Álcool leva Inflação do Carro a 2,3% no ano

Em apenas dois meses a Inflação do Carro da Agência AutoInforme atingiu 2,3%, com alta em fevereiro de 1,44%. O alto índice, no entanto, não é resultado de aumento generalizado do custo para o motorista manter o carro e fazer a manutenção preventiva, mas sim uma distorção do preço do álcool, que ocorre no fim e no início de cada ano.

A partir de março, e até agosto, a inflação perde a força, ás vezes registrando deflação. A grande influência do álcool na composição do índice é em razão da participação do combustível na cesta de produtos e serviços, que é de 31,4%.

O alinhamento de direção e o estacionamento por duas horas foram os itens que mais subiram de preço em fevereiro depois do álcool. Esses dois itens são responsáveis também pelas maiores altas no ano: 4,58% e 2,52% no acumulado janeiro e fevereiro, respectivamente.