Artista Plástico transforma motocicleta em obra de arte

Luiz Carlos Brugnera lan‡a livro sobre £ltimos 12 anos de trabalho e apresenta mais uma moto no MusA

Diariamente, Luiz Carlos Brugnera vai ao Museu de Arte da Universidade Federal do Paran  (MusA) para trabalhar em sua obra. O detalhe ‚ que, no lugar de uma tela ou escultura, o objeto central de sua arte ‚ uma motocicleta – nÆo igual a essas que se encontram nas concession rias, mas uma pe‡a £nica, constru¡da por ele mesmo e ornamentada por tra‡os de grafite que compäem desenhos baseados principalmente na mitologia n¢rdica. O resultado surpreende pelo dom¡nio da t‚cnica feita a l pis sobre as partes met licas do ve¡culo de duas rodas, especialmente pelo alto n¡vel de detalhamento. Outras cria‡äes de Brugnera j  estiveram em importantes espa‡os dentro e fora do pa¡s e agora passa por Curitiba, onde o artista tamb‚m lan‡ar  o seu livro, uma compila‡Æo dos £ltimos 12 anos de trabalho, na pr¢xima quinta-feira (dia 18/10), …s 19 horas, no MusA.

O artista explica que Embla, nome dado a sua £ltima cria‡Æo, ‚ a primeira mulher que reinou o universo de acordo com a mitologia n¢rdica. “Muito do meu trabalho tem essa influˆncia e eu conto um pouco disso por meio das motos”, afirma Brugnera, que se interessou pelas hist¢rias mitol¢gicas quando ainda era pequeno. A obra, parte do acervo da 4¦ VentoSul – Mostra Latino-Americana de Artes Visuais, deve ser finalizada ao final da exposi‡Æo no MusA, que est  prevista para o dia 18 de novembro.

Segundo o cr¡tico de arte Fernando Cocchiarale, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, o controle e o dom¡nio t‚cnico do artista resultam em um realismo impressionante. “O dom¡nio t‚cnico do grafite permite fotografar seu imagin rio nesses desenhos, trazer … luz fragmentos de sua realidade interna que nÆo poderiam ser produzidos de outra maneira”, afirma Cocchiarale, que assina o texto do livro.

A trajet¢ria do trabalho de Luiz Carlos Brugnera, ga£cho que reside no Paran , pode ser dividida em quatro conjuntos bastante distintos – Desenho e Outros, que re£ne trabalhos em grafite sobre papel; Casa, representa‡äes tridimensionais como assoalho, rodap‚, portas de correr, azulejo, black out e colunas; Varais Micro e Macro, esculturas que remetem a fusos de reciclagem e evocam mem¢rias dom‚sticas e, finalmente, Moto, baseado nos desenhos sobre motocicleta, al‚m da pr¢pria montagem do ve¡culo. De maneira did tica e cronol¢gica, o livro de 190 p ginas traz o resumo desta trajet¢ria que sempre trata de uma mesma questÆo: a expansÆo da pr tica do desenho, tendo o grafite como a principal t‚cnica. A publica‡Æo conta com o patroc¡nio da Caixa Econ“mica Federal, Eletrobr s, Janssen-Cilag e GE Infrastructure Energy.

A 4¦ VentoSul, que tamb‚m est  no Museu de Arte Contemporƒnea do Paran , na Casa Andrade Muricy e no Memorial de Curitiba, re£ne obras de 37 artistas de sete pa¡ses da Am‚rica Latina e ir  percorrer outras quatro capitais brasileiras a partir de mar‡o do pr¢ximo ano. O projeto ‚ uma realiza‡Æo do Instituto Paranaense de Arte em parceria com a Universidade Federal do Paran , Secretaria de Estado da Cultura e Funda‡Æo Cultural de Curitiba. Conta com o apoio do Minist‚rio da Cultura e do Minist‚rio das Rela‡äes Exteriores e apoio educacional da Funda‡Æo Bradesco. Eletrobr s, Itaipu Binacional e Petrobras sÆo os patrocinadores da Mostra.

Servi‡o: Lan‡amento do livro de Luiz Carlos Brugnera / 18 de novembro de 2007 / 19 horas
Museu de Arte da Universidade Federal do Paran  (Musa) / Informa‡äes: (41) 3223-8424 / www.mostraventosul.com.br