!cid_image004_jpg@01CCABB2

A KTM anuncia a sua equipe de fábrica no campeonato mundial de velocidade Moto3

A KTM Motorcycles retorna ao mundial de motovelocidade em 2012, para disputar a nova classe Moto3 que vai substituir a 125 Especial. Anunciou hoje (25) na Áustria o seu time de três pilotos oficiais de fábrica, pela equipe cujo nome oficial será Red Bul KTM Factory Racing AJO. Os pilotos combinam experiência e juventude, com o alemão Sandro Cortese, o australiano Arthur Sissis e o britânico Danny Kent.

Sandro Cortese vem de uma bem sucedida temporada em 2011 na classe 125 Especial, vencendo dois GPs e subindo ao podium em outras quatro etapas, em segundo em duas delas e em terceiro na outra. O bastante para ficar na quarta posição do mundial deste ano.

Arthur Sissis foi um forte concorrente na busca do título do competitivo MotoGP Rookies, em 2011.E o britânico Danny Kent,vice-campeão da Red Rookies Cup Bull em 2010, estreou neste ano na 125 Especial, terminando num honroso 11º lugar na temporada.

Pit Beirer, o diretor da Motorsports KTM, sublinhou que mais uma vez a KTM Motorcycles conta com parcerias fortes e figuras-chave em suas equipes de fábrica, naquilo que ele afirma ser o início de um forte compromisso a longo prazo para este projeto da Moto3.

Em sua reentrada no mundial de velocidade pela Moto3 a KTM vem numa forte associação com Red Bull e a Ajo Motorsport para a equipe principal da marca, ao lado da Kalex, líder na produção e campeã de motos que disputam a categoria Moto2. Ela irá executar  a construção e desenvolvimento das KTM  100% criadas e desenvolvidas na fábrica austríaca de Mattighofen, sede da KTM Motorcycles, também para fornecimento dos motores de 250 cc a quatro tempos para outras equipes privadas. A própria AJO terá outras duas motos inscritas em equipes satélites, entre as nove  que alinharão compropulsores KTM em 2012 no mundial de Moto3.

 A volta da marca ao mundial de Moto3 segue o compromisso assumido anteriormente no Red Bull MotoGP Rookies Cup, série altamente competitiva que mostrou o caminho para jovens talentos em provas internacionais, dentro do compromisso de promover a próxima geração de pilotos, numa extensão da sua filosofia “Ready do Race”.

O novo motor a quatro tempos de 250 cc da Moto3 saiu das bancadas de testes na fábrica em Mattighofen, na Áustria, no dia 26 de agosto deste ano e desde então vem cumprindo um extenso programa de testes em pistas, preparando-se para a estréia em 2012. No entanto, essa reentrada da marca no mundo dos Gran Prix de velocidade não é novidade para a KTM ,que já dominou as categorias 125 e 250 cc com pilotos do calibre de Casey Stoner, Kalio Kika, Hiroshi Aoyama e Marc Marquez em suas equipes de fábrica.