Ferrier venceu em São Caetano (2010) e está com boas expectativas para a disputa

BMX Flow é novidade da sétima edição do Jump Festival

Disputa garante vaga na super final do campeonato. Modalidade foi escolhida para valorizar os saltos e manobras técnicas que os atletas amadores vêm executando com eficiência

Ferrier venceu em São Caetano (2010) e está com boas expectativas para a disputa

Ferrier venceu em São Caetano (2010) e está com boas expectativas para a disputa

As bikes também estarão presentes na sétima edição do Jump Festival, que acontecerá entre os dias 15 e 18 de setembro, no Parque da Juventude, em São Bernardo do Campo (SP). A modalidade BMX Flow, que dá ênfase à fluidez com que os atletas se movimentam entre os obstáculos, foi escolhida para valorizar o bom nível das apresentações dos atletas nas competições.

“Essa é uma modalidade que exige muitos saltos e manobras técnicas e tem um pouco de influência do dirt e do street. Optamos pelo Flow já pensando na próxima etapa, que vai acontecer em outubro, em São Paulo, já que estamos planejando para essa etapa uma pista bem técnica e com muitos obstáculos de saltos”, explicou Sandro Hernandez, diretor de esportes da Confederação Brasileira de Esportes Radicais (CBER), organizadora do evento.

“Os atletas amadores estão em um nível muito bom. Eles conseguem fazer algumas manobras que nem os profissionais fazem. E como a etapa de São Bernardo é classificatória para a super final, que vale vaga na disputa dos profissionais, vai ser bem interessante”, completou Hernandez.

A pista de São Bernardo, que sediará a competição do Jump Festival, é uma das melhores estruturas públicas da América Latina. Para a disputa do BMX Flow, serão usados os seguintes obstáculos: boomerang e saboneteira, além de um step up, um caixote e um wall ride. Serão 60 vagas disponíveis, as inscrições são gratuitas, assim como a entrada para o público, e devem ser feitas no próprio local do evento.

“A pista de São Bernardo é o local de treino de muitos atletas, então os ‘locais’ podem estar mais acostumados com alguns obstáculos. Mas tenho certeza de que a organização vai colocar outros equipamentos que vão aumentar o nível de dificuldade e igualar a disputa para todos. O fato de valer uma vaga para competir com os profissionais é um incentivo extra. Todos vão com uma cabeça mais criativa, sabendo que temos de apresentar nossas melhores manobras”, disse Ronan Ferrier, campeão da etapa de São Caetano, em 2010.

Confira a programação do evento:
Sexta-feira (16): 15h às 18h – Treino BMX Flow

Sábado (17): 11h às 15h – Eliminatória BMX Flow
15h às 16h – Final BMX Flow

Serviço:
Sétima edição do Jump Festival
Data: De 15 a 18 de setembro
Local: FMX: Ginásio Poliesportivo – Av. Kennedy, 1155 – São Bernardo do Campo
Skate e BMX Flow: Parque da Juventude – Av. Cittá di Marostica – São Bernardo do Campo
Inscrições: No próprio local. Gratuitas e limitadas.

Acesse o site da Confederação Brasileira de Esportes Radicais: www.cber.com.br .

O Jump Festival é organizado pela CBER (Confederação Brasileira de Esportes Radicais) e patrocinado por Redecard, Atento, Riachuelo, LG e 3M (etapas de Bike e Skate) e Petrobras (FMX). A comercialização do evento é da XYZ Live.