4ride-moto-compartilhada-3

4Ride: chance de rodar com moto premium pagando pouco

Baseado em cases bem-sucedidos como a Uber, há quem diga que o segredo do sucesso num futuro cada vez mais próximo seja o compartilhamento. Acreditando nisso, surgiu a 4Ride Motorcycle. A empresa fornece um novo modelo de negócio onde permite aos amantes do segmento de duas rodas se tornarem proprietários de motos premium sem a necessidade de grandes investimentos. Na prática, clientes (ou membros, na verdade) escolhem uma das motos disponíveis e compram cotas de 25% do valor do veículo, adquiridas através de sistema de propriedade compartilhada, recebendo o direito de levar a moto para suas viagens.

Baseado em cases de sucesso sobre compras e serviços compartilhados, principalmente da Europa, 4Ride Motorcycle trouxe o conceito ao Brasil

Baseado em cases de sucesso sobre compras e serviços compartilhados, principalmente da Europa, 4Ride Motorcycle trouxe o conceito ao Brasil

4ride-moto-compartilhada-4A empresa surgiu no início de 2017 com uma frota inicial de 10 motos, incluindo modelos da Harley-Davidson, Indian, BMW, Ducati e Triumph, divididas entre os três clubes. Caso o cliente deseje uma BMW R1200 GS, por exemplo, ele irá despender aproximadamente R$ 20.500,00 e ingressar no clube ‘Road Trip’ podendo ter à disposição outros modelos como, H-D Fatboy, H-D Softail, Triumph Explorer e Indian Chief Classic. Ou seja, os sócios da 4Ride investem 25% do valor de uma moto, e passam a ter acesso também a outras motos disponíveis no clube do qual faz parte.

Os clubes são: Easy Rider, com investimento inicial de R$ 12.500,00 e que integra motos como a Triumph Bonneville T120, Indian Scout e Harley-Davidson 120 Custom; Road Trip, com investimento de R$ 19.500,00 e modelos como Triumph Explorer XCa, BMW R 1200 GS e Indian Chief Classic; e Old School Legend Riders, com a H-D Ultra Limited e Indian Roadmaster e investimento de R$ 27.500,00. Para se tornar associado na 4Ride Motorcycle, o candidato precisa atender algumas exigências, como ter no mínimo 26 anos e ao menos três anos de experiência comprovada de pilotagem com motos de alta cilindrada (a partir de 600cc). Caso não tenha, uma opção é a apresentação de certificados de cursos de pilotagem on-road.

4Ride: Compra compartilhada de motos tenta conquistar o público

A apresentação oficial da 4Ride Motorcycle ao mercado brasileiro aconteceu durante o Salão Duas Rodas, em São Paulo. Segundo Gustavo Carvalho, empresário e fundador da empresa, “tivemos 99% de aceitação da nova modalidade de negócio que propomos e saímos do Salão com um giro de negócio de R$ 300 mil”. Para ele, o 1% que restou faz parte do grupo que pensa “que moto não se divide”. Segundo a empresa, a partir de dezembro as primeiras motos compartilhadas estarão à disposição de seus sócios.

Ter uma BMW 1200 GS à sua disposição por cerca de R$ 20 mil parece uma boa? Se sim, saiba mais sobre 4Ride e seu conceito de compra compartilhada de motos

Ter uma BMW 1200 GS à sua disposição por cerca de R$ 20 mil parece uma boa? Se sim, saiba mais sobre 4Ride e seu conceito de compra compartilhada de motos

As cotas pertencerão ao usuário pelo período contratual de dois anos. Após este prazo, a motocicleta será vendida e o investidor receberá a parcela equivalente a 1/4 do preço de venda. A relação de marcas, modelos e clubes pode ser encontrada no site oficial da empresa. A 4Ride Motorcycle também disponibilizou um vídeo apresentando sua proposta enquanto clube de motos compartilhadas.

Separador_motosFonte: VGCom



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.