Apaixonados por Hayabusas

Apaixonados por Hayabusas

Apaixonados por Hayabusas

Aconteceu neste £ltimo domingo, 07/10, o “2ø Encontro Club Member G¢dzuki Hayabusa”, o qual foi realizado no “Moto Bar Quartel General”, na Av. Brasil em Porto Alegre/RS.

O evento foi promovido pela G¢dzuki Motos, concession ria Suzuki de Porto Alegre, com a organiza‡Æo de S‚rgio Luiz Toso, conhecido no meio motocicl¡stico como “Mr. Hayabusa”, por j  ter sido propriet rio de mais de 14 destas motocicletas ao longo dos £ltimo oito anos. Por curiosidade, uma das motos do “Mr. Hayabusa”, no “SalÆo de Motos de 2006″ venceu o concurso de maior velocidade final e maior potˆncia, entre v rios diferentes modelos e marcas de motos, que foi realizado com a avalia‡Æo de um dinam“metro.

O “Club Member G¢dzuki Hayabusa” tem como objetivo reunir os seletos propriet rios desta moto que, em Porto Alegre, somam 60 motociclistas. A integra‡Æo ‚ anual, com o apoio de diversos patrocinadores, tais como G¢dzuki, Motul, Mototec e ACS, e oferece um delicioso churrasco ga£cho, brindes e caf‚ da tarde para os participantes.

Ap¢s a confraterniza‡Æo, as 18 motos presentes neste ano se deslocaram pelas pra‡as mais importantes da cidade em uma leg¡tima “motociata”.

Durante o segundo encontro do “Club Member G¢dzuki Hayabusa” foi criada a “Confraria da Hayabusa”, que se reunir  mensalmente. Quem quiser participar pode entrar em contato atrav‚s do e-mail: confrariadahayabusa@hotmail.com
A cobertura fotogr fica completa do evento pode ser conferida pelo link http://www.queb.com.br/galeria.php?id=1192

Foto: Mr. Hayabusa

Foto: Mr. Hayabusa

S‚rgio Luiz Toso, o “Mr. Hayabusa” – Uma paixÆo de primeira vista, foi assim que h  oito anos atr s come‡ou um amor incondicional para o “Mr. Hayabusa”. Mas ele nÆo ‚ o £nico, tem alguns motociclistas mais extremados que inclusive tatuam o logotipo da moto em seus corpos e outros fazem questÆo que a placa de suas possantes m quinas tenha o n£mero 1300 (a cilindrada da Hayabusa) como registro.
“Tenho Hayabusa desde 1999 e, nestes oito anos, j  foram de minha propriedade 14 motos deste modelo, sendo que, ao mesmo tempo, j  tive quatro diferentes. Hoje tenho duas. O que mais adoro nela ‚ a potˆncia e a velocidade. Posso dizer que conhe‡o as Hayabusas de Porto Alegre tal qual um apreciador de vinhos. Consigo identificar ano, caracter¡sticas e quem ‚ (ou foi) seu propriet rio.”, orgulhosamente afirma Toso, o “Mr. Hayabusa”.
A prop¢sito, o “Mr. Hayabusa” nÆo s¢ admira este modelo de moto como chega a rodar mensalmente 1.400km em cima das suas.