aisa9_abre-1024x768

AISA9 é o APP do motociclista

AISA9_logoImagine ter no seu smartphone em tempo real e totalmente grátis informações sobre buracos nas vias, ocorrências de trânsito e que ao mesmo tempo pode acionar o resgate em caso de acidente com você e sua moto. E mais, pelo mesmo aplicativo, somar pontos e ganhar prêmios por bom comportamento no trânsito. Achou legal? Então você precisa conhecer o AISA9.

Para os motociclistas que rodam na região da grande São Paulo, essa facilidade já está disponível. O AISA9 (Aplicativo Integrado de Segurança Automotiva) é um APP voltado exclusivamente a motociclistas cujos objetivos circulam entre a educação, a prevenção e a segurança para a chamada mobilidade urbana. “Não resta dúvida que a motocicleta é o veículo mais ágil e rápido quando se fala de mobilidade urbana, mas é também o mais discriminado e o que mais faz vítimas no trânsito”, fala Sergio Biancardi, CEO do AISA9.

A exemplo de outros aplicativos do mesmo gênero, quem atualiza as informações sobre buracos e acidentes nas vias são os próprios usuários. No entanto, além de ser voltado exclusivamente a motociclistas, a boa conduta com a motocicleta no dia-a-dia dá pontos ao motociclista que podem se transformar em prêmios, mantendo um ranking que é separado por categorias de motociclistas e premiando de tempos em tempos com capacetes, roupas, calçados e até uma moto zero km.

Aplicativo é atualizado pelos próprios usuários

Aplicativo é atualizado pelos próprios usuários

Inédito no País, o APP integra numa mesma plataforma a rede de atendimento de emergência, dando mais eficiência em termos de pronto atendimento a um motociclista acidentado na capital paulista, já que o sistema interliga as unidades de atendimento de emergência, COPOM (Central de Operações Policias Militares), CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a rede hospitalar da cidade. “A Prefeitura de São Paulo e todos os órgãos ligados ao tema já conhecem e validaram o aplicativo”, informa Biancardi.

Apesar dessa integração com o serviço público, o AISA9 é uma espécie de parceria público-privada, já que não há custos para o serviço público e todo o desenvolvimento e operação da ferramenta é bancado pela iniciativa privada, como a Microsoft, por exemplo, que apoia o AISA9 com infra-estrutura. Do lado da Prefeitura de São Paulo, o secretários de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, e de Tecnologia, Daniel Annemberg, abraçaram o projeto. “A tecnologia que ajuda a gestão pública na questão da mobilidade urbana é muito bem-vinda”, afirma Annemberg.

Cada usuário mantém ativo a pontuação para poder concorrer aos prêmios por bom comportamento no trânsito

Cada usuário mantém ativo a pontuação para poder concorrer aos prêmios por bom comportamento no trânsito

Olho na tela? Não!

Uma das preocupações de Biancardi foi não estimular no motociclista um comportamento que o coloque em risco, como ficar o tempo todo desviando o olhar do trânsito para olhar a tela do celular enquanto pilota. Por isso a atualização pelos usuários do AISA9 só pode ser realizada quando a moto está parada e os alertas sobre buracos e problemas na via adiante são recebidos através de sinais vibratórios no celular. “Trata-se de rede colaborativa, onde a participação dos motociclistas profissionais e usuários comuns é fundamental para atualização; em resumo, estão todos cuidando do trânsito, contribuindo para uma maior mobilidade e, consequentemente, para que tenhamos todos vias mais seguras”, diz o CEO da AISA9.

E ao mesmo tempo que o motociclista está usando o APP, ele está acumulando pontos pelo seu bom comportamento, como trafegar na velocidade regulamentar da via, não realizar manobras perigosas e ilegais ou trafegar com prudência nos corredores entre os carros. “Por meio dos dados atualizados que a plataforma possui, sabe-se que uma via está congestionada e que a velocidade média em determinado trecho é baixa e, portanto, para o motociclista, o limite de velocidade no corredor desta via deve ser compatível com a do tráfego dos carros”, explica Biancardi.

AISA9: Integração com o socorro e hospitais

Tela principal do APP AISA9

Tela principal do APP AISA9

Uma das bases principais do AISA9 é antecipar informações aos socorristas e diminuir o tempo para que o motociclista acidentado receba o primeiro atendimento e chegue rápido a um hospital que tenha condições de atender. Por meio da localização da vítima pelo socorrista no aplicativo, o profissional da área da saúde pode acessar dados sobre o paciente, como por exemplo, tipo sanguíneo e também enviar um alerta ao parente, dois dados obrigatórios indicados no cadastro do motociclista no aplicativo.

Além disso, o APP já tem desenvolvidos vários módulos adicionais para os socorristas utilizarem, como a possibilidade de transmissão direta das imagens da ambulância para o hospital, o registro das condições encontradas na via no primeiro atendimento, reunindo mais dados sobre as causas desses acidente, entre outras novas funcionalidades. “Essa agilidade no fluxo das informações oferecerá uma redução de gastos com atendimento emergencial, remoções e custas hospitalares, além de ajudar a salvar vidas”, fala Biancardi.

Honda 160 Fan para o piloto exemplar

Para comemorar o lançamento do AISA9, seus criadores vão premiar o motociclista usuário do APP com a melhor conduta no trânsito de São Paulo com uma moto zero km – uma Honda 160 FAN. O game interativo acontecerá durante 40 dias –  entre 1º de outubro e 10 de novembro. O resultado oficial será divulgado durante o Salão Duas Rodas, que acontece no São Paulo Expo (SP), entre 14 e 19 de novembro. Além disso, o AISA9 também premiará – com equipamentos de segurança (capacetes e jaquetas, por exemplo) – o piloto que adotar boas práticas ao guidão e também mantiver as boas condições de uso e de segurança de seu veículo.

Para participar, o motociclista precisa baixar o aplicativo que já está disponível para download na plataforma Android, com todas as portas de integração na área de socorro prontas para o início da implementação dos módulos. Depois, ele deve preencher os dados e rodar de forma segura pelas ruas de São Paulo. A versão para iPhone iOS será lançada em breve, segundo Biancardi.

Aline Savarese com sua Inazuma: uma das primeiras usuárias do AISA9 aprovou o aplicativo

Aline Savarese com sua Inazuma: uma das primeiras usuárias do AISA9 aprovou o aplicativo

Totalmente gratuito, o criador do AISA9 espera que seu aplicativo tenha 500 mil usuários até o final de 2018 na região da Grande São Paulo. “Viemos até aqui com um grupo pequeno de usuários para podermos desenvolver a ferramenta e testar suas funcionalidades. Agora queremos ajudar com informações e estimular a condução defensiva por motociclistas para uma melhor mobilidade urbana”, finaliza Biancardi, já antecipando que a ideia é expandir a presença do AISA9 para outras regiões urbanas do Brasil.

AISA9, resumo

  • Inédito, o AISA9 atua na prevenção e redução de aciden­tes;
  • Reconhece e premia os bons pilotos atr­avés do aplicativo;
  • Basta criar um per­fil, ativar a pon­tuação na tela e pilotar;
  • Atua diretamente na área de educação e comportamento no tr­ânsito;
  • Disponibiliza info­rmações de conduta segura e pontos pelo aprendizado do pilot­o;
  • Gera pontos e prem­ia com base em todas as ações de conduta segura e maneira de pilotar;
  • Analisa os riscos de acidentes e infor­ma os pilotos em tem­po real;
  • Permite inserção de situações de risco relacionadas a infraestrutura para cor­reções necessárias;
  • Em caso de acident­e, alerta o Tipo de Sangue e Recomendaç­ões médicas referent­es ao piloto.
  • Avisa as pessoas cadastradas no perfil como telefone de em­ergência, caso piloto sofra um acidente;
  • Em desenvolvimento: interface entre socorristas e médicos, para adiantar informações até a vítima chegar ao hospital.

Apoiadores: Microsoft, AEA (Associação de Engenharia Automotiva), Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego), Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores Motonetas, Bicicletas e Similares), FMC (Federação Paulista de Moto Clubes), MBM (Movimento Brasileiro de Motociclistas).

Colaboração da Agência INFOMOTO

Separador_2

 



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.