Assembléia Geral Ordinária da CBM realizada no dia 8 de fevereiro

Associação de pilotos terá direito a voto nas eleições da CBM

A CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo realizou no último sábado, 8,  a Assembleia Geral Ordinária, que contou com a presença de 18 presidentes de federações estaduais. Os trabalhos foram realizados na sala de reuniões do Grand Park Hotel, em Campo Grande (MS).

Assembléia Geral Ordinária da CBM realizada no dia 8 de fevereiro

Assembléia Geral Ordinária da CBM realizada no dia 8 de fevereiro

Durante o evento foi aprovada por unanimidade a prestação de contas do exercício 2013 apresentada pela CBM. O documento fiscal elaborado por uma empresa de contabilidade detalhou as receitas e despesas da entidade no ano de 2013.

“Tem muitos anos que sou presidente de federação e participo dessas prestações de contas da Confederação. Essa é a apresentação mais transparente que já vi em toda essa minha história de convívio com a entidade”, afirma Reinaldo Seilhorst, presidente da FMR – Federação de Motociclismo de Rondônia.

A forma transparente com que foi feita a prestação agradou também o novo presidente da ABPMX – Associação Brasileira de Pilotos de Motociclismo Esportivo, Milton Becker.  “Achei bem transparente e acho que a conduta deve ser essa mesmo. Aqui a gente pode ver todos os gastos detalhados da CBM. Acho que essa prestação de contas iria tirar as dúvidas de muitos pilotos”, observou o piloto e dirigente.

Milton Becker já havia participado de outras duas assembleias da CBM, em 2012 e 2013. O piloto que está à frente da entidade que representa os pilotos acredita no crescimento da Confederação. “Já vi a CBM bem e cair várias vezes. O último tombo foi muito grande, mas a entidade está caminhando. A Confederação quer crescer e o presidente está correndo atrás, mas a gente sabe que é difícil resultado imediato. Acho muito importante este espaço que a Confederação vem nos dando. Fico muito feliz com essa abertura da entidade. Acredito que com essa mudança o motociclismo só tem a crescer”, declarou o presidente da ABBPMX.

Durante a AGO ainda foi aprovado o novo Estatuto da entidade. Com as mudanças promovidas no documento, a ABPMX, que representará os pilotos, passa a ter direito a voto nas eleições para a escolha da diretoria da CBM. “Isso é um fato inédito na história da CBM. Representa uma vitória para o motociclismo. Nós entendemos que os pilotos têm papel importante no esporte, pois eles são os artistas do espetáculo e devem ter participação no desenvolvimento do motociclismo. Essa mudança demonstra a nossa preocupação com os atletas”, declarou o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves.

Também foi acrescentado no Estatuto apresentado pela CBM que o presidente da entidade poderá ficar somente dois mandatos à frente da Confederação. Conforme o documento, a partir de 2014 a prestação de constas será disponibilizada no site da entidade, reforçando o compromisso com a transparência.

ABPMX – Ainda durante a AGO, Reinaldo Seilhorst, passou o cargo de presidente da ABPMX ao piloto, Milton Becker. “Sempre tentei fazer o melhor para os pilotos e o esporte. Agora encerra um ciclo. Saio com a sensação de que fiz minha parte e contribui para o motociclismo brasileiro”, declarou Seilhorst. As eleições da ABPMX foram realizadas no dia 15 de janeiro de 2014.