O Arena Cross chega a Goiânia no próximo dia 7 de setembro

Arena Cross: Honda conquista dupla vitória na 2ª etapa

Os pilotos Honda garantiram vitória nas duas principais categorias da segunda etapa do Arena Cross, realizada na noite deste sábado (17), na pista montada no parque Beto Carrero World, em Penha (SC). Na categoria MX2, o português Paulo Alberto, da Equipe Honda Mobil, mais uma vez, fez prova perfeita e segue firme na liderança da categoria com 40 pontos. Também da equipe oficial Honda, Thales Vilardi terminou em terceiro e subiu para quarto na classificação geral.

O público presenciou grandes batalhas na 2ª etapa do Arena Cross

O público presenciou grandes batalhas na 2ª etapa do Arena Cross

Já na MX Pró, após eletrizantes corridas, o inglês Adam Chatfield, da Vulcano Ipiranga IMS, venceu as duas baterias e soma agora 68 pontos, os mesmos de Carlos Campano. Como o critério de desempate é o desempenho da última etapa, Adam assumiu a ponta do campeonato. O português Joaquim Rodrigues terminou a prova de Penha na segunda colocação, seguido do goiano Wellington Garcia, completando o pódio 100% Honda.

Resumo das corridas

MX PRÓ – Na primeira bateria, Adam Chatfield fez o holeshot, mas ainda na volta inicial Joaquim Rodrigues assumiu a primeira colocação. Mesmo pressionado, o português manteve a frente durante a maior parte da corrida. Com menos de dois minutos para o final, Adam conseguiu fazer a ultrapassagem e venceu a bateria. Joaquim terminou em segundo e Wellington Garcia ficou com a quarta colocação.

Na segunda corrida, novamente Adam saiu na frente e Joaquim tomou a posição. Os dois mais uma vez protagonizaram um forte duelo pela ponta, vencido pelo inglês. “Foram duas corridas bem intensas, nas quais aproveitei uns errinhos do joaquim para fazer as ultrapassagens. Estou satisfeito com o resultado e com os pontos importantes que conquistei para o campeonato”, comenta Adam. “Foi por pouco que não venci as corridas, mesmo assim estou feliz com o resultado e com a minha evolução na competição”, avalia Joaquim.

MX2 – Ótimo início de prova para Paulo Alberto que disparou na frente e venceu de ponta a ponta a bateria. Cauteloso, o português fez uma corrida perfeita e não foi ameaçado em nenhum momento. Thales Vilardi fez uma boa largada e terminou na terceira colocação. “Fiz uma corrida bastante concentrado para evitar qualquer erro. Por ser um circuito pequeno, os retardatários atrapalham um pouco, mas acredito que fiz tudo certo. Estou muito contente com meus resultados nos campeonatos aqui no Brasil e isso me motiva a vencer cada vez mais”, destaca Paulo.

Júnior – Os pilotos Honda Vitor de Almeida, da Dunas Team, e Leonardo de Souza, da LS Racing, andaram praticamente colados durante toda a corrida, na disputa pela segunda colocação. Vitor começou com uma pequena vantagem e Leonardo chegou a ultrapassá-lo, mas no final Vitor deu o troco, garantiu a posição e a manteve a vice-liderança do campeonato com 34 pontos. “Foi um bom resultado, fruto de muito treino. A competição está bem disputada e acredito que tudo está dando certo”, diz Vitor. A vitória ficou com Enzo Lopes.

65ccLeonardo Cassarotti fez boa largada, mas não manteve a dianteira. Seu xará, Leonardo Nunes, o ultrapassou e assumiu o primeiro lugar. Renan dos Santos demorou um pouco para “entrar” na prova, mas na metade já era o segundo. Com três minutos para o fim, Nunes cometeu um erro na entrada de uma curva e foi ultrapassado por Renan. O novo líder manteve a posição e venceu. “Não fiz uma boa largada, mas me recuperei. Consegui dar um ‘tiro’ no fim e ultrapassei o Nunes”, afirma Renan, que se isolou na liderança com 40 pontos.

50cc – Após confusão na largada, com queda de vários pilotos, Diogo Nascimento disparou na liderança e seguiu na frente até a vitória. “Estou muito feliz porque consegui ganhar e vou continuar treinando para as próximas”, diz o paulista, que lidera a competição com 37 pontos. O goiano Marcello Leodorico e o gaúcho Gabriel Andrigo, vencedor da primeira etapa, brigavam pelo segundo lugar. Marcello caiu na última volta e ficou com a terceira posição, deixando o segundo lugar para Gabriel, que tem o mesmo número de pontos do líder, mas perde no critério de desempate (Diogo foi o vencedor da última prova).

A próxima etapa do Arena Cross será no dia 7 de setembro, em Goiânia (GO).