20110509084103[1]

Apesar do tempo instável, Granado fica entre os três primeiros na Catalunya

"Nunca havia andado com a minha moto na Catalunya e pude sentir o traçado”, disse Granado

"Nunca havia andado com a minha moto na Catalunya e pude sentir o traçado”, disse Granado

Treinando forte para a terceira etapa do Campeonato Espanhol de Motovelocidade (CEV-Buckler), Eric Granado participou dos treinos coletivos nessa quarta e quinta-feira, 8 e 9, no Circuito da Catalunya, em Montmeló. No primeiro dia, mesmo com condições climáticas adversas – ora com períodos chuvosos, ora com períodos secos – o brasileiro manteve a regularidade e terminou entre os três melhores pilotos que participaram.

“O tempo não ajudou muito na quarta, a chuva ia e voltava. Consegui dar, no máximo, 20 voltas no circuito. Como nunca havia andado com a minha moto na Catalunya, pelo menos pude sentir o traçado”, disse ainda do aeroporto de Barcelona, já retornando ao Brasil.

Segundo Julián Miralles, chefe da MIR Racing – equipe de Granado – ao contrário da quarta, na quinta-feira, o tempo colaborou. “Não choveu, nem ventou, não estava quente, nem frio. Fizemos alguns acertos na moto, modificamos chassi e testamos a suspensão”, explicou Miralles. Ainda de acordo com o chefe de equipe da MIR Racing, o brasileiro está cada dia melhor. “Eric volta mais forte para o Brasil. Ele ainda sente dores no ombro, mas está fazendo tratamento com gelo e está quase 100%”, completou. A etapa da Catalunya será no próximo dia 19.

Parabéns, Eric!
Logo após os treinos, Granado deixou o Circuito da Catalunya rumo ao aeroporto de Barcelona para voltar ao Brasil. É que hoje, sexta-feira, 10 de junho, o jovem completa 15 anos. Nos dias 11, 12 e 13, o brasileiro treina no Brasil e, no dia 14, viaja em definitivo para o Velho Mundo, para a disputa do CEV-Buckler.

A cada dia um novo aprendizado
Apesar das dificuldades que o piloto enfrenta para treinar, em função da rotina de viagens entre o Brasil e a Espanha, da falta de pistas adequadas para correr quando está em seu país e da inexperiência nas pistas da Europa, onde são realizadas as provas do Campeonato Espanhol, o jovem piloto não desanima. Pelo contrário, ele aproveita cada segundo em que está nos circuitos espanhóis para se dedicar integralmente aos treinos. “Quando estou na Espanha, respiro moto 24 horas por dia”, brinca o brasileiro.

E esse parece ser o melhor caminho para que Granado, em breve, realize seu maior sonho: chegar à principal categoria da motovelocidade do mundo, a MotoGP. Consciente do árduo caminho que tem pela frente, o jovem, desde os 8 anos, participa de campeonatos na Europa e, a cada dia que passa, vai se familiarizando com os circuitos do Velho Mundo. “Em 2011, tenho tido mais contato com as pistas onde são realizadas as principais corridas do Mundial”, explicou.

Para se ter uma ideia do quanto o contato com as pistas é importante para o desenvolvimento de Granado, Valentino Rossi, um dos maiores pilotos de MotoGP de todos os tempos, nove vezes campeão da categoria principal, aproveita os momentos de folga entre uma etapa e outra para se familiarizar com os traçados europeus. Em maio, por exemplo, Rossi deu 30 voltas na pista de Silverstone, na Inglaterra, onde será realizada a etapa deste fim de semana (11 e 12) da MotoGP. Também este ano, o italiano já treinou nos Circuitos de Jerez (Espanha) e de Mugello (Itália).

Granado, assim como fez Rossi, irá treinar em Mugello (Itália) e também no Circuito de Mizano, também na Itália. Eric Granado conta com patrocínios importantes: Banco Rural, Grupo Mammoet Irga, Mobil Lubrificantes, Alliance Investimentos, Capacetes Shark, Óculos Oakley, Macacões Arlen Ness, Rush Motorcycles, CPN-Natação, Luna Aerografia, TrendsMotos, SoulMoto e Alpinestar