Bike Socorro Porto Seguro completa mais de 11 mil atendimentos

Bike Socorro Porto Seguro completa mais de 11 mil atendimentos

Bike Socorro Porto Seguro completa mais de 11 mil atendimentos

Atendimento a segurados por socorristas-ciclistas registra resultados positivos; Em um ano de Bike Socorro, evitou-se a emissão de 11 toneladas de CO2

Há um ano a Porto Seguro passou a oferecer o Bike Socorro, uma nova forma de atendimento ao socorro dos automóveis de seus segurados Auto. Usando bicicletas como meio de locomoção, socorristas-ciclistas são encaminhados para atendimento de diversas panes que possam ser solucionadas no local.

“O projeto se mostra muito eficaz, pois além de conseguirmos chegar ao segurado em poucos minutos, está comprovado que contribuímos para a melhora da qualidade do ar e do trânsito: Em um ano de projeto evitou-se a emissão de 11 toneladas de CO2″, ressalta Milton Oliveira, gerente do Porto Socorro e coordenador do projeto.

“Os segurados não estranham o serviço, ao contrário, a aceitação é imediata devido a eficácia do atendimento. Nosso objetivo com o Bike Socorro é multiplicar ações socialmente responsáveis e incentivar o uso da bicicleta, tanto para o lazer como para o trabalho”, afirma Milton.

Ele explica que a forma de acionamento do socorrista-ciclista é a mesma do Guincho. “O segurado entra em contato com a Central 24h Porto Seguro pelo 333-Porto ou 4004-Porto, dependendo da localidade, e informa o evento. Caso o socorro possa ser solucionado no local, o socorrista será acionado pelo sistema GPS”.

Segundo Milton, o Bike Socorro opera todos os dias, “principalmente em regiões com grande concentração de edifícios, tanto em São Paulo como no ABC, superando com vantagens as características restritivas de mobilidade do guincho, de parada e de acesso a garagens. Isso também ajuda a contribuir com a fluidez do trânsito”, conclui.

No litoral paulista, os atendimentos são realizados somente no verão, nas cidades de Santos, Guarujá e Praia Grande. Enquanto no Rio de Janeiro, os socorristas-ciclistas estão presentes em Copacabana, Leblon, Barra da Tijuca e Botafogo.

Bike Vistoria – As ações da Porto Seguro para melhoria da qualidade do ar e do trânsito da cidade não pararam no projeto Bike Socorro. Também no ano passado, a companhia colocou em prática o projeto -Bike Vistoria-, serviço em que os vistoriadores se dirigem às vistorias domiciliares de bicicleta, ao invés de utilizarem veículos automotores. Calcula-se que o -Bike Vistoria- poupa a emissão média de 218 kg de CO2 mensalmente. Ao todo, os socorristas já rodaram mais de 1.819,80 km por mês.

Localidades de atendimento Bike Vistoria:
Pontos específicos das cidades de Campinas, Rio de Janeiro, Santos, São Caetano e São Paulo.