Foto: Simon comemora o título ao lado de seu mecânico

Americano Scott Simon é campeão brasileiro de motocross MX1 e MX2

Foto: Simon comemora o título ao lado de seu mecânico

Foto: Simon comemora o título ao lado de seu mecânico

O americano Scott Simon (Pro Tork) conquistou neste domingo, em Guará/DF, tudo o que podia no Pro Tork Brasileiro de Motocross 2010. Com um quinto lugar na MX2 e uma vitória na MX1, Scott garantiu os títulos antecipados das duas principais categorias do esporte no Brasil.

A etapa deste domingo, válida pela 7ª etapa do campeonato, teve também o título de Carlos Eduardo Franco (Pro Tork) na categoria 230cc, além das vitórias de Marcello “Ratinho” Lima (Vaz/Kawasaki/Rinaldi) na MX2, Milton “Chumbinho” Becker (Pro Tork) na MX3, José Brayan Soares (Kaiani/Dipil/Lavizoo) na 65cc, e João Pedro Pinho (Brasil Racing/Fly/Dragon) na 85cc.

– Estou muito feliz. Ganhar um campeonato nunca é fácil. Trabalhei forte e treinei muito o ano inteiro justamente para alcançar esse objetivo. Agradeço o apoio de todos e principalmente dos meus patrocinadores. Estou realmente feliz com esta conquista – afirmou Scott, após a prova.

Devido à forte chuva que caiu desde a madrugada, foram cancelados os treinos da manhã. A primeira categoria a entrar na pista foi a MX3, que teve belas disputas. A vitória ficou com o catarinense Milton “Chumbinho” Becker, que fizera a pole na véspera. Esta foi a segunda vitória consecutiva de Chumbinho, desde que retornou ao Brasileiro de 2010 devido a uma contusão no meio do ano. O mineiro Nielsen Bueno (Suzuki) foi o segundo, com o líder do campeonato, o paranaense Davis Guimarães (Pro Tork), em terceiro. Com a 10ª posição de Nico Rocha, garantindo 11 pontos na classificação geral, a decisão do título acontecerá apenas na última etapa, em Siqueira Campos.

Na 65cc, a briga pelas primeiras colocações foi intensa, mas quem cruzou a linha de chegada na frente foi José Brayan Padilha (Kaiani/Dipil/Lavizoo). Foi a primeira vitória de José Brayan no Pro Tork MX 2010. Após receber a bandeirada, o jovem piloto desceu da moto e comemorou bastante com o público nas arquibancadas da Pista do Cave. A segunda colocação foi de Daniel Reichhardt (Pro Moto), com Enzo Lopes (Pirelli/Freeday/Answer) em terceiro. Ainda líder do campeonato, Kioman Munhoz foi o quinto colocado.

Dono do melhor tempo no treino classificatório de sábado, o venezuelano Humberto Martin (Pro Tork/Rinaldi/Flash Power) fez o holeshot na largada da categoria MX2, mas não conseguiu se manter na ponta. A vitória ficou com o paulista Marcello “Ratinho” Lima (Vaz/Kawasaki/Rinaldi), que impôs ritmo forte até receber a bandeirada, fazendo dobradinha com seu irmão Eduardo “Dudu” Lima (Vaz/Kawasaki/Rinaldi). Humberto Martin foi o terceiro colocado, com o gaúcho Marçal Muller (American Cross/Spy/MSR/Pro Race) em quarto.

Outro campeão brasileiro que saiu em Brasília foi Carlos Eduardo Mendes Franco. O piloto da equipe Pro Tork conquistou sua sétima vitória consecutiva no campeonato e faturou o título do Pro Tork Brasileiro de Motocross por antecipação na categoria 230cc. Wolney Ferreira (Rapozão Racing) foi o segundo, com Ismael Rojas (Conti Bier/TCM/IMS) em terceiro.

Na 85cc, com o título já nas mãos de Anderson Amaral (2B Duracell), a disputa foi forte entre os demais pilotos. A vitória foi de João Pedro Pinho, seguido por Hallex Dalfovo (Pro Tork) e Lucas Fernando Boettcher (Pref. de Três Ranchos). Lucas é sobrinho de Roberto Boettcher, campeão brasileiro de motocross na década de 70.

Fechando o dia, entraram na pista os pilotos da categoria MX1. Vencedor na MX3, Milton “Chumbinho” Becker largou muito bem e fez o holeshot, mas acabou perdendo o equilíbrio após o salto da primeira mesa e foi para a última posição. Marcello “Ratinho” travou um grande duelo com Scott Simon, que acabou conquistando a liderança, a vitória e o título. Ratinho foi o segundo, com “Dudu” Lima em terceiro, Duda Parise (Sananduva/Brasil Racing/TBT/Dash) em quarto, e Humberto Martin em quinto.

A próxima etapa do Pro Tork Brasileiro de Motocross acontece no Centro de Treinamento da Pro Tork, nos dias 27 e 28 de novembro, na cidade de Siqueira Campos/PR.