Foto: Nivaldo Viana mostrou que está na luta pelo título na 230cc

2B Duracell Racing no primeiro treino da temporada

Foto: Nivaldo Viana mostrou que está na luta pelo título na 230cc

Foto: Nivaldo Viana mostrou que está na luta pelo título na 230cc

Os primeiros treinos da temporada 2010 de Motocross mostraram a força da equipe 2B Duracell Racing, que estreia amanhã (11 de abril) no Campeonato Brasileiro de Motocross.

A equipe colocou ao menos um piloto entre os cinco primeiros colocados em todas as categorias que disputa. O líder da equipe foi Jorge Balbi, que foi o mais rápido na MX1 e o segundo melhor tempo na MX2.

Além dele, Anderson Amaral foi o segundo mais rápido na 85cc, Mariana fez o quarto melhor tempo na MX3 e Nivaldo Vianna o 5º na categoria 230cc.

De volta ao Brasil, Balbi mostrou que chega disposto a conquistar o título brasileiro não só na categoria MX1 como também na MX2. No primeiro treino da temporada, ele foi o mais rápido nos treinos da MX1 com 1,3 segundos de vantagem sobre Scott Simon, o segundo colocado. Já na MX2, o piloto terminou três décimos atrás do norte-americano.

“O traçado da pista é muito legal mas ela está muito dura, parecendo de concreto. Ela tinha que ser mais gradeada e, por isso, ela está escorregando demais. Demorei para me adaptar mas, no final do dia, já me senti bem mais confiante e consegui andar rápido. Estou bem confiante para a prova de amanhã”, comentou o piloto.

Balbi aproveitou ainda para falar sobre os seus planos para a temporada 2010 e sobre a sua felicidade em retornar ao Brasil. “Graças a Deus estou em uma equipe que tem um orçamento que me permite que eu possa competir não só aqui como também nos EUA. O meu foco principal é competir aqui, mas não quero deixar de correr fora porque lá tenho um prazer imenso”, destacou.

Estreando na nova equipe Anderson Amaral também foi um dos destaques da equipe, conquistando o segundo tempo e mostrando que será mais um dos representantes da 2B Duracell Racing que irá lutar pelo título. Mari Balbi e Nivaldo Vianna repetiram o bom desempenho dos anos anteriores e, mais uma vez, se colocaram como postulantes ao campeonato.

“Estamos prontos e preparados para mais uma temporada. Estamos treinando desde o início do ano e acredito que realmente iremos ter o nosso melhor desempenho como equipe este ano. Eu, particularmente, lutarei ao máximo para conseguir os meus melhores resultados”, destacou a piloto.

O piloto Cristopher “Pipo” Castro, que utiliza pneus Rinaldi e é atual vice-campeão brasileiro, não conseguiu repetir nos treinamentos o desempenho de 2009. O piloto, que competiu de Yamaha nos últimos três anos, mudou para a Honda nesta temporada e ainda não se adaptou ao novo equipamento.

“A moto chegou pra mim no último fim de semana e tive pouco tempo para me adaptar à nova moto. A ciclística é bem diferente e ainda estou longe do ideal. Mas já deu pra sentir algumas coisas, fazer alguns ajustes e, agora é só ter tempo com a moto que voltarei a andar entre os melhores”, disse.