BMW Group registra recorde de vendas nos mercados da América Latina e Caribe

Vendas nos primeiros 9 meses de 2010 alcançaram 16 006 unidades, um crescimento de 68% em relação ao ano anterior.

O BMW Group manteve um crescimento constante na América Latina e Caribe nos primeiros 9 meses de 2010 com um crescimento de 68% em comparação com mesmo período de 2009. Um total de 16.006 veículos BMW e MINI foram entregues a clientes em 2010 (ano anterior: 9.549 unidades). Em setembro, 2.377 veículos BMW e MINI foram vendidos em comparação com as 1.491 unidades no mesmo mês de 2009.

Em todos os mercados da América Latina e Caribe, o BMW Group atingiu um desempenho recorde nos primeiros 9 meses de 2010: Chile (1.581 unidades / +94%), Brasil (7.101 unidades / +91%), Argentina (3.106 unidades / +53%), Panamá (488 unidades / +43%) e Colômbia (1.588 unidades /+35%).

“O BMW Group continuará a crescer em 2010 e 2011. Apesar da crise econômica mundial, mantivemos nossa posição de liderança no segmento premium na região e pretendemos alcançar um crescimento consistente de dois dígitos em relação a 2009. Apenas nos primeiros nove meses foram abertos 102 novos showrooms das marcas BMW e MINI na região e estamos a caminho de atingir a meta de 140 concessionárias até o final de 2011. Nosso portfólio de produtos suportará este crescimento com a segunda geração do muito bem sucedido BMW X3, e pela primeira vez na América Latina oferecermos aos clientes o BMW Active Hybrid 7. Além disso e abrindo um segmento totalmente novo, o novo MINI Countryman, com 4 portas, tração nas quatro rodas ALL4 e 4 metros de comprimento, dará uma nova e empolgante dimensão ao MINI. Todos estes modelos serão exibidos no Salão do Automóvel de São Paulo 2010, assim como o carro conceito BMW Vision Efficient Dynamics, que será apresentado pela primeira vez na América Latina. Já oferecemos uma ampla gama de tecnologias Efficient Dynamics de economia de combustível na região e este carro conceito Vision exibe claramente nossas oportunidades de alcançar resultados ainda melhores em termos de gerenciamento de energia”, disse Gernot Volkmer, CEO do BMW Group América Latina e Caribe.

A marca BMW entregou 2.075 veículos a clientes em setembro de 2010 (ano anterior: 1.282 unidades / +62%) e 13.953 unidades (ano anterior: 8.426 unidades / +66%) nos primeiros 9 meses de 2010 na América Latina e Caribe. Em setembro a BMW entregou no Chile 436 unidades, o que representa o melhor mês de todos os tempos para um mercado importador na região. Com 1.412 unidades BMW vendidas até setembro (+103% em relação ao ano anterior), o Chile representa agora o maior mercado importador BMW da América Latina. O Brasil, o maior mercado da BMW, totalizou até setembro de 2010 5.920 unidades vendidas, um crescimento de 83%, seguido pela Argentina, que registrou o melhor mês de todos os tempos para sua subsidiária com 353 unidades e um total de 2.772 unidades vendidas (+59% em relação ao ano anterior).

Os principais motivadores do crescimento foram o BMW Série 3 Sedã, o novo BMW X1 e o novíssimo BMW Série 5. O BMW Série 3, com 4.772 unidades vendidas, cresceu 47% em relação ao ano anterior. O novo BMW X1, o primeiro SAV compacto, com apenas 9 meses de existência e 2.405 vendidas é o SAV premium mais vendido do mercado. O BMW Série 5 Sedã, com apenas alguns meses de mercado desde seu lançamento, registrou 948 unidades vendidas, um crescimento de 22% em relação ao mesmo período de 2009.

O MINI continua apresentando forte crescimento na região. Em setembro, o MINI atingiu recorde de vendas (302 unidades, +52% em comparação com 2009), sendo que 2.053 MINIs foram entregues a empolgados clientes nos primeiros 9 meses de 2010 (ano anterior: 1.123 unidades / +88%), um recorde inédito na região. O MINI continua a ser uma história de sucesso no Brasil, com 1.181 unidades vendidas até setembro, 2,5 vezes mais do que no mesmo período de 2009. Outros mercados também registraram forte crescimento: Chile com 169 unidades (+88%), Colômbia com 221 unidades (+52%) e Argentina com 334 unidades (+19%).

Em setembro de 2010, a BMW Motorrad vendeu 694 motocicletas na América Latina e Caribe (ano anterior: 356 unidades, +95%). Nos primeiros 9 meses, foram entregues a clientes 4.516 motocicletas, o que representa um crescimento de 76% em relação ao ano anterior e um recorde absoluto de vendas. A BMW Motorrad continua sua trajetória de crescimento, mesmo que os mercados ainda representem desafios. O Brasil alcançou o maior crescimento na região com 2.368 unidades (+ 100%), seguido da Argentina 1.350 (+75%), Chile 267 (+ 59%) e Colômbia 188 (+40%) em relação ao ano anterior.