Foto: Jean Azevedo durante o Dakar Day de Cabo Frio

Ações sociais do Rally já beneficiaram 271 mil pessoas

Foto: Jean Azevedo durante o Dakar Day de Cabo Frio

Foto: Jean Azevedo durante o Dakar Day de Cabo Frio

Reflorestamento, constru‡Æo de reservat¢rios de  gua, preserva‡Æo de  reas rurais e programas de reciclagem de lixo fazem parte do leque de a‡äes sociais desenvolvidas h  21 anos pela organiza‡Æo do Rally Dakar, a ASO. E desde o ano 2000 essas iniciativas foram intensificadas, gra‡as … parceria fechada entre a organiza‡Æo e a SOS Sahel, ONG francesa especializada na preserva‡Æo de recursos naturais como forma de promo‡Æo do desenvolvimento humano.

A partir desse acordo, a ASO deu um passo al‚m dos programas assistencialistas que tradicionalmente mantinha, e passou a investir ensinando …s popula‡äes locais das regiäes por onde passa o rali como preservar o meio ambiente e tirar seu sustento da terra.

Essa hist¢ria de solidariedade come‡ou em 1985, quando o francˆs Thie rry Sabine, criador do rali, percebeu que poderia utilizar a fama da prova para melhorar as condi‡äes de vida de uma parcela carente do povo africano. Desde entÆo, 271.000 pessoas j  foram beneficiadas.

Ao longo de todo ano, 15 ve¡culos e 30 pessoas trabalham em tempo integral exclusivamente nas a‡äes da ASO e da SOS Sahel. Como resultado, 106 projetos j  foram desenvolvidos, nos quais foram investidos mais de 600 mil euros. Por enquanto as iniciativas tˆm se concentrado no Senegal, mas a inten‡Æo ‚ ampliar esse benef¡cio tamb‚m para a Mauritƒnia, consolidando o Dakar nÆo apenas como o mais famoso rali do mundo, mas tamb‚m como um importante aliado no combate … mis‚ria da regiÆo.

Confira alguns n£meros das a‡äes sociais:
. 271.000 pessoas atendidas pelos projetos
. 209 reser vat¢rios constru¡dos
. 31.700  rvores salvas
. 1.023 acres de  reas rurais preservadas
. 129.000  rvores plantadas
. 53.000 pessoas tiveram aulas sobre a preserva‡Æo do meio ambiente
. 210 centros de adubos constru¡dos
. 90 latrinas constru¡das
. 3.300 fam¡lias beneficiadas com a reciclagem de lixo

Passagem do Rally Dakar traz benef¡cios para a regiÆo – Exposi‡Æo gigantesca na m¡dia do mundo ‚ o que mais traz benef¡cios

Al‚m das a‡äes sociais promovidas pela organiza‡Æo do rali em parceria com a ONG francesa SOS Sahel, a pr¢pria passagem da prova ‚ ben‚fica para as regiäes escolhidas. “Os governos locais pedem para que suas cidades sejam inclu¡das no roteiro, sempre ‚ assim”, afirma o piloto Klever Kolberg, da Equipe Petrobras Lubrax, que tem 20 anos de experiˆncia na competi‡Æo.

O benef¡cio mais forte ‚ a exposi‡Æo natural em toda a m¡dia mundial que cada regiÆo visitada ganha. Em 2006 foram nada menos do que 550 jornalistas que geraram 580 horas de programa‡Æo televisiva para 178 pa¡ses -fora a cobertura de r dios, sites, jornais e revistas. O valor de uma cobertura desse porte ‚ incalcul vel, e traz benef¡cios como fomento do turismo, a ajuda na implanta‡Æo de novos programas sociais e em atra‡Æo de investimentos de organismos internacionais.

Em 2007, por exemplo, o Dakar volta a Timbuctu, no Mali, cidade que ‚ considerada patrim“nio hist¢rico da humanidade pela Unesco e figura como uma das 21 finalistas da vota‡Æo mundial que eleger  as oito maravilhas do mundo moderno. Com a exposi‡Æo na m¡dia mundial assegurada pelas centenas de jornalistas que acompanham a competi‡Æo, Timbuctu tem tudo para atrair ainda mai s turistas. Isso, ‚ claro, traz dinheiro novo … regiÆo, hoje uma das mais pobres do planeta segundo a lista de IDH (Öndice de Desenvolvimento Humano) da ONU.

H  ainda alguns benef¡cios diretos e imediatos como, por exemplo, os m‚dicos que acompanham o Rally Dakar, que prestam atendimento … popula‡Æo local. E parte dos suprimentos usados pelo staff e pelos participantes da prova, como pÆo,  gua e combust¡vel, tamb‚m ‚ comprado nos lugares por onde a caravana passa. Mais: todo com‚rcio local, especialmente os servi‡os, sÆo aquecidos nÆo apenas no dia da prova, mas tamb‚m nas semanas anteriores –pelo staff e interessados em ver a passagem dos ve¡culos.

Enfim, al‚m da oportunidade de assistir ao vivo e de pertinho o mais famoso e dif¡cil rali da hist¢ria, as popula‡äes locais ainda tˆm uma s‚rie de ganhos fortes, diretos e indiretos, com a passagem de toda a caravana do Rally Dakar. NÆo … toa, como salientou Kolberg, os governos disputam a primazia de estar no roteiro.