BMW Group Brasil fecha mês de junho com recorde de vendas em 2009.

As vendas no mês de junho da BMW e BMW Motorrad alcançam as melhores marcas do ano e da história da BMW no país.

MINI excede expectativa de vendas e aumenta pedidos em 2009.
São Paulo, 01 de julho de 2009 – Tendo em vista a crise financeira e econômica mundial, o BMW Group foi obrigado a desenvolver novas estratégias para combater o difícil período. Entretanto, o BMW Group Brasil conseguiu em meio a este cenário aumentar as vendas no primeiro semestre do ano, em especial no mês de junho, um dos melhores períodos da história da marca no país.

Somente no mês mencionado, foram entregues 417 veículos BMW a clientes, o que representou 69,5% de crescimento com relação ao mesmo mês do ano anterior e 84,5% com relação ao mês de maio deste ano.

As vendas da marca MINI, recém lançada em abril deste ano, superaram a expectativa inicialmente prevista e a fábrica precisou aumentar a produção para o mercado brasileiro. Entre abril e junho foram comercializadas 176 unidades dos modelos Cooper, Cooper S e Cooper S Clubman. O novo modelo Cooper S Cabrio, apresentado no mês de junho à imprensa, chega ao país em setembro, entretanto o primeiro lote já foi completamente vendido por meio da pré-venda realizada nas concessionárias oficiais da marca no Brasil.

No mercado de duas rodas, as vendas ultrapassaram a marca das 746 unidades vendidas entre janeiro e junho deste ano, demostrando crescimento equivalente a 17,2% em comparação ao ano passado. Somente no mês de junho foram comercializadas 178 motocicletas, aumento de 9,8% em comparação ao mesmo mês em 2008.

De acordo com os bons resultados observados, a expectativa para a segunda metade do ano tanto em carros quanto em motos é de manter o crescimento tendo em vista a chegada de diversos lançamentos ao mercado nacional. São no total 15 novos produtos das marcas BMW, BMW Motorrad e MINI em 2009, o que demonstra forte compromisso com o consumidor brasileiro, além de investimentos no país.

Dessa forma, o BMW Group Brasil figura dentre os países de maior potencial de crescimento para o grupo e acredita na recuperação da economia e desenvolvimento positivo do setor automotivo nos próximos anos, no país.