2B Duracell Racing sai de Cachoeiro do Itapemirim líder em três categorias

2B Duracell Racing sai de Cachoeiro do Itapemirim líder em três categorias

2B Duracell Racing sai de Cachoeiro do Itapemirim líder em três categorias

A 2B Duracell Racing conseguiu mais um bom resultado na 2ª etapa da Superliga de Motocross, que aconteceu neste fim de semana (22 e 23 de maio) em Cachoeiro do Itapemirim, ES. A equipe venceu na CRF 230, foi segunda colocada nas categorias MXJr e MX2 e terminou na quarta colocação na MX1. Com o resultado, o time mantém a liderança do campeonato em três categorias.

Na principal categoria do dia, a MX1, Balbi não conseguiu uma boa largada. Fazendo uma bela corrida de recuperação, o piloto começou a ultrapassar todos os seus adversários e, na quinta volta, assumiu a vice-liderança após fazer uma bela ultrapassagem sobre Rodrigo Takahashi e Marcello “Ratinho” Lima.

A partir daí, o piloto partiu para cima de Leandro Silva, que estava na liderança da prova. Quando faltavam pouco mais de cinco minutos para o final, Balbi assumiu a primeira colocação, seguido de perto por Swian Zanoni. Quando faltavam apenas três minutos para o término da corrida, o piloto da 2B Duracell Racing sofreu uma forte queda e acabou sendo ultrapassado por Swian Zanoni, Marcello “Ratinho” Lima e Leandro Silva. Sem tempo para recuperar terminou a prova na quarta colocação.

O resultado foi o suficiente para que o mineiro mantivesse a liderança já que Wellington Garcia e João “Marronzinho” Paulino, que haviam terminado em segundo e terceiro, respectivamente, terminaram em 12º e 5º lugares.

“Para o campeonato, o resultado da MX1 foi muito bom. Eu não gosto dessa pista e sabia que iria sofrer muito aqui. Claro que a gente quer ganhar sempre, ainda mais quando a gente está na ponta por tanto tempo mas, no final, o resultado foi positivo”, comentou o piloto.

Na MX2, Balbi terminou na segunda colocação. Logo no início da prova, ele e Swian Zanoni largaram na frente e abriram muita distância para grande para todos os adversários, travando um duelo particular pela vitória. Faltando poucas voltas para o final, Balbi partiu para o ataque e, no final, tentou ultrapassar Swian de todas as formas, mas não conseguiu fazer a ultrapassagem e terminou na segunda colocação.

Nivaldo Vianna, que já havia vencido na abertura, ganhou mais uma vez na CRF 230. Ele largou na frente e conquistou mais uma vitória tranqüila, de ponta a ponta. “Essa vitória foi importante pois já me deu uma tranqüilidade para o campeonato. Ano passado perdi o título aqui, quando quebrei a roda e este ano queria me vingar”, brincou o piloto.

Na MXJr, Anderson Amaral sai de Cachoeiro do Itapemirim divindo a liderança com Endrews Armstrong. O piloto da 2B Duracell Racing largou bem e assumiu a ponta no início da prova mas, no meio da corrida, foi ultrapassado por Endrews. Quando começava a preparar o ataque para recuperar a liderança, Anderson errou e caiu, desperdiçando a chance de vitória.