Atropelamento de pombo, Desabafo ao Congresso Nacional X Aumento do DPVAT 2009

Atropelei um pombo a +/- 150 Km/h. Foi direto no meu capacete. Será que a segurança dele ficou comprometida? Não vejo rachaduras. Meu capacete é um MHR.Muito obrigado. Parabéns pelas matérias. Luis Otávio -Sete Lagoas – MG

R: Luiz se o impacto foi diretamente no capacete, sim deve ser trocado. Ele cumpriu com sua finalidade.

Tite, estão saindo rumores de que o DPVAT em 2009 para as motos pode ser aumentado, isso é verdade?eu redigi um texto que postei nos foruns de moto e gostaria de compartilhar com você, pois é este canal(seu site) é imensamente visto também, fique a vontade pra alterar o que quiser nele Caros Deputados, Quem vos escreve é mais um “cidadão brasileiro”, sim, cidadão entre aspas, pois somos vistos como cidadãos apenas em épocas de eleição, quando lhes convém, no resto do tempo somos apenas trabalhadores honestos, que acordam em sua maioria as 4:00 horas da manhã pra ir trabalhar e voltam as 21:00 pra descansar pra daqui a pouquinho estar de pé novamente, e pra quê? Pra pagar impostos e mais impostos, pra poder bancar Vossas Excelências nos seus “árduos empregos”, onde Vossas Excelências ganham muito pouco (cada deputado custa aos cofres públicos aproximadamente R$ 100.000,00 por mês, façam as contas, temos 513 deputados), e por isso ficam aumentando e criando impostos e mais impostos para poder bancar suas vidas de luxo, e quando nos sobra alguma coisa do nosso árduo salário e conseguimos adquirir algum bem, por muitas vezes utilizando-se de longos financiamentos , onde já somos “roubados” por juros abusivos, vem os senhores novamente e tentam aumentar mais uma vez esse famigerado DPVAT, prestem atenção no povo Deputados, nós não agüentamos mais pagar impostos, chega de sugar até a última gota de sangue dos trabalhadores que fazem esse Brasil andar, olhem para o povo como aqueles que os colocaram na posição em que vocês se encontram hoje. Por que ao invés de castigar ainda mais os contribuintes, vocês não criam uma forma de premiar as pessoas que não têm nada a ver com esses aumentos de acidentes que vocês utilizam como base pra poder aumentar o DPVAT? Já está mais do que comprovado que com os aumentos no DPVAT não há a diminuição de acidentes, o que precisa ser feito é educar, e não punir, aí Vossas Excelências me perguntariam como isso poderia ser feito? De uma forma muito simples, façam igual as seguradores particulares fazem, ou seja, quando um segurado não aciona o seu seguro no período de vigência do mesmo, na hora da renovação é concedido um desconto, assim seria feito com os contribuintes que não sofreram acidentes e por conseqüência não se utilizaram do DPVAT, no ano seguinte concedam um desconto de por exemplo 25%, e assim sucessivamente, até que a partir do 4º ano ele fique isento de pagar o DPVAT, enquanto não acioná-lo, e se ele sofrer um acidente, em que conste através de laudo das autoridades que ele foi o culpado pelo acidente, no ano seguinte ele volta a pagar o DPVAT novamente, por que se ele não foi o culpado pelo acidente, não há por que pagar pelo mesmo, E Vossas Excelências computam o acidente com o motociclista, fazendo gerar esses aumentos no número de acidentes envolvendo motociclistas.
Tenho certeza que, concedendo esta premiação à aqueles que respeitam as leis de trânsito, que conduzem seus veículos com prudência, seja carro, moto, ônibus ou caminhão, os números de acidentes irão diminuir, vejam o exemplo do Programa do Governo de SP, a Nota Fiscal Paulista, onde uma parte do que é arrecadado de imposto pelo estabelecimento emissor da nota volta ao contribuinte que exigiu sua nota, isso fez a arrecadação aumentar, essa é a chance de vocês caros Deputados fazerem história, é só quererem, não é nenhum bicho de sete cabeças fazer isso, só não farão isso se tiverem algum interesse em que a arrecadação do DPVAT continue aumentando. Pensem nisso Deputados, quem pede é a população sofrida desde lindo País, que sofre dia e noite pra pagar impostos e mais impostos. Assinado: Um cidadão, do POVO BRASILEIRO. – Júlio -Araçatuba – SP

R: Júlio em primeiro lugar, o TITE não está mais conosco, faz tempo, vide texto de 21/04/2008 – http://www.motonline.com.br/default.asp?cod=10085&categoria=2 Quanto ao DPVAT segundo informações publicadas na Agência Estado, o valor passou de R$ 255,13 para R$ 259,84 (duzentos e cinqüenta e nove reais e quatro centavos). Vale o desabafo, todavia, apesar do valor ser de competência da SUSEP que é um órgão do Ministério da Fazenda,o Congresso Nacional poderia e pode intervir com mudança de lei ou tentando sensibilizar o Ministro da Fazenda Sr. Guido Mantega.

grande abraço e não esqueçam: não há razão, quando se ganha uma lesão. Seja consciente, ande equipado.