Dois numa moto: infrator, julgado e condenado

Andar com garupa poderá ser proibido em São Paulo

Dois numa moto: infrator, julgado e condenado

Dois numa moto: infrator, julgado e condenado

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou ontem, 22/11, terça-feira, o projeto de lei do deputado Jooji Hato (PMDB), que proíbe garupas em motocicletas nos dias úteis da semana (segunda a sexta-feira). A mesma lei obriga o uso de capacetes e coletes com o número da placa da motocicleta afixado na parte de trás, em cor fluorescente.

Para vigorar, a lei necessita da sanção do do governador Geraldo Alckmin. Se isso ocorrer, ela passará a vigorar nas cidades do estado de São Paulo com mais de 1 milhão de habitantes. A multa pelo descumprimento desta lei será de R$ 130,00. Dentre os argumentos para aprovar a nova lei, está reduzir acidentes com motocicletas e impedir assaltos realizados por duplas criminosas em motocicletas.

OPINIÃO

Diante da incapacidade do poder público de oferecer segurança para a população e combater os crimes, penaliza-se o cidadão comum, honesto e trabalhador, que decidiu usar a motocicleta porque o transporte público é precário. Os nobres deputados esqueceram de proibir também mais de duas pessoas em carros, pois podem ser quadrilhas se preparando para assaltar bancos. E precisam também avisar aos bandidos para que eles cumpram a nova lei!!!

Obs.: Você pode opinar no final deste editorial clicando em “comentários” ou no Fórum Motonline.