figura1_amaral

ABS em motos: é preciso saber usar

Texto de Carlos Amaral

Como já foi mencionado noutros artigos publicados, a frenagem é o momento mais crítico da pilotagem de moto. Assim, saber frear é fundamental. Mas mesmo sabendo frear, ainda é preciso saber usar os recursos que a tecnologia oferece. E no caso dos freios, o ABS é o recurso mais comum e mais utilizado. Mas, será que é eficiente o sistem ABS em motos? Veja este vídeo e diga se adiantou ter ABS na roda traseira?

Travamento da roda traseira e derrapagem; moto sem ABS

Travamento da roda traseira e derrapagem; moto sem ABS

No momento da frenagem a moto não derrapa, porém não pára. Como se sabe o que faz parar a moto não é freio e sim o atrito do pneu com o solo, pois os freios só fazem parar as rodas. Assim, quanto menos atrito maior será a possibilidade do sistema ABS ser acionado. Portanto, mesmo freando o traseiro o peso da moto, do piloto, do garupa, enfim, a massa total é transferida para a roda dianteira deixando o menor atrito  na roda traseira. Por isso o sistema ABS entrará em ação com mais facilidade na roda de trás.

Veja no vídeo que o piloto coloca toda a força no pedal traseiro e mesmo assim a distância de frenagem foi grande. Então, qual a eficiência do ABS traseiro? Resposta: não derrapar a moto no momento da frenagem bruta e isso é uma grande vantagem para a segurança do piloto.

Agora, veja no vídeo abaixo a mesma moto, no mesmo solo e na mesma velocidade (50 km/h) e com o mesmo piloto, utilizando o freio dianteiro com o Sistema ABS.

Cuidado para não ser ejetado da moto

Cuidado para não ser ejetado da moto

A frenagem dianteira com o Sistema ABS  é muito eficiente, pois com esse dispositivo a moto não “sai de frente” no momento de acionar o manete com força bruta e repentina. Pode acreditar nesse sistema pois a moto pára com muita segurança. Porém, o cuidado que devemos ter para motos trail, esportivas e naked é não deixar a traseira da moto subir( efeito “RL” – Rear Lift) dando a possibilidade do piloto ser ejetado da moto e cair de queixo no chão. As motos custom são mais difíceis de levantar a traseira e por isso, para os proprietários de motos com ciclística custom, podem acreditar no excelente sistema de frenagem com ABS e acionem com confiança o manete dianteiro.

Porém, nunca devemos nos esquecer das técnicas  defensivas explicadas em artigos anteriores, que independente de se seu moto ter ABS ou não no sistema de freios. Sem dúvida, a eletrônica veio para corrigir os erros humanos. Assim, não é por isso que devemos deixar de pilotar e esperar que a eletrônica faça tudo por nós. Devemos continuar utilizando todas as técnicas de pilotagem segura e ter como auxílio a tecnologia.

Para frear um veículo especial como é a moto é necessário muito treinamento. Por isso devemos saber dosar as forças no manete ou no pedal de freio. Mas com certeza utilizar os dois freios é a melhor forma de parar a moto com mais eficiência, principalmente quando os freios têm esse sistema anti derrapante, ABS.

Nos próximos artigos voltaremos a falar sobre curvas. Vamos, então, conhecer os “três lados das curvas” e seus cinco segredos. Até lá.

 



Carlos Amaral

Carlos Amaral - Instrutor de pilotagem defensiva certificado pela Honda, instrutor de trânsito do Detran-SP na especialidade Direção Defensiva, palestrante da Porto Seguro Cia de Seguros Gerais, blogueiro e diretor operacional da Carlos Amaral Motorcycle Training