Foto: Pipo Castro - Bambuí/MG -

2B Racing amplia o domínio no Campeonato Mineiro de Motocross

Foto: Pipo Castro - Bambuí/MG -

Foto: Pipo Castro - Bambuí/MG -

Nesse final de semana, a equipe 2B Racing disputou na cidade de Bambuí a terceira etapa do Campeonato Mineiro de Motocross. A jovem equipe manteve a escrita de vencer com seus pilotos na competição estadual. Os trunfos do time começaram na tarde de sábado, com a prova da 65cc e terminaram na tarde de domingo com a vitória de Christopher Castro na MX1.

O piloto de Santa Catarina demonstrou uma grande capacidade de superação na terceira etapa do Mineiro. Nos treinos classificatórios da MX2, Pipo sofreu uma queda, sem maiores gravidades. À tarde, na prova dessa bateria, numa disputa por posições, ele caiu novamente, machucou o dedão do pé e mesmo assim venceu a prova.

Na MX1, a forte dor que sentia no pé poderia ser um problema para o piloto, mas isso não se refletiu na sua pilotagem. Pipo não foi tão bem na largada e caiu para a sétima colocação. Na terceira volta, ele já era o quarto colocado e ele ganhou duas posições quando a sua companheira de time, Mariana Balbi, que disputava a segunda colocação, envolveu-se num toque com Antônio Miranda, o Tuniquinho.

Na segunda colocação, Pipo tinha de retirar a diferença de mais de 10 segundos que o separavam do líder, Adriano Guarnieri. Na 11ª volta, o catarinense encostou no piloto da cidade de Franca e duelaram até se chocarem. Com o acidente, o paulista levou a pior e, com isso, Pipo partiu rumo à mais uma vitória no Campeonato Mineiro.

“Foi uma prova bastante difícil. Sofri duas quedas, uma pela manhã e outra agora à tarde. Meu pé doia muito, principalmente durante as trocas de marcha. Acho que foi por causa da adrenalina que consegui mais uma vitória”, declarou o piloto.

Pipo também aproveitou para agradecer ao público e aos patrocinadores pelo apoio recebido em Bambuí. “A minha equipe, 2B Racing, tem feito um grande trabalho e hoje continuo na liderança do Mineiro. Agora vou seguir rumo à disputa do Brasileiro, semana que vem em Foz do Iguaçu”, declarou.

Na MX3, Mariana Balbi se mantém com 100% de aproveitamento. A vitória em Bambuí foi construída de forma tranqüila, apesar de não ter sido de ponta a ponta. Mariana esperou o momento certo para atacar o então líder e atual campeão mineiro Dario de Oliveira.

Após conseguir a ultrapassagem, Mariana passou a abrir consideravelmente, tanto que terminou a prova com quase 30 segundos de vantagem. A piloto destacou o alto nível da competição estadual. “O campeonato está muito organizado, nesse ano estou participando de todas as etapas, vim dos Estados Unidos só para correr essa prova do mineiro e estou bastante feliz com as três vitórias”.

A piloto aproveitou para agradecer ao grande apoio e estrutura proporcionada pela equipe 2B Racing. “Estamos com uma equipe muito boa hoje, a 2B racing tem dado todo o apoio para mim, gostaria de agradecer ao meu pai, ao Vicente Bretz, ao Erick Bretz, que esteve aqui presente para dar um apoio para a gente”. Dario de Oliveira terminou em segundo e Roberto Pires foi o terceiro.

Na categoria Nacional, o piloto da moto número 97, Richard Nunes, o Piabinha, também deu um show de pilotagem e recuperação. Largou mal e caiu para a décima primeira posição. Entretanto, só na primeira volta, o líder do Brasileiro conquistou cinco posições.

Na penúltima volta da prova, Piaba alcançou a segunda colocação numa belíssima ultrapassagem em cima de Alexandre Pires, o Chiclete. O piloto só não foi além porque não teve tempo suficiente para chegar em Tunico Miranda. Apesar de terminar em segundo, o piloto cativou os presentes com suas manobras e foi ovacionado pelo público que lotou as arquibancadas e o camarote montados na pista do Campo do Ginásio Antero Torres.

No sábado, Hugo Evantuil, o Tuilzinho, repetiu o bom desempenho da segunda etapa em Oliveira e venceu novamente. Com isso o piloto se distancia na liderança da tabela de classificação da 65cc. O jovem piloto se emocionou bastante com mais uma conquista e, novamente, agradeceu à equipe e ao pai pela vitória. Tuilzinho terminou a prova seguido por Rodrigo Filho, e João Victor Sales, o terceiro.

O piloto Eric Bretz esteve no interior de Minas para acompanhar as provas e prestigiar o time. O piloto demonstra confiança com as sessões de fisioterapia que vem fazendo para se recuperar do acidente ocorrido na segunda etapa do Campeonato Brasileiro em Canelinha/SC. “Espero estar de volta às pistas entre o final de julho e o inicio de agosto. Pretendo voltar com calma para estar 100% preparado e não prejudicar a recuperação”, declarou o piloto. Na próxima semana, a equipe irá para Foz do Iguaçu para a disputa da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Balbi – O piloto Jorge Balbi também esteve nas pistas este fim de semana, representando a 2B Racing em terras internacionais. Ele mais uma vez fez bonito na primeira bateria, onde chegou muito próximo dos top ten ao terminar em 13º lugar. Na segunda bateria,o piloto não teve a mesma sorte e terminou em 23º, encerrando o dia em 18º geral. A equipe 2B Racing tem o patrocínio de Consórcio Realizar e Mart Plus. Apoio de ASW e Orbital.