Foto: Jean Azevedo e sua KTM 525 durante o pr¢logo

Alto grau de dificuldade marca a primeira etapa do Sertões

Foto: Jean Azevedo e sua KTM 525 durante o pr¢logo

Foto: Jean Azevedo e sua KTM 525 durante o pr¢logo

Mina‡u (GO) – Logo na primeira etapa do Rally dos Sertäes, realizada nesta quinta-feira (09/08), os competidores sentiram que a edi‡Æo hist¢rica da prova nÆo ser  nada f cil.

A especial – trecho cronometrado – de 334 quil“metros teve como caracter¡sticas muitas subidas e descidas, al‚m de trechos de trial.

“Posso afirmar que esta foi a etapa mais dif¡cil da minha vida. Como no ano passado a minha primeira especial foi uma das mais complicadas e consegui a vit¢ria no final do rali, espero que o mesmo aconte‡a este ano”, resumiu JoÆo Franciosi, piloto do carro da Equipe Petrobras Lubrax. A dupla Franciosi/Bampi terminou a etapa na segunda posi‡Æo, atr s de Mauricio Neves/Cl‚cio Maestrelli. Reinaldo Varela e o navegador Marcos Macedo ficaram com o terceiro melhor tempo.

Na categoria Motos, os pilotos estrangeiros dominaram as melhores coloca‡äes. O francˆs David Casteau chegou em primeiro, ap¢s cinco horas e 14 minutos. Na segunda posi‡Æo, com uma diferen‡a de dez minutos, ficou o chileno Francisco Lopez. E em terceiro o francˆs Cyril Despres, atual vencedor do Rally Dakar, com cinco horas e 25 minutos.

Jean Azevedo nÆo teve sorte nesta primeira etapa do rali. O piloto da KTM da Equipe Petrobras Lubrax estava ganhando a especial quando sua moto parou a 15 quil“metros do final. “Infelizmente a pe‡a que gera a corrente el‚trica do motor apresentou uma falha e parou de funcionar. Desmontei a moto e achei o problema mas nÆo tinha como consertar. Ap¢s uma hora e meia parado encontrei o piloto Rodolfo Matheis que emprestou a pe‡a para ser substitu¡da”, explica Jean.

“A etapa foi tÆo dura como as do Dakar quando passamos pelo Marrocos”, afirmou Andr‚. Nos resultados extra-oficiais, o caminhÆo da Petrobras Lubrax est  na 7¦ coloca‡Æo do dia. Segundo Andr‚, faltando 25 quil“metros para o t‚rmino da especial, a ponte por onde passavam cedeu e o Mercedes-Benz Atego ficou preso em um buraco.

“Ficamos presos aproximadamente duas horas e meia quando fomos rebocamos pelo caminhÆo do piloto Felicio Bragante. Apesar desse problema, continuamos na competi‡Æo”, conclui.

A organiza‡Æo da prova diminuiu o tamanho da especial para a categoria Caminhäes. Os competidores dos peso-pesados tiveram que percorrer 197,6 quil“metros, ao inv‚s dos 334 em que passaram as motos e os carros.

Resultados extra-oficiais de hoje (08.08):
Moto
1§ David Casteou – 5h14min;
2§ Francisco Lopez – 5h24min;
3§ Cyril Despres – 5h25min;
28§ Jean Azevedo – 6h38min.

Carro
1) Mauricio Neves / Cl‚cio Maestrelli – 3h30min;
2) JoÆo Ant“nio Franciosi / Eduardo Bampi – 3h33min;
3) Reinaldo Varela / Marcos Macedo – 3h39min.

CaminhÆo
1§ Edu Piano/Solon Mendes/Davi Fonseca -4h 58min;
2§ Guido Salvini/Fernando Chwaigert/Weidener Moreira – 5h07min;
3§ Amable Barrasa/Raphael Bettoni/Jos‚ Papacena – 5h20min;
4§ Felicio Bragante/Ricardo Costa/Nelson Junior – 6h22min
5§ Ricardo Domingues/Fausto Dellape/Henrique Oliveira – 6h27min;
6§ Ricardo Campos/Josu‚ Paniago/Liliane Silva – 6h33min;
7§ Andr‚ Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto – 6h41min.

Veja como ser  a etapa de amanhÆ:
10/8 – Mina‡u (GO)/Palmas (TO)
Total do dia: 683 km
Deslocamento inicial: 20 km
Especial: 392 km
Deslocamento final: 271 km

Os primeiros 150 km, em locais de serra e sem  reas de escape, tˆm bastante poeira. Algumas estradas sÆo pouco utilizadas, o que vai exigir bastante t‚cnica em navega‡Æo e uma dose de cautela dos participantes.