Balanço na Yamaha V-Max e as leis draconianas

Conheci o site hoje e pelo visto ‚ muito interessante, aproveito para tirar uma d£vida em rela‡Æo … minha Yamaha V-Max 1992. Ela est  com 34.000 milhas sendo que est  comigo a 5.000 milhas. O pessoal que costuma andar comigo em passeios, na maioria possui motos esportivas, GSXR 750, Ninja 900, Suzuki 900, Hayabusha, e outras. NÆo tenho dificuldade de andar junto com eles, ali s, quando damos umas esticadas, a minha vai na frente um bom tempo. Mas percebo que em curvas e velocidades altas a frente fica muito leve. J  me disseram que o melhor e abaixar um pouco a frente ( a minha nÆo d  pois a liga‡Æo de uma bengala com a outra ‚ unica). O mecƒnico que eu levo, disse ser normal. At‚ que ponto ‚ normal? Existe algo que se possa fazer para solucionar esse problema e que nÆo seja muito caro? Pode ser pneus?
Fl vio
SÆo Paulo

Fl vio, em primeiro lugar, cuidado com estas “esticadas”. A Yamaha V-Max 1200 ‚ uma moto extremamente potente, mas de caracter¡sticas muito particulares. NÆo h  como defini-la, pois nÆo ‚ uma esportiva, nem uma custom. Alguns chamam de muscle-bike (moto musculosa). Seja como for, ela nÆo tem estabilidade de moto esportiva e suas pedaleiras raspam facilmente no asfalto. NÆo d  para traduzir esta sensa‡Æo de “frente leve”, mas acredito que a frente come‡a a balan‡ar em alta velocidade. A primeira providˆncia ‚ verificar se a roda est  balanceada e se o pneu dianteiro est  com desgaste irregular. Se o pneu estiver com menos de 2 mm de profundidade nos sulcos centrais ‚ melhor trocar. Vocˆ pode recorrer a um amortecedor de dire‡Æo, mas isso seria um paliativo e nÆo resolveria a raiz do problema que deve estar no balanceamento. Uma moto com 14 anos de uso tamb‚m merece uma revisÆo profunda, incluindo a¡ a troca do ¢leo das bengalas. Quanto ao mecƒnico que disse ser normal uma moto balan‡ar em alta velocidade, ‚ melhor procurar uma segunda opiniÆo.
Flavio

Farol apagado
Sr. Geraldo, parabenizo-lhe pelo site, atual e instrutivo. Quero saber se a questÆo do farol de moto apagado (queimado) durante o dia continua tÆo draconiana como apareceu. NÆo consigo informa‡äes coerentes e atuais.
Georges Zouein
Lavras MG

Georges, obrigado pelos elogios. Sim, continua “draconiana” (muito bem adjetivado). Segundo o C¢digo de Trƒnsito Brasileiro, em seu artigo 244, par grafo IV “Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor com os far¢is apagados constitui infra‡Æo grav¡ssima, com penalidade de multa de R$ 191,54, acr‚scimo de 7 pontos no prontu rio e suspensÆo do direito de dirigir, al‚m de recolhimento do documento de habilita‡Æo”. Vale lembrar que esta lei se refere …s 24 horas do dia. J  o motorista que dirige um carro com far¢is apagados … noite sofre apenas puni‡Æo m‚dia e nÆo perde o direito de dirigir. , ou nÆo, uma lei preconceituosa com rela‡Æo …s motos?