Foto: Casey Ducati - Bitenca

Ajuste Sag com garupa, XTZ250X de SM para trilha, não me culpe

Foto: Casey Ducati - Bitenca

Foto: Casey Ducati - Bitenca

Olá amigos do Motonline. Referente ao Sag da suspensão, como deve ser feita no caso de uma moto Trail utilizada para viagens, que as vezes é utilizada com garupa e as vezes sem garupa ? Lucas, 22, Birigui, SP

R: Lucas, o ajuste do sag se faz sem garupa, o peso adicional sempre vai prejudicar a dirigibilidade, você reparou que a tocada com garupa é completamente diferente não é? Pois bem, o ajuste do sag também fica comprometido, normalmente até a metade do curso. Mas não se preocupe em encontrar um ajuste, trate essa situação como uma exceção e a tocada também. Procure a maior sintonia possível com seu garupa e limite a velocidade para um patamar compatível com as reações dos dois, que deve ser a mais coordenada e simultânea possível. No caso de ser muito frequente a garupa, regule o Sag para 20% do curso, valor mínimo para um compromisso entre as duas situações.Abraços,

Fala Bitenca, tudo bem? Rapaz, o site é bom demais. Visito todos os dias para ver suas respostas às cartas dos leitores, pois adquiro bastente conhecimento teórico nas mais diversas dúvidas. Parabéns pelo excelente trabalho. Seguinte, sou dono de uma XTZ250X e a moto é muito legal. Fui para Monte Verde no feriadão e lá tem umas estradas de terra para um rápido passeio. Percebi que essa moto, devido aos pneus para rua, não era a coisa mais indicada para andar na terra e logo aluguei uma Tornado com pneus de cravo para tentar algo mais ousado. Não é que eu fiquei fascinado com ela? Rapaz, quanta diferença! Adorei as trilhas, brinquei o dia todo até ficar com os braços doloridos, me fascinei por esse mundo até então desconhecido! Só ficou a frustração por minha Lander não ter a mesma desenvoltura na terra. Pois bem, as diferenças básicas entre a lander “normal” e a motard são o ângulo do caster, a calibração das suspensões e o tamanho das rodas. Pergunto: se eu trocar somente os pneus e rodas pelas medidas da lander orignal e meter um pneu de cravo, coloco em risco minha segurança? Quero preparar a moto para trilhas leves, sem saltos e sem competição, somente diversão e muito de vez em quando. É jogo? Outra pergunta, as certificações fornecidas pelo DOT, CE e Snell, como elas se comparam aos testes do Inmetro? Seria interessante um artigo a respeito dessas certificações e uma comparação entre si, pois as normas européias e americanas são claras, mas as do Inmetro não. Afinal, em que patamar se encontram as normas brasileiras? Acho que nenhuma revista especializada fez um artigo do gênero. Obrigado!! Agradeço por compartilhar seu conhecimento e experiência com nós, jovens. Eric, 27, Guarulhos, SP

Foto: Ducati 999 - Bitenca

Foto: Ducati 999 - Bitenca

R: Obrigado Eric, As diferenças são poucas, o chassis é igual, apenas diferem as rodas e relação final, a X tem coroa com dois dentes a menos. Com as rodas e relação da Lander a sua XTZ250X vai ficar com as mesmas características da trail. Ajuste a suspensão para seu uso como explicado no artigo técnico do Sag. Veja a situação dos paralamas, pode ser conveiente trocá-los. Piscas e lanternas retiram-se para que não causem problemas, para aliviar o peso e não riscar. Coloque os pneus biscoito e boas trilhas. As normas do Inmetro seguem as especificações internacionais, similares às DOT, CE, e Snell. As características podem ser verificadas pelo manual da norma, disponível no próprio Inmetro. Abraços

Olá. preciso de uma ajuda profissional. estou tirando habilitação para comprar uma moto, será minha primeira. sempre andei de bike, fazia trilha essas coisas, desde muleke e agora quero uma moto. Tenho 1.94 de altura e queria uma moto confortável, por causa da coluna, para andar na cidade e para viagens nos finais de semana, não para trabalho. queria algo em torno de 30.000. o que vcs me indicam, pois cada vendedor e dono de moto puxa a sardinha para o seu lado. por favor, me indiquem uma boa moto. Obrigado. Júnior, 29, Barra Mansa, RJ

R: Caro Junior, para não puxar a sardinha para lado nenhum ficamos lhe devendo essa, e pense bem: Como podemos julgar pelas suas necessidades, sonhos e possibilidades? Analise com cuidado as opções e decida por si mesmo. Assim a “culpa” vai ser toda sua. Recomendamos sim, um treinamento em pilotagem com segurança pois para o iniciante os riscos são bem mais altos. Use o melhor e mais completo equipamento de segurança possível e boa sorte,