Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Brasil busca vaga nas finais do Motocross das Nações 2009

Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Foto: Team Honda representa o Brasil no Motocross das Nações 2009

Seleção nacional está concentrada para as baterias classificatórias, que serão realizadas neste sábado no autódromo de Franciacorta -Daniel Bonara-, na Itália

Franciacorta, Itália – O Brasil busca uma vaga nas finais do Motocross das Nações 2009 neste sábado, no autódromo de Franciacorta “Daniel Bonara”, na Itália. Os pilotos da seleção nacional Antônio Jorge Balbi Júnior, da categoria Open (450cc), Wellington Garcia, da MX1 (450cc), e Swian Zanoni, da MX2 (250cc), estão concentrados ao máximo para a disputa que reúne 37 países, representados pelos melhores competidores do mundo. O objetivo é melhorar a posição do Brasil no ranking do Nações, que atualmente é o 14º lugar conquistado em 2008 na Inglaterra.

A fase classificatória põe em jogo 19 vagas para as finais, sendo que a forma de disputa é por equipes, ou seja, os resultados dos três pilotos é o que define a posição de cada país participante. Quem não se classificar, corre a chamada Bateria B no domingo, realizada antes das corridas finais, a qual oferece a última vaga disponível para a fase decisiva. A conquista da classificação de forma direta é inédita para o Brasil, que pretende mudar este retrospecto. Nos últimos dois anos, a equipe nacional precisou vencer a Bateria B para avançar no Nações.

-É muito desgastante disputar a repescagem, porque cada piloto acaba correndo quatro vezes no domingo – isso sem falar no desgaste psicológico. Por isso, estamos focados na conquista desta vaga logo no sábado-, explicou o goiano Wellington Garcia, ciente das dificuldades. -Os melhores pilotos do mundo estão aqui. Mas o nosso time está unido e vamos fazer de tudo para buscar esta vaga amanhã-, garantiu.

Estrutura de ponta – Nesta sexta-feira, a equipe nacional instalou-se na área de box do autódromo de Franciacorta. Monta da pelo time italiano Martin Racing, a estrutura inclui duas carretas: uma para alimentação e outra para as motocicletas. -A estrutura é ainda melhor que a de 2008, pois, assim como as motos, é oficial de fábrica. Isto proporciona um grande conforto para o time. Cada piloto conta com duas motocicletas, uma de corrida e outra reserva, caso aconteça algum imprevisto-, concluiu Wilson Yasuda, chefe de equipe da delegação nacional. O dia incluiu ainda vistorias técnicas das motocicletas e dos equipamentos.

Esta é a terceira temporada seguida que o Team Honda irá representar o Brasil no evento. A equipe, anteriormente formada por Balbi, Wellington e Leandro Silva, conquistou as melhores classificações da história (14º lugar em 2008, na Inglaterra, após o 16º lugar de 2007, nos Estados Unidos). As motocicletas a serem utilizadas são da marca Honda: CRF 450R e CRF 250R. O atual campeão do Motocross das Nações é o ti me norte-americano.

Internet – Os fãs do Motocross não podem deixar de acessar o site www.motocrossdasnacoes.com.br. Na página, é possível acompanhar notícias, vídeos e fotos do evento atualizados direto da Itália, além de ferramentas de interação, como blog e twitter (www.twitter.com/mxdasnacoes).

Programação* – Motocross das Nações 2009
(horário locais – cinco horas a mais com relação a Brasília)
3/10 – Sábado
10h às 10h40 – Treino livre MX1
11h às 11h40 – Treino livre MX2
12h às 12h40 – Treino livre Open
14h30 – Bateria qualificatória MX1 (20 minutos + duas voltas)
15h30 – Bateria qualificatória MX2 (20 minutos + duas voltas)
16h30 – Bateria qualificatória Open (20 minutos + duas voltas)

4/10 – Domingo
8h40 às 9h – Aquecimento Bateria B
9h10 às 9h30 – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 1
9h40 às 10h – Aquecimento finalistas MX das Nações – Grupo 2
11h – Bateria B (30 minutos + duas voltas)
13h08 – Final 1 MX das Nações – MX1 + MX2 (30 minutos + duas voltas)
14h38 – Final 2 MX das Nações – MX2 + Open (30 minutos + duas voltas)
16h08 – Final 3 MX das Nações – MX1 + Open (30 minutos + duas voltas)

* a programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.