Baú é legal? , Cidadão Indignado, DPVAT abusivo

Baú é legal? , Cidadão Indignado, DPVAT abusivo

Baú é legal? , Cidadão Indignado, DPVAT abusivo

Eu gostari de saber de voces se usar bauleto na moto é proibido ou não pois coloquei um na minha suzuki yes e estou com duvudas obrigado!! Edson Carlos da Silva (34) São Paulo

R: Edson não é proibido, no entanto cuidado com o tamanho e peso, siga as recomendações de fábrica.

Legislação Arbitraria Mandei hoje acorrespondencia abaixo a varios deputados, referente a legislação arbitraria de quebra ou perda de placa e de CRLV..e os prejuizos causados aos usuários, por culpa dessa lei.tentei postar no forum , mas nao sei por que me fo negado acesso se tenho senha a anos. Essa prestigiosa revista poderia publicar minha correspondencia, incentivar que todos nos o façamos e a propria revista que tem força faze-lo venho através dessa pedir vênia e vir a presença do amigo correligionário para expor o seguinte: Trabalhei mais de 32 anos em Detran RS e nunca vi arbitrariedades e burrices pode se dizer do que as atuais. Os fatos: Hoje tudo é privatizado, principalmente a industria de placas que as fabricam com material de terceira. Se uma placas dessas quebra,principalmente em nossas BOAS estradas esburacadas, ou a mesma cai do veiculo devido a isso. O veiculo é preso e quinchado, mesmo que vc esteja em dia com impostos e tenha o CRLV em mãos, onde constam as demais características do carro ou moto. De nada adianta, se for carro ainda resta a outra placa e o veiculo pode facilmente ser identificado como sendo o mesmo da documentação. Ainda mais hoje em dia qualquer fiscalização PRF/Policia Civil ou Militar tem acesso via NET ao Detran. Então a apreensão do veiculo por quebra ou perda da placa é uma arbitrariedade, trazendo prejuízos aos usuário, como pagamento de guincho, ficando a pé as vezes com sua família em plena rodovia, pagamento de multa, e pagamento de nova placa e lacre da mesma. No meu tempo num caso desses a pessoa ia no Detran ou qualquer Delegacia de Policia, fazia um BO e recebia uma licença para trafegar sem a placa por 15 ou 30 dias, até a vinda da mesma. E triste reter um carro principalmente em outro estado, longe de casa, com a familia devido a dessa idiotice que onsta na legislação, que é a industria das placas e dos quinchos ,quem devia substituir a placa quebrada deveria ser o fabricante da mesma.Outra: CRLV -Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo….quem não tiver ele a mão trafegando tem também seu veiculo apreendido, e multado, nem que tenha o CRV e as guias de pagamento do IPVA em mãos, e o que pode também ser consultado via modo digital ou internet por qualquer agente de transito. Agora vejamos uma situação: Sou do RS e estou no RN com um caminhão com carga perecível, perco o CRLV ou me é roubado como comumentemente acontece….Então tenho deixar o veiculo parado e se sou fiscalizado mesmo parado o veiculo apreendido, e multado e a carga? Tenho que pedir a um despachante via telefone do RS para providenciar 2 via. que pode levar dias e depois esse me remeter via correio para o RN, para onde? enquanto isso fico gastando com hospedagem, minha carga perece e ainda posso ser multado. Mesmo meu veiculo estando em dia. E não adianta fazer BO na Policia, da perda ou roubo do CRLV . Antigamente a pessoa nesse caso também ia na Policia ou Detran/Ciretran e fazia registro de ocorrência e podia requerer um alvará /licença, para poder trafegar com o veiculo até vir a 2 via do mesmo. Mas a lei atual o proíbe. Não sei qual o idiota do Contram que fez essa lei maluca.Uma vez fiquei por 30 dias parado com meu carro até vir a segunda via, que me havia sido furtada dentro de meu carro. E se fosse caminhão com carga perecível? Então sugiro ao Nobre Parlamentar e Conterrâneo, que V.Excia. lute no congresso para anular essa lei absurda da placa e CRLV e que as DP ou Detran possam novamente dar alvará para tais casos, que não sejam multados veículos e apreendidos em caso de quebra ou perda de placa. Bastaria fazer um BO em qualquer DP ou até nos postos da Polícia Rodoviária…para que a pessoa possa trafegar até o destino e até vir a nova placa. e não ser tratado como marginal, pois o cidadão paga em dia seus impostos….. Se por exemplo eu roubar um carro e nele estiver o CRLV e eu for barrado e apresentar os documentos que nem estão no meu nome e a policia não souber do roubo, passo livre. Nem nada é consultado. Apelo em nome de todos os proprietários de veiculosda nação a V.Excia, como Policial Aposentado, a minha preocupação, pela arbitrariedade atual da industria de multas, de guinchos e fabrica de placas. Outro é o preço abusivo do seguro obrigatório para motos e que não pode ser nem parcelado. Agradeço já a sua preciosa intervenção. obs a mesma foi enviada ao correligionario Germano Bonow.
Saudações Democráticas Bel. Nelson w. Korb Escrivão de Policia aposentado (69) Ijuí – RS

R: Sr. Nelson o problema que enquanto o povo brasileiro fazer de conta que é governado, nada vai mudar. Os políticos fazem de conta que governam e a nação faz de conta que é governada. Minha afirmação faz sentido quando vemos os índices de violência e qualidade do ensino nacional. Um país, verdadeiramente, governado não apresenta lastimáveis índices. Mas faça sua parte de cidadão exija, cobre…

Olá! referente ao aumento abusivo do dpvat. Todo aumento sempre eh baseado em um indice qualquer: salario,ipca,inflaçao… qual foi o indice usado pela fenaseg? ora, nao tem logica dizer que foi pelo aumento de acidentes ou das motos, se houve esse aumento -de motos- houve tambem de arrecadaçao.esta na hora de nos impor contra esses abusos.o que fazer? francisco de assis zermiani (45) Itajaí -SC

R: Francisco promessa é dívida. Minha resposta será uma matéria em minha coluna, aguarde!Você ficará estarrecido. Só para adiantar, deveria ser com base no índice de sinistralidade.

Grande abraço e não esqueçam: pilote equipado, mas equipamento não é só capacete.