- foto Giro1

500 Milhas Brasil 2016: Yamaha Motors Company é a campeã

Sob o sol forte e intenso do verão paulistano neste domingo (31/01), e sem a leve chuva que refrescou quem esteve no Autódromo de Interlagos, no sábado, máquinas e pilotos foram testados ao máximo em termos de resistência na prova de motovelocidade de longa duração, as 500 milhas Brasil.

Yamaha Racing Team com o presidente da Yamaha do Brasil, Itaru Otani (centro) e o diretor comercial da Yamaha do Brasil, Márcio Hegenberg (de cinza), nos boxes de Interlagos neste domingo (31/01)

O time vencedor das 500 Milhas Brasil 2016 com o presidente da Yamaha do Brasil, Itaru Otani (centro) e o diretor comercial da Yamaha do Brasil, Márcio Hegenberg (de cinza), nos boxes de Interlagos – divulgação

De volta a São Paulo, a competição reuniu grandes nomes da motovelocidade e mostrou na pista uma disputa acirradíssima. A maior constatação disso é que poucos segundos separaram os primeiros colocados na categoria geral ao término da prova, mesmo depois de 187 voltas e mais de 4 horas de corrida.

O Yamaha Racing Team brilhou, com um time de peso formado por Leandro Mello, multicampeão de categorias On/Off Road e piloto de testes, Diego Pierluigi, sete vezes campeão argentino de
motovelocidade e Alan Douglas, tricampeão das 500 milhas.

“A participação ativa da Yamaha durante todo a prova, desde quando começamos a pensar em correr, até os preparativos finais, e durante toda a corrida, mostrou o que é uma parceria bem sucedida. A participação de todos os envolvidos, fez toda a diferença, inclusive o apoio que recebemos do novo presidente da Yamaha do Brasil, Itaru Otani, que veio aos boxes, falou com todo mundo, assistiu a largada e acompanhou a corrida”, comentou Leandro Mello.

 - foto Giro1

A largada da 500 Milhas Brasil é uma atração à parte – foto Giro1 Esportes

A equipe GST Honda Moto Super Moto não teve tanta sorte. Apesar de Eric Granado ter feito uma excelente largada e conseguido a liderança da prova – ficando com sua 600c à frente das motos de 1000cc – a alegria durou pouco. Nas primeiras voltas teve que retornar aos boxes  prematuramente por causa de perda de pressão no pneu traseiro.

Equipe GST Honda Mobil Super Moto no pódio das 500 Milhas Brasil - foto: Chris Fabbri

Equipe GST Honda Mobil Super Moto no pódio das 500 Milhas Brasil – foto: Chris Fabbri

Pneu trocado, mais algumas voltas, e o problema de pneus se repetiu e se somou a problemas de freio que apareceram na sequência, comprometendo definitivamente a corrida da dupla Granado e Xavi Cardelús. A dupla concluiu a corrida na terceira colocação entre as motocicletas de 600 cilindradas e na oitava colocação geral. Com um plano de corrida sem maiores sobressalto s, a motocicleta 72 cruzou a linha de chegada sendo pilotada pelo argentino Sergio Fasci e conquistou a segunda colocação na 600 e sétima na geral.

Na categoria 100 Milhas, depois de 38 voltas de muita adrenalina, a dupla da equipe Carletti Michelin composta pelos pilotos Derick Filippini e Indiana Muñoz venceu nos instantes finais da competição. Quase toda a prova foi liderada pela equipe Yamaha/PRT com os pilotos Meikon Kawakami e Cássio Kawakami. Uma competição recheada de muita adrenalina.

Outro destaque da categoria 100 Milhas foi a participação das mulheres, como Maria Fernanda, Márcia Reis, Sarah Conessa e Indiana Muñoz. Uma prova em que as mulheres comprovaram que o lugar delas é realmente na pista.

Indy Muñoz é a prova que que as mulheres estão se destacando na motovelocidade - divulgação No caso da equipe Carletti Michelin, a dupla se inscreveu pela primeira vez na 500 Milhas de Motovelocidade este ano. A dupla é composta pela linda e talentosa Indiana Muñoz, de 25 anos. Ela conta que sua paixão por motos começou cedo e vem de família. Ela pertence a uma família circense que faz apresentações com motos. Há três anos entrou para Motovelocidade e durante este período participou e venceu alguns campeonatos pelo Brasil. Ela ressalta que a participação na 500 Milhas sempre foi um sonho e a vitória da equipe na competição foi surpreendente.  Muito conhecida no mundo da Motovelocidade Márcia Reis conta que em 2013 foi assistir pela primeira vez a 500 Milhas de Motovelocidade

Indy Muñoz é a prova que que as mulheres estão se destacando na motovelocidade – divulgação

No caso da equipe Carletti Michelin, a dupla se inscreveu pela primeira vez na 500 Milhas de Motovelocidade este ano. A dupla é composta pela linda e talentosa Indiana Muñoz, de 25 anos. Ela conta que sua paixão por motos começou cedo e vem de família. Ela pertence a uma família circense que faz apresentações com motos. Há três anos entrou para Motovelocidade e durante este período participou e venceu alguns campeonatos pelo Brasil. Ela ressalta que a participação na 500 Milhas sempre foi um sonho e a vitória da equipe na competição foi surpreendente.

Muito conhecida no mundo da Motovelocidade Márcia Reis conta que em 2013 foi assistir pela primeira vez a 500 Milhas de Motovelocidade em Interlagos, e naquele momento pensou: um dia vou correr aqui e hoje o sonho se tornou realidade. Márcia terminou a prova em primeiro lugar na 500cc, comprovando que as mulheres estão se destacando no Motociclismo brasileiro.

Resultado – 500 Milhas Brasil 2016

Resultado - 500 Milhas Brasil 2016

Resultado – 500 Milhas Brasil 2016

Separador_motos