Foto: Danilo Lewis, piloto da categoria 600 Hornet (Honda) no Racing Festival

600 Hornet terá novos pneus a partir de Brasília

Foto: Danilo Lewis, piloto da categoria 600 Hornet (Honda) no Racing Festival

Foto: Danilo Lewis, piloto da categoria 600 Hornet (Honda) no Racing Festival

Categoria recém-criada no calendário nacional, a 600 Hornet terá novos pneus a partir da etapa de Brasília, no próximo dia 17.

O campeonato formado pelas motos Honda CB 600F Hornet substituirá os pneus Diablo Corsa III pelos Diablo Rosso Corsa, ambos da Pirelli. Além da etapa de Brasília, a quinta do ano, resta ainda a prova de Santa Cruz do Sul (RS), em 12 de dezembro, para o fim da temporada. A 600 Hornet integra o Racing Festival, com também corridas de carros de turismo e monopostos.

O Diablo Rosso Corsa teve tecnologia desenvolvida no Mundial de Superbike, uma das mais importantes competições sobre duas rodas em todo o mundo. “Em seis anos como única fornecedora do Campeonato Mundial de Superbike, a Pirelli desenvolveu inúmeras soluções tecnológicas voltadas à melhoria de performance. O novo Diablo Rosso Corsa representa a produção destas soluções em escala industrial”, diz Marcelo Natalini, diretor da Unidade de Negócios Moto da Pirelli na América Latina.

“Fizemos alguns testes com o pneu e a moto se comportou muito bem, com boa aderência nas curvas, o que garante uma maior segurança aos pilotos”, destaca Wilson Yasuda, assessor de competições Honda.

A disputa do título da 600 Hornet tem como favoritos o gaúcho Maico Teixeira (139 pontos), de 29 anos, e o paulista Danilo Lewis (118), de 17. Teixeira emplacou três vitórias seguidas nas primeiras três provas do ano, mas vem perdendo espaço para Lewis, ganhador de três das últimas quatro corridas. Ainda estão em jogo 80 pontos – cada vitória vale 20, e cada etapa conta com duas baterias.

Os dez primeiros no campeonato são:
1) Maico Teixeira, 139 pontos
2) Danilo Lewis, 118
3) Cidalgo Chinasso, 81
4) Fabio Peasson, 78
5) Devanir Lippe, 76
6) Marco Bruherotto, 69
7) Luiz Cerciari, 67
8) Rafael Paschoalin, 64
9) Pierre Chofard, 63
10) Diego Faustino, 53