Rafael Faria - foto: Anderson Wolff

BR Velocross: gates cheios e boas disputas em SC

A abertura do Brasileiro de Velocross foi com gates cheios, no último fim de semana, dias 13 e 14, em Blumenau (SC), no Motódromo Tatutiba. O paranaense Rafael Faria foi o vencedor da classe VX1, disputada juntamente com a abertura do Catarinense de Velocross.

Rafael Faria - foto: Anderson Wolff

Rafael Faria – foto: Anderson Wolff

Rafael liderou a bateria da VX1 desde a largada. Jacson Keil ficou em segundo, seguido de perto por Lucas Gadotti. “Estou muito feliz com o resultado. Consegui fazer uma prova muito boa, largar na frente e ser consistente no meu ritmo. Graças a Deus deu tudo certo”, disse Rafael.

Já na VX2 deu Lucas Gadotti de ponta a ponta. Outro que andou muito forte foi Leandro Lemos que ficou com a segunda colocação ao vencer o duelo com Lucas Basso.  Na VX3 e VX4 o anfitrião Braz dos Santos fez as honras da casa, mas não deu moleza pra ninguém e faturou as duas. Nas duas principais categorias das motos nacionais, a Nacional Força Livre e a Nacional 230cc Pró, Jacson Keil dominou.

Lucas Gadotti - foto: Anderson Wolff

Lucas Gadotti – foto: Anderson Wolff

Nota triste foi a queda do Milton Chumbinho Becker na largada da classe VX4. De acordo com o seu irmão Elton, Chumbo fraturou três costelas e não lembra nada da queda. Porém ele está bem e já por volta das 22h foi liberado do hospital e seguiu para Joinville.

O presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Henrique Alves, participou da abertura da competição. “Foi uma excelente abertura de Campeonato. Provas fortes, gates cheios, bom público e boa organização local. A intenção é sempre melhorar a cada ano e estamos trabalhando para isso”, aponta o presidente.

O Campeonato Brasileiro e o Catarinense de Velocross têm sequência no mês de março: o Brasileiro será em São Mateus do Sul (PR), nos dias 5 e 6, e no fim de semana seguinte, dias 12 e 13, acontece a segunda etapa do Catarinense em Canoinhas, no Planalto Norte.

Confira os resultados da prova.

Categoria VX1
1) – Rafael da Silva Faria – 20:15.611
2) – Jacson Keil – 15.036
3) – Lucas Agostini Gadotti – 17.534
4) – Lucas Favero Basso – 21.052
5) – Mateus Favero Basso – 46.479

Categoria VX2
1) – Lucas Agostini Gadotti – 18:36.901
2) – Leandro Matos Lemos – 8.973
3) – Lucas Favero Basso – 17.188
4) – Leonardo de Souza – 19.374
5) – Jacson Keil – 28.662

Categoria VX3
1) – Braz dos Santos – 14:13.357
2) – Leandro Matos Lemos – 2.886
3) – Fabiano Ribeiro – 24.404
4) – Nasri Weinhardt Sarkiss – 29.744
5) – Giovane Fernando Pick – 33.884

Categoria VX4
1) – Braz dos Santos – 14:20.259
2) – Fernando Berwanger – 13.112
3) – Fabiano Ribeiro – 16.626
4) – Nasri Weinhardt Sarkiss – 20.263
5) – Erivelto Nicoladelli – 25.912

Categoria VX3 Nacional
1) – Jose Augusto Reinert – 14:13.047
2) – Wandrey Niels – 6.810
3) – Elder Piroli – 20.654
4) – Denis Steve Hilmers Bittencourt – 22.381
5) – Whilton Gambatto – 31.479

LogoCBM_200x150Categoria VX4 Nacional
1) – Elder Piroli – 14:33.701
2) – Juliano Olinger – 23.483
3) – Itamar Rodeski Bourscheidt – 31.700
4) – Vilson Alves – 32.319
5) – Moacir Santo Esidio – 1 Volta

Categoria Nacional 230cc Pro
1) – Jacson Keil – 15:47.187
2) – Jeferson Gardini – 4.032
3) – Maicon Júnior Kraemer – 6.002
4) – Leandro Matos Lemos – 7.061
5) – Jean Andrey Grosskopf – 10.221

Categoria Nacional Força Livre
1) – Jacson Keil – 14:25.952
2) – Edinilson Batista – 12.129
3) – Eduardo Correia Branco – 18.906
4) – Joel Esteven da Costa – 23.013
5) – Sergio Marques Moraes – 36.483

Separador_motos