Abraciclo Mostra Desempenho do Setor na 5ª Edição Da FIAM

Entidade marca presença em evento que reúne as principais empresas do Pólo Industrial de Manaus

Como legítima representante do segmento de duas rodas, a Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – participa da 5ª edição da FIAM (Feira Internacional da Amazônia), que ocorre entre os dias 25 e 28 de novembro, no Centro de Convenções de Manaus (AM).

Aproveitando a oportunidade, a entidade e os associados apresentarão os dados oficiais do setor, que vem se recuperando gradativamente dos efeitos da crise econômica mundial.

A região Norte participa do crescimento deste mercado, já que é responsável por 8% do total da frota circulante do país. Apesar da porcentagem parecer diminuta, nos últimos dez anos o total de motocicletas nesta região cresceu 710%.

“Todas as fabricantes de motocicletas estão instaladas no PIM. Na região são desenvolvidos 98% da produção nacional. Além de ser um forte mercado, em ascensão, tem o diferencial de ser o local onde o setor está concentrado” conta Paulo Shuiti Takeuchi, presidente da entidade.

Durante a FIAM, que contará com cerca de 350 expositores, a indústria de motocicletas será um dos principais destaques. De acordo com dados divulgados pela SUFRAMA (Superintendência da Zona Franca de Manaus), o setor de duas rodas é um dos mais importantes em se tratando de investimentos e faturamentos, atrás apenas do de eletroeletrônicos. E os números, segundo a Abraciclo, não param de crescer.

“Nos primeiros seis meses de 2009 o setor investiu mais de R$3,5 bilhões, igualando o montante de todo o ano de 2008”, afirma Takeuchi.

Consciência Ecológica – A presença das montadoras no PIM levou as fabricantes a uma consciência ambiental e preocupação ecológica, além de gerar reflexos benéficos involuntários. O principal deles foi apontado em estudo apresentado ao Congresso Nacional. Segundo o levantamento, o emprego na indústria é mais rentável para os moradores da região do que o desmatamento da Floresta Amazônica. Não fossem as indústrias do PIM, afirma o texto, o desmatamento seria 80% maior.

Além disso, as fabricantes de motocicletas reutilizam água; fazem coleta seletiva e patrocinam estudos e projetos ecológicos locais, dentre outros benefícios ao meio ambiente.

Segundo o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi, é fundamental a participação da entidade em eventos deste porte. “A indústria de motocicletas gera mais de 40 mil empregos diretos na indústria em Manaus. Com o crescimento do nosso mercado, a expectativa é de que o setor imprima ainda mais importância regional e nacional. Estes encontros são oportunidades extraordinárias para mostrarmos a nossa dimensão e ficarmos mais próximos das entidades e empresas”, afirma Takeuchi.

Serviço:FIAM – Feira Internacional da Amazônia
Local: Studio 5 Centro de Convenções
Data: 25 a 28 de novembro de 2009
Endereço: Av. Rodrigo Otávio – Manaus – AM