessórios, que compõem o visual do motociclista, alguns itens que só chegam ao mercado em 2010

Realizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, o 10º SALÃO DUAS RODAS 2009 (10ª Feira Internacional de Motocicletas, Bicicletas, Peças, Equipamentos e Acessórios), que acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi (de 7 a 12 de outubro) é atração também para quem quer ficar por dentro das últimas tendências em roupas e acessórios para pilotar uma motocicleta com todo o estilo. São roupas de design arrojado, tecidos com alta tecnologia e modelos estruturados com itens de proteção, dentro da linha de produtos funcionais que marcam seu território no Salão.

A empresa Art Rock apresenta uma linha completa de camisetas em malha de algodão, inspiradas no tema motocicleta, para o público masculino e feminino. São estampas com motivos variados: moto-velocidade, modelos clássicos, cross, triciclos e bicicletas. O visitante do Salão leva para casa as camisetas pela simples paixão pelo mundo das motocicletas ou porque se identifica com o modelo impresso nela. Para os homens há oito opções de cores e para as mulheres, na versão baby look, a escolha fica entre o vermelho e o branco.

Um hit do evento, as jaquetas são a sensação da RS1, que mostra e vende a preços especiais, para o público que visita o Salão, jaqueta feminina da Alpinestars – modelo T-Dyno, com a cintura para acentuar as formas da mulher e proteção nos cotovelos, ombros e costas. Outro produto que faz bonito na vitrine da empresa é a jaqueta Spyke, que mescla couro e naylon de alta resistência, nas cores creme e preta. Essa peça combina o luxo do couro com o conforto e funcionalidade de uma material mais leve e flexível, que permite maior liberdade de movimentos, além do forro removível e possuir bolso interno. Opções a preços mais acessíveis são as jaquetas Spyke Racer Air, em tecido repleto de minúsculos furos para auxiliar na ventilação, muito difundidas nos espaços de moda espalhados pelo Salão.

Assim como qualquer paixão, o motociclista não se cansa de admirar os objetos do desejo, espalhados pelo 10º SALÃO DUAS RODAS: as motocicletas com design inovador, motores com desempenho cada vez mais surpreendente entre outros atributos. A moda exposta nos trajes da MRP traduz com muita propriedade a dimensão da paixão do motociclista que está fazendo sucesso no Salão, com a roupa conceito: o conjunto prisioneer, camisa e calça em tecido listrado, que se assemelha à roupa ícone dos presidiários. Fashion e muito colorido,o macacão de mecânico é moda off-road, mas também indicado para o motociclista circular pela cidade, da marca Scott, modelo Pant X-One.

Com a mais nova linha de produtos, que só chegará às lojas em janeiro de 2010, a Alpinestars oferece para o visitante do Salão jaquetas da família City Collection, na versão de algodão escovado, na cor preta, para homens, com sistema DNS – impermeabilização de última geração. A alternativa feminina da City Collection é uma jaqueta em poliamida, mais comprida, acinturada, com mais detalhes e bolsos extras. Outra novidade são as calças jeans modelo Axion, que contam com reforço interno em kevlen – mesmo revestimento dos coletes à prova de bala, que agregam proteção ao vestuário casual do motociclista e a calça jeans impermeável (DNS). Preocupada com o conforto, a empresa apresenta em primeira mão para o visitante do SALÃO DUAS RODAS o colete térmico, de neoprene (semelhante à roupa usada pelos mergulhadores) que pode ser ligado na bateria da motocicleta. Através de uma borracha com tecnologia para transmitir calor – localizada no revestimento interno – aquece o corpo do motociclista na temperatura máxima ou liberada gradualmente em sua intensidade por controle remoto (item opcional).

Para tornar ainda maior o vínculo entre o vestuário e a motocicleta, a Red Fox reservou para o consumidor do Salão jaquetas em naylon resistente, que combinam com as máquinas, em três versões da cor preta associada ao laranja, prata e branco. A empresa aposta no conjunto durabilidade, proteção e estética.

A grife do Salão ganha as ruas – Camisetas, bonés, camisas de tecido manga curta, chaveiros, cordões para chaves. Ao todo 20 itens personalizados estão à venda no estande da Magic Brazil com a grife do SALÃO DUAS RODAS. Luiz Carlos Kruger, proprietário da empresa – que tem a licença para personalizar os produtos com a marca do evento – se mostra surpreso com a procura crescente nos três primeiros dias de visitação. Associado ao amor pelo mundo das duas rodas, o que impulsiona o consumidor a adquirir uma peça para o seu uso com a grife do Salão, segundo ele, é a identificação com o esporte e uma forma de sacramentar a sua visita à exposição de motocicletas e bicicletas.-
“O curioso é que até bem pouco tempo o público masculino compunha a totalidade dos compradores, hoje vendemos muito camisetas para mulheres e crianças-, constata Kruger, para quem o SALÃO DUAS RODAS se transformou num programa também para as famílias. Outra tendência identificada por ele é que antes o freqüentador de feiras tinha interesse sobretudo nos brindes promocionais distribuídos pelos expositores, hoje ele faz questão de comprar a lembrança que leva para casa. As camisetas são o carro-chefe e os bonés ocupam o segundo lugar na preferência do visitante do Salão. Na edição 2009, o proprietário da Magic Brazil afirma que as vendas já superaram todas as expectativas. Outro dado novo é a visita ao estande (localizado na Rua C, próximo à entrada principal do Salão) de pessoas de diferentes estados do País e até do exterior.

Vestir a camisa do piloto do coração – Estar mais próximo do ídolo é outro motivo que leva o visitante do SALÃO DUAS RODAS a comprar uma peça para o seu vestuário. É o caso do movimento no estande do piloto de MotoCross e estrela do Free Style, Jorge Negretti. Camisas de competição de manga longa – do ano passado e a atual, camisa oficial em tecido de manga curta, 4 modelos de bonés, camisetas (masculina e feminina) compõem o figurino para os fãs do piloto comprarem no Salão.

Já para os seguidores do piloto Alexandre Barros, o estande da Barros Shop tem uma vitrine com novidades, como a jaqueta Dainese Air – 2 Tex, masculina, que acompanha a tendência européia, resultado de pesquisa que o piloto e seu irmão César Barros fazem em suas viagens ao exterior. Outra febre é a jaqueta que é réplica do modelo usado pelo piloto Valentino Rossi. Uma bota da marca italiana SIDI, que conjuga os estilo esportivo e casual também é sensação da Barros Shop para o público, tanto feminino como masculino, do Salão.