62% das vendas de veículos é feita a prazo

Nos primeiros três meses do ano, o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) foi a modalidade mais utilizada pelos consumidores para a aquisição financiada de veículos e comerciais leves, representando 40% do total de veículos comercializados no período de acordo com levantamento da Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras). As vendas a prazo por meio de Leasing correspondem a 16%, o consórcio por 6% e as vendas à vista ficaram em 38%.

No segmento de veículos comerciais (caminhões e ônibus) vendidos no primeiro trimestre do ano, 71% foram por Finame, 9% por CDC, 7% por Leasing (incluso Finame Leasing), 2% ocorreram por meio de Consórcio e 11% foram à vista.

As motocicletas mostram o menor índice de compra a vista, com 21%; 49% das vendas equivalem ao CDC, 29% correspondem ao Consórcio, 1% foram por Leasing e 21% à vista.

O levantamento da Anef também aponta queda na inadimplência acima de 90 dias para as operações de CDC. O índice ficou em 4% em março contra 5% no mesmo mês do ano passado. Outro ponto é que os planos médios para financiamento de veículos, em março, foram de 43 meses frente a 40 meses do mesmo mês do ano anterior.