Acessos à internet via Iphone crescem 65% em 60 dias

Dados apurados pela Predicta apontam crescimento de mais de 1% ao dia no n£mero de acessos … internet via gadget da Apple no acumulado dos £ltimos dois meses.

A empresa alerta que operadoras e desenvolvedores de sites precisam estar atentos a esse movimento para garantir o sucesso de seu neg¢cio no futuro.

O acordo da Apple com a Am‚rica Movil, que prevˆ a chegada do iPhone no Brasil, via operadora Claro, ainda este ano, nÆo deve aplacar a busca fren‚tica dos brasileiros pelos aparelhos no pa¡s. Mesmo com o an£ncio, os dados de crescimento dos acessos … internet via iPhone apurados pela Predicta, consultoria especializada no gerenciamento e otimiza‡Æo de estrat‚gias de marketing digital, comprovam que o brasileiro nÆo est  disposto a esperar o gadget chegar ao Brasil. Entre os meses de mar‡o e abril foram contabilizados mais de 330 mil acessos … internet via iPhone.

“O crescimento foi de mais de 1% ao dia e hoje nÆo vemos nada crescendo nessa propor‡Æo. A conclusÆo a que chegamos ‚ que se essa busca continuar nesse ritmo alucinante nem depender  da venda legalizada do iPhone no Brasil para se superar a marca de 1 milhÆo de acessos at‚ o final de 2008″, avalia Claudia Woods, diretora de estrat‚gia e inteligˆncia da Predicta.

A ferramenta de WebAnalytics Predicta Atmosphere, que avalia o comportamento dos usu rios na Internet, apurou ainda que o total de acessos via outros dispositivos m¢veis contabilizou mais de 600 mil nos meses de mar‡o e abril, um crescimento de 46%. Para se chegar a esse resultado, a ferramenta, que utiliza uma s‚rie de m‚tricas de audiˆncia, consegue identificar o sistema operacional pelo qual o visitante est  acessando os sites dos clientes da Predicta. “Conseguimos monitorar quase 100% da Internet brasileira. O universo de dados coletados contempla exclusivamente sites e portais, excluindo suas versäes WAP”, explica Claudia.

O n£mero de brasileiros com acesso regular … internet deve quase triplicar at‚ 2010, segundo dados divulgados recentemente pelo Minist‚rio da Ciˆncia e Tecnologia. A previsÆo ‚ que o n£mero de internautas no pa¡s passe dos atuais 60 milhäes para pelo menos 150 milhäes. J  de acordo com a Anatel (Agˆncia Nacional de Telecomunica‡äes), o Brasil j  conta mais de 125 milhäes de aparelhos celulares, sendo que cerca de 70% desses modelos j  permitem o acesso … internet.

“As operadoras precisam estar atentas a esse movimento e … questÆo do custo do tr fego de dados. Acreditamos que essa ‚ uma alternativa para aumentar a penetra‡Æo da Internet nas mais diversas classes sociais no Brasil. Os n£meros que apuramos mostram que o brasileiro est  disposto a utilizar o celular como ferramenta de acesso … rede pela praticidade que oferece. Percebemos que cada vez mais o aparelho se consagra como tecnologia de massa no pa¡s”, analisa Claudia.

J  o iPhone ‚ objeto de cobi‡a em todo o mundo justamente por ter diferenciais importantes em rela‡Æo a outros aparelhos, sendo que o principal deles ‚ oferecer ao usu rio, que utiliza a internet, uma experiˆncia mais pr¢xima a de um computador convencional. “E esse crescimento nos acessos se d  justamente por esse motivo. Os usu rios de iPhone ignoram at‚ o fator custo, pois tˆm uma experiˆncia prazerosa na navega‡Æo, o que hoje outros aparelhos nÆo possibilitam”, justifica a executiva.

Em razÆo disso, Claudia acredita que deve haver uma maturidade por parte dos usu rios, que ficarÆo mais exigentes na escolha do browser de navega‡Æo, por exemplo. Al‚m da quebra de paradigma dos desenvolvedores de site, que precisarÆo se adequar …s necessidades do mercado. “Hoje, os aparelhos dispon¡veis nÆo carregam as p ginas por meio de flash, tecnologia utilizada pela maioria dos sites. Se as empresas nÆo estiverem atentas a essas mudan‡as perderÆo um importante meio de divulga‡Æo de sua marca”, conclui.

Analistas calculam que existam cerca de 300 mil iPhones desbloqueados no Brasil. Em junho de 2007 eram apenas 10 mil (ver n£meros atualizados). Hoje ‚ poss¡vel encontr -los em algumas lojas especializadas em inform tica e telefonia, ou at‚ mesmo em lojas de telefonias em shoppings das principais capitais nacionais.