Suzuki 380 de 1973 feita Japs-cafe racer - Bitenca

Ace Café e a tradição das “cafe-racers”

Ace Cafe em 1969 um pouco antes de fechar durante a crise da indústria britânica de motos

Ace Cafe em 1969 um pouco antes de fechar durante a crise da indústria britânica de motos

O Ace Cafe foi fundado inicialmente em 1938 como um café para caminhoneiros que saiam para o North Circular Road, um “rodoanel” que dava acesso pelo norte de Londres. Pela sua proximidade com a cidade e pela localização em uma das principais artérias da região, o Ace Café ficava aberto 24 horas e talvez por isso acabou por atrair muitos motociclistas.

Durante a segunda guerra mundial o prédio foi muito avariado e por isso fechou. Abriu novamente em 1949, quando foi reconstruído. Um restaurante fino foi feito lá nessa época, e com o aumento do tráfego, muitos jovens motociclistas passaram a frequentar o café para ouvir rock nas máquinas caça-níquel que havia na época. Muitas músicas eram exclusivas desses lugares e como a indústria de motos britânica estava no auge, acabou por se fazer a junção do rock com as motocicletas.

Os Scorpions formaram um dos mais famosos grupos demotociclistas do Ace Cafe

Os Scorpions formaram um dos mais famosos grupos de motociclistas do Ace Cafe

As gangues de motociclistas se infiltraram a passaram a frequentar esse ambiente, com corridas em que se dava a largada ao começar uma música e as apostas eram que o piloto chegaria de volta antes que a música acabasse.

O Ace Cafe, na sua combinação de motocicletas, velocidade e “rock and roll” foi a plataforma para o surgimento de muitos pilotos famosos e de muitas marcas também. Mas jornais da época classificavam esse tipo de lugar como um dos pontos em que pessoas decentes não deviam frequentar.

TriTon era a combinação de Triumph e Norton, onde se juntava componentes de uma e de outra moto inglesa

TriTon era a combinação de Triumph e Norton, onde se juntava componentes de uma e de outra moto inglesa

Mudanças na ordem social, o crescimento da indústria de motos japonesas, da própria indústria automobilística em detrimento das motocicletas e a expanção da rede de vias na região fez com que o Ace Cafe servisse seu último prato em 1969.

Até que em 1993, Mark Wilsmore colocou em prática a sua idéia de reeditar o Ace Café. Começou promovendo um evento anual em que se comemorava a data de fechamento do bar original – o “Ride With The Rockers” – que acabou por concentrar 12.000 motociclistas no local onde era o café original. Um livro e um filme foram editados para promover a abertura da nova versão em que se oferecia produtos relevantes para o tema. No  25º aniversário do fechamento do café original, Mark reabriu o bar definitivamente em 4 de setembro de 1994.

Honda CB 750 tem muitos adeptos para fazer a transformação - Define uma classe, a das Japs-Cafe

Honda CB 750 tem muitos adeptos para fazer a transformação - Define uma classe, a das Japs-Cafe

Tamanha tradição foi o que fez com que esse movimento tivesse repercussão em vários outros países, como do outro lado do atlântico, em Nova York, Chicago e na costa do Pacífico, na Califórnia. Esse tipo de moto acabou por definir também uma versão “tunada” das motos da época.

Suzuki GT 380 de 1973 feita Japs-cafe racer por Bitenca

Suzuki GT 380 de 1973 feita Japs-cafe racer por Bitenca

Empresas foram fundadas para produzir acessórios como escapamentos, roupa de proteção em couro, componentes de suspensão e tantas outras coisas que foram na verdade definir toda tecnologia reimplantada nas indústrias de moto em todo mundo, inclusive no Brasil. Marcas como Three Heads e Sarachu surgiram a partir desse movimento no Brasil.