wheel_balancing_300x310

Balanceamento, faça você mesmo

Olá Bitenca. Estou com um problema e gostaria de pedir sua ajuda. É o seguinte: tenho uma Z750 com 3.500 km rodados e os pneus Dunlop Qualifier estão quase com a armação metálica aparecendo. Não quero entrar no mérito se a culpa é minha ou dos pneus. Não importa.Como moro no interior do ES, existem oficinas que montam um novo pneu sem problemas na minha moto, mas NENHUMA delas faz o balanceamento, inclusive a única autorizada da cidade (Honda). Estou com medo de ir à capital do estado para fazer o serviço, já que o pneu está realmente em péssimo estado.

Então, se eu montar um novo pneu sem balancear, mas mantendo o peso de chumbo original no mesmo lugar, a moto vibrará muito? Existe alguma possibilidade de fazendo isso a roda não necessite de um balanceamento? Obrigado antecipado pela resposta….Um abraço e parabéns pelo site de primeiro mundo. Rafael, ES.

R: Olá Rafael,
Existe risco em andar com a moto sem balancear a roda sim. Não é muito grave e se andar devagar vai poder chegar até a oficina para realizar o serviço. Evite longos trechos e velocidade acima de 100 Km/h. No longo prazo pode danificar componentes da suspensão e/ou direção além de trazer instabilidade em velocidades mais altas.

Suporte para alinhamento e balanceamento de rodas

Suporte para alinhamento e balanceamento de rodas

Você pode na verdade, fazer o balanceamento em casa mesmo, se tiver as ferramentas adequadas e um pouco de habilidade.
Esse é o processo estático, a forma que segue a teoria do pêndulo. O ponto mais pesado da roda sempre tende a ficar na parte de baixo da circunferência – Atenção com o atrito do rolamento. Por isso, ao medir o ponto mais pesado da roda vire à direita e à esquerda para identificar o ponto de parada.
Passe num técnico de rodas de automóveis e compre um punhado de pesos adesivos para rodas. Retire as rodas da sua moto e os pesos antigos. Coloque-as num tipo de giga que a suporte virando, sem raspar em nada e bem livre. Uma antiga balança de moto pode servir a esse propósito, usando o próprio eixo da moto.
Coloque a roda com o pneu montado e sem nenhum peso agregado ao aro. Vire levemente e repare que há um ponto em que a roda sempre para. Vire da direita para esquerda, marque o ponto e vire da esquerda para direita. Procure o centro das duas marcas e trace uma vertical nesse ponto marcando com um giz na parte de cima,o local de adicionar peso.
Neste ponto experimente com pedaços de 5 g, 10 g, 15 g ou 20 g para neutralizar a tendência. Não deve passar de 30 g se isso acontecer o pneu pode estar mal montado, verifique.
Cole de forma provisória os pesos para ter certeza que encontrou o peso correto a colar no ponto ideal. Se precisar, corte os pesos de medida inteira pela metade para obter 1/2 do valor impresso na peça.
Proceda assim até que a roda não tenha um ponto certo de parada ao movê-la, para direita e para esquerda.  Isso indica que está balanceada. Cole os pesos de forma definitiva e pronto. Monte as rodas e boa viagem.

Abraços,
Bitenca