enduro-mundial-2

Brasil conquista oitavo lugar na ‘Copa do Mundo’ de Enduro

Os pilotos Gustavo Pellin, Bruno Crivilin, Rômulo Bottrel e Diego Colett fizeram história ao representar o Brasil em sua melhor performance no International Six Days Enduro (ISDE). Considerado como a ‘Copa do Mundo’ da modalidade, o desafio se estendeu por seis dias de disputas entre as principais equipes do planeta, em Brive-la-Gaillarde, na França, e encerrou no último sábado. Acelerando suas KTM’s, o grupo conquistou o oitavo lugar.

Gustavo Collet representou o Brasil no International Six Days Enduro ao lado de Bruno Crivilin, Rômulo Bottrel e Diego Colett. Equipe conquistou resultado inédito

Gustavo Collet representou o Brasil no International Six Days Enduro ao lado de Bruno Crivilin, Rômulo Bottrel e Diego Colett. Equipe conquistou resultado inédito

“Representar o Brasil foi incrível. O time estava unido e ninguém desistiu em nenhum momento, mesmo diante de muitas dificuldades. Foi um ótimo resultado, o Brasil terá que batalhar muito para igualar ou superar esse feito. Chegar no fim da prova inteiro já é difícil, imagina em oitavo lugar”, ressaltou o piloto Gustavo Pellin, bicampeão brasileiro de Enduro FIM classe E3. O Brasil havia ficado fora do evento nos últimos 14 anos e mostrou evolução na prática do enduro. Além de retornar à cena internacional no Top 10, foi a primeira vez que a Seleção completou o desafio, que faz parte do calendário mundial off-road desde 1913. O enduro nacional tem mais para comemorar, já que Pellin, Bottrel e Crivilin ainda conquistaram medalhas de ouro, enquanto Colett comemorou a de prata.

O Brasil esteve fora do evento nos últimos 14 anos e, por isso, equipe celebrou o Top 10

O Brasil esteve fora do evento nos últimos 14 anos e, por isso, equipe celebrou o Top 10

 

Diego Colett, campeão nacional de Enduro FIM em 2012 (E2), nunca irá esquecer a conquista. “Foi uma das experiências mais duras que vivi, e mais emocionantes também. Encaramos cerca de 250 quilômetros por dia, o que foi exaustivo, mas consegui atingir a meta inicial de completar a prova e ainda escrevemos os nossos nomes na história da modalidade. Estou muito feliz por termos mostrado a força do enduro brasileiro”, concluiu o piloto que integra a equipe Sacramento Racing ao lado de Gustavo.

Resultado do International Six Days Enduro 2017

1 – FRANÇA – 12:59:38.23 (Equipe formada pelos pilotos Jeremy Tarroux, Loic Larrieu, Christophe Charlier e Christophe Nambotin)
2 – AUSTRÁLIA – 13:05:52.26 (Matthew Phillips, Daniel Sanders, Daniel Milner e Joshua Green)
3 – FINLÂNDIA – 13:08:50.34 (Eero Remes, Henric Stigell, Antti Hellsten e Matti Seistola)
4 – PORTUGAL – 13:25:22.83 (Gonçalo Reis, João Vivas, Diogo Ventura e Luis Oliveira)
5 – GRÃ-BRETANHA – 13:28:51.91 (Nathan Watson, Frazer Flockhart, Kevin Murray, Lee Sealey)
6 – SUÉCIA – 13:33:22.73 (Pontus Skog, Robert Friberg, Oliver Nelson e Niklas Persson)
7 – HOLANDA – 13:44:08.41 (Bas Klein Haneveld, Thierry Pittens, Lucas Dolfing e Robin Nijkamp)
8 – BRASIL – 14:02:37.64 (Gustavo Pellin, Rômulo Bottrel, Diego Colett e Bruno Crivilin)
9 – NORUEGA – 14:25:08.73 (Kjetil Gundersen, Hakon Nohr, ULLEVALSETER Pal Anders Ullevalseter e Kevin Burud)
10 – SUÍÇA – 14:28:40.54 (Sandro Allemann, Daniel Brunner, Kelien Michaud e Alexandre Vaudan)

Separador_motos

Fonte: Mundo Press



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.