Ação em Barretos visa reduzir o número de acidentes envolvendo bicicletas

Ação ciclofóbica em Barretos, SP

A cidade de Barretos, no interior de São Paulo está vivendo um fenômeno ciclofóbico. Lá a prefeitura decidiu colocar em prática uma lei de 1995 para punir ciclistas que circulam na contra-mão, passem sinais vermelhos, ou pedalem sobre as calçadas ou pavimentos das praças.

Ação em Barretos visa reduzir o número de acidentes envolvendo bicicletas

Ação em Barretos visa reduzir o número de acidentes envolvendo bicicletas

No primeiro dia da ação 19 bicicletas, algumas delas conduzidas por crianças e adolescentes, foram recolhidas aos pátios da prefeitura. Os proprietários ficarão três dias sem as bikes e deverão pagar 14 reais de multa. A ideia, diz o Diretor de Trânsito André Luís de Freitas, “é conscientizar os ciclistas de que eles também precisam seguir as regras para que o trânsito se torne menos perigoso”.

Boas intenções à parte, na prática a ação pode reforçar os preconceitos que os ciclistas ainda enfrentam nas ruas do país. Educar para o trânsito é a proposta correta e deveria ser incentivada pelo Ministério das Cidades em todas as localidades do país, não apenas para ciclistas, mas a pedestres e especialmente motoristas e motociclistas, que continuam a morrer em acidentes que envolvem álcool, excesso de velocidade e desrespeito às leis. Mas sempre educar antes de punir. E investir em sinalização, paraciclos, ciclofaixas e – quando necessário – ciclovias. Até mesmo em Barretos, que já tem trânsito intenso nos horários de pico.

Há também boas notícias. Na última segunda-feira (6), a TV Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo começou a publicar uma série de reportagens sobre os desafios da acessibilidade.  E no dia 13 a TV Globo lançou uma série sobre mobilidade urbana, com a participação do Mobilize Brasil. Pouco a pouco, a mídia brasileira está abrindo espaço para o tema. Espera-se que seja um fenômeno sustentável.

A propósito, na última sexta-feira (10/5), organizações de ciclistas de todo o Brasil realizaram o Dia De Ir de Bike ao Trabalho. Você que é adepto às bikes, pedale se puder, sempre, mas procure seguir as regras de trânsito, seja em Barretos, Campina Grande, Carapicuíba, Manaus, Cuiabá, Olinda, Alegrete, Paranavaí, Niterói, Brasília, Belém etc. etc.