Arena CrossCampeão da MX2, desafio de Leandro Silva agora é na MX1

Piloto imbat¡vel no ano passado quer repetir sucesso em nova categoria

 dif¡cil afirmar que um determinado piloto fez uma temporada perfeita no Arena Cross. Mas, se tem algu‚m de se aproxima muito desta defini‡Æo ‚ Leandro Silva (PR). O paranaense liderou toda a temporada de 2006 na categoria MX2 e praticamente nÆo deu chances para os advers rios. O t¡tulo veio com uma etapa de antecipa‡Æo, em RibeirÆo Preto.

Ningu‚m fez tantos pontos quanto ele. Foram 303 contra 218 do segundo colocado, Wellington Garcia (GO). O vencedor da MX1, por exemplo, Pipo Castro (SC), atingiu a marca de 267 pontos na temporada. Sem mencionar que a MX2 contou com uma etapa a menos que a MX2.

Das 16 baterias disputadas em 2006 Leandro Silva venceu 12 e chegou em segundo lugar em trˆs oportunidades. S¢ para ter uma id‚ia da sua superioridade, a pior coloca‡Æo foi um terceiro lugar. Com um curr¡culo como este nÆo existe outra alternativa a nÆo ser disputar a temporada deste ano na categoria MX1, a principal do Arena Cross. Depois de um per¡odo de f‚rias merecido, o piloto j  retornou aos treinamentos com a nova moto, agora uma 450cc.

Apesar das dificuldades que sabe que vai enfrentar neste ano, o piloto nÆo se assusta com o que vem pela frente. “A MX1 e um novo desafio e minha meta ‚ vencer”, garante. Leandro Silva disse estar muito satisfeito em poder disputar o Arena Cross. “A cobertura de m¡dia ‚ muito boa. Gostaria que o Campeonato Brasileiro tamb‚m fosse transmitido pela TV”, diz. Sobre as novidades da temporada, o piloto se mostrou euf¢rico. “Acredito que a inclusÆo da 80cc e o show de lan‡amento das etapas vÆo engrandecer o evento, trazendo ainda mais
p£blico para o Arena Cross”, finaliza.

Novidades – As mudan‡as come‡am pelo formato do evento, que passa a ter dois dias de dura‡Æo. A programa‡Æo come‡a na sexta-feira com a festa de lan‡amento, que vai contar com a presen‡a dos principais pilotos da categoria, imprensa e um show do grupo ABR.3, o novo sucesso do pop-rock nacional. Na pista, a principal novidade ‚ a cria‡Æo de mais uma categoria, a 80cc, destinada para competidores com idade entre 12 e 15 anos.