Alexandre Barros sofre cirurgia na mão

Ap¢s tirar mais uma radiografia da mÆo direita, fraturada no inexplic vel acidente causado por Yukio Kagayama durante o warm up para o GP da GrÆ-Bretanha e aconselhado por amigos que j  tiveram o mesmo tipo de problema, Alexandre Barros decidiu passar por uma cirurgia na ter‡a-feira passada.

Ao retornar a Barcelona, na segunda-feira passada, Alex consultou um m‚dico espanhol especialista nesse tipo de fratura, o Dr Mir, o qual j  havia feito cirurgias em Alex Crivill‚, Alberto Puig e Toni Elias. Ao tirar uma nova radiografia ficou constatado que o osso fragmentado havia novamente sa¡do da posi‡Æo, podendo, entre outras conseqˆncias, restringir alguns movimentos dessa mÆo em definitivo. A vontade de Barros era de se recuperar o mais rapidamente poss¡vel, para poder competir na pr¢xima corrida, o GP da Alemanha, na pista de Sachsenring, dia 27 de julho. Mas mesmo que nÆo fosse por essa razÆo, a mÆo do piloto teria que ser operada de qualquer forma, para que o piloto nÆo passasse a ter restri‡äes de movimentos na mÆo e no pulso.

A cirurgia foi feita na Clinica Dexeus em Barcelona e teve pleno sucesso. Para corrigir a fratura foram colocados sete parafusos e uma placa de titƒnio no quinto metacarpo do dedo mindinho. Na verdade a parte fraturada do osso estava no centro da mÆo, razÆo pela qual a dor era tÆo intensa. Para a corre‡Æo do posicionamento e a instala‡Æo das pe‡as prot‚ticas, foi feito um corte de cerca de sete cent¡metros no lado esquerdo da face externa da mÆo, quase na lateral. A inser‡Æo nÆo chegou a altura do pulso, o que poderia limitar a movimenta‡Æo por mais de um mˆs. Com isso, existem chances de Alexandre Barros poder participar do Grande Prˆmio da Alemanha. A decisÆo final ser  tomada na pr¢xima ter‡a-feira, dia 22, ap¢s nova consulta com o Dr Mir.