abx5077_lp_070811-2

Aos nove anos, Dadalzinho conquista primeiro grande título da carreira no Arena Cross

Carlos Sousa "Dadalzinho", piloto da categoria 50cc no Arena Cross

Carlos Sousa "Dadalzinho", piloto da categoria 50cc no Arena Cross

SÃO PAULO (SP) – Com apenas nove anos, Carlos Eduardo Sousa (#77), o “Dadalzinho”, conquistou o primeiro título de expressão nacional com o Arena Cross 2011 na 50cc. O pequeno piloto do município de Cristiano Otoni (MG) fez um campeonato impecável, com cinco vitórias em cinco provas disputadas, obtendo a pontuação máxima (100 pontos) da categoria.

Resultado que veio após longo período de treinamento combinado ao apoio e incentivo da família. “Fiquei muito feliz de vencer o Arena Cross. Nunca havia sido campeão de um campeonato nacional. Foi um ano muito legal”, diz o garoto.

Dadalzinho é apaixonado por motocross desde os dois anos, quando acompanhava o pai, Eduardo Nascimento, pelas trilhas da cidade onde morava. “Quando podia o levava comigo. Ele adorava. Com quatro anos comprei um modelo menor pra ele. Foi a primeira moto e isso o deixou desconfiado no começo. Passou uma semana olhando pra ela, mas quando subiu para andar, acelerou e não parou mais”, conta bem humorado, o pai do menino.

O jovem mineiro teve uma evolução rápida sobre duas rodas. Chegou a participar de campeonatos regionais até conquistar o título mineiro em 2010. Aos poucos os treinos foram intensificados e o preparo para disputar as competições aprimorado. “É impressionante como ele pega rápido as dicas. Quando você treina uma criança é preciso paciência para repetir a instrução, pois eles demoram um pouco mais para armazenar a informação e entender onde erraram. Com meu filho é diferente. Quando comete um erro, ele já percebe onde foi, encosta a moto e balança a cabeça negativamente. É o jeito dele”, declara Eduardo Nascimento.

Nem só de glórias vive o piloto. No ano passado, enfrentou uma situação complicada com a morte de seu amigo João Bosco Neto, o “Netinho”, em um acidente de carro a caminho de uma corrida. “Gostava muito dele e fiquei triste”, lembra o competidor.

O fato não interferiu na carreira de Dadalzinho. Em 2011, o mineiro foi o grande destaque com vitórias inesquecíveis em Ribeirão Preto (SP), Brasília (DF), Penha (SC), Londrina (PR) e São José do Rio Preto (SP). “Quero vencer muitas corridas e ser um piloto vencedor. Sonho disputar um campeonato mundial”, completa.

O Arena Cross tem patrocínio da Honda, Mobil e Santander Financiamentos, co-patrocínio Pirelli, Red Nose e Consórcio Nacional Honda, e apoio da revista da Moto!