Foto: Idário Araújo - Y. Sports

Balbi vence e assume a liderança das duas principais categorias do Pro Tork Brasileiro de Motocross

Foto: Idário Araújo - Y. Sports

Foto: Idário Araújo - Y. Sports

A segunda etapa do Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross, que aconteceu em Carlos Barbosa(RS), confirmou a previsão e foi realizada sob chuva. Jorge Balbi venceu as provas e assumiu a liderança do campeonato nas categorias MX1 e MX2.

A chuva que caiu durante toda a semana em Carlos Barbosa voltou a cair neste domingo no meio da bateria da MX2, dificultando ainda mais a vida dos pilotos e deixando a pista ainda mais complicada. Melhor para Balbi, que competiu pela quarta vez na cidade gaúcha e conseguiu manter a invencibilidade. Ele já havia vencido em 2003, 2004 e 2006.

Pela primeira vez no ano, Balbi conseguiu uma boa largada e assumiu a liderança logo no início da prova. A partir daí, imprimiu ritmo forte e venceu com 36 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, Scott Simon. Balbi voltou para a pista na última bateria do evento, a MX1, desta vez debaixo de muita chuva durante toda a prova. Mais uma vez, o piloto conseguiu uma boa largada e impôs um ritmo de corrida forte, abrindo muita vantagem sobre seus adversários, vencendo fácil a prova.

O catarinense Milton “Chumbinho” Becker foi o vencedor da categoria MX3, com Davis Guimarães em segundo e Nico Rocha em terceiro.
Na categoria 65cc, a vitória foi de Kioman Muñoz, seguido por Enzo Lopes, José Brayan Soares, Daniel Reichhardt e João Gabriel Michelin. A prova da categoria 85cc foi cancelada após a primeira volta devido às dificuldades da pista, que sofria com uma forte chuva naquele momento.

Carlos Eduardo Mendes Franco venceu a etapa na categoria 230cc, com Ismael Rojas em segundo, Eduardo Rosing em terceiro, Richard Nunes em quarto e Anderson Alberton em quinto.
A próxima etapa do Pro Tork Brasileiro de Motocross será nos dias 15 e 16 de maio, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Confira o resultado da etapa de Carlos Barbosa(RS):

MX-1
1º – JORGE BALBI
2º – ROBERTO CASTRO
3º – DOUGLAS PARISE
4º – SCOTT SIMON
5º – PIPO CASTRO

MX-2
1º – JORGE BALBI JUNIOR
2º – SCOTT SIMON
3º – MARCELLO LIMA
4º – DOUGLAS PARISE
5º – GUSTAVO AMARAL

MX-3
1º – MILTON BECKER
2º – DAVIS GUIMARÃES
3º – NICO ROCHA
4º – WILLIAN GUIMARAES
5º – NIELSEN BUENO

65cc
1º – KIOMAN MUNHOZ
2º – ENZO LOPES
3º – JOSE BRAYAN SOARES
4º – DANIEL REICHHARDT
5º – JOÃO GABRIEL MICHELIN
6º – LEONARDO DE SOUZA
7º – ANDRIO SEBEN
8º – MATHEUS GALVES DE SOUZA
9º – BRUNO COUTO
10º – ARTHUR TODESCHINI

230cc
1º – CARLOS EDUARDO FRANCO
2º – ISMAEL ROJAS
3º – EDUARDO ROSING
4º – RICHARD NUNES
5º – ANDERSON ALBERTON