Brasil ganha o 1º centro de desenvolvimento veicular para prestação de serviços na América Latina

Brasil ganha o 1º centro de desenvolvimento veicular para prestação de serviços na América Latina

Brasil ganha o 1º centro de desenvolvimento veicular para prestação de serviços na América Latina

Investimento de R$ 2,5 milhäes e inclui aporte de recursos tecnol¢gicos e mÆo-de-obra altamente especializada do Grupo SMARTtech, suportado pelas tecnologias da belga LMS International

A ind£stria automobil¡stica brasileira estar  mais capacitada para o desenvolvimento de ve¡culos globais em 2008. O Grupo SMARTtech, especializado em testes e simula‡Æo num‚rica para engenharia, lan‡a o primeiro centro tecnol¢gico veicular da Am‚rica Latina para treinamento e presta‡Æo de servi‡os no desenvolvimento de projetos e realiza‡Æo conjunta de simula‡äes e testes em NVH (noise, vibration and harshenss ou ru¡do, vibra‡Æo e aspereza). O investimento ‚ de R$ 2,5 milhäes.

Instalado em Holanbra, a 135 km de SÆo Paulo, numa  rea de 20 mil m2, sendo 1,7 mil m2 constru¡da, o Centro Tecnol¢gico de NVH e Durabilidade ser  um avan‡ado centro para desenvolvimento e testes, com presta‡Æo de servi‡os e treinamento em tecnologias para desenvolvimento veicular, em NVH, estrutural, durabilidade e fadiga, desde a fase inicial de prototipagem virtual at‚ a sua valida‡Æo experimental.

O centro tecnol¢gico ‚ destinado a empresas da cadeia automotiva e ser  dotado dos £ltimos recursos tecnol¢gicos em simula‡Æo e testes de ve¡culos e componentes, inclusive campo de prova. Fabricantes de m quinas industriais e linha branca tamb‚m poderÆo se beneficiar do novo centro tecnol¢gico, o primeiro nesta configura‡Æo fora de uma montadora e com car ter de presta‡Æo de servi‡os.

Entre os servi‡os o novo centro estar  capacitado para realizar:
ú Estudos de ru¡dos e vibra‡äes em cƒmara semi-anec¢ica (espa‡o ac£stico com revestimento especial de alt¡ssimo grau de absor‡Æo de ru¡do) com dinam“metro.
ú Estudos de identifica‡Æo de fontes de ru¡do como an lise dos caminhos de transmissÆo (TPA), quantifica‡Æo de fontes ac£sticas (ASQ) e t‚cnicas tradicionais.
ú Desenvolvimento de pacote ac£stico veicular
ú An lise modal experimental de ve¡culo completo, powertrain e componentes.
ú Correla‡Æo num‚rica x experimental com atualiza‡Æo de modelos.
ú Desenvolvimento de ru¡do e vibra‡Æo (NVH) de powertrain e integra‡Æo com ve¡culo
ú Projeto de subsistemas em admissÆo, escapamento, dutos, filtros ac£sticos (mufflers), suspensÆo e freios.
ú Medi‡äes de potˆncia sonora
ú Solu‡Æo de problemas de NVH com t‚cnicas de testes e simula‡äes.

O campo de provas estar  capacidade para realizar testes de durabilidade acelerada e de aquisi‡Æo de sinais de tensÆo e acelera‡Æo na carroceria e em componentes de ve¡culos, por meio de trechos com obst culos, como:
ú belgian block (paralelep¡pedos belgas);
ú body twist (tor‡Æo dinƒmica de carroceria);
ú cobble stones (pedras de rio);
ú wash board (costelas de vacas);
ú chuch hole (buracos de pavimento); e
ú pot hole (grandes buracos de pavimento).

Centro Tecnol¢gico de NVH e Durabilidade utilizar  ferramentas da belga LMS

O investimento inclui aporte de recursos tecnol¢gicos e mÆo-de-obra altamente especializada do Grupo SMARTtech, empresa 100% nacional, e ser  suportado pelas tecnologias da belga LMS International, l¡der mundial no fornecimento de solu‡äes para desenvolvimento e testes nas  reas de ru¡do, vibra‡Æo e aspereza (NVH). O Grupo brasileiro ‚ representante exclusivo da multinacional desde 1998 para todo mercado Am‚rica do Sul.

Ricardo Nogueira, diretor geral do Grupo SMARTtech, afirma que o Centro Tecnol¢gico de NVH e Durabilidade vem atender a demanda por afinamento dos processos da engenharia automobil¡stica, hoje ¢rfÆ de empresas com recursos em teste e simula‡Æo num‚rica conjuntos, dotados de tecnologias, como cƒmara semi-anec¢ica e dinam“metro.

Com isso, o Centro Tecnol¢gico de NVH e Durabilidade vem otimizar os custos na fase preliminar de desenvolvimento do produto. “Vamos acabar com os intermin veis testes emp¡ricos de valida‡Æo de prot¢tipos f¡sicos, reduzir o alto ¡ndice de rejei‡Æo de produtos e gerar solu‡äes para os problemas da engenharia automobil¡stica”, afirma Ricardo Nogueira, que est  de olho tamb‚m em potenciais clientes no Exterior.

O Centro Tecnol¢gico de NVH e Durabilidade come‡a a ser constru¡do no in¡cio de 2008 e estar  parcialmente funcional at‚ o final do ano. Em 2009, estar  totalmente pronto. “Ser  uma grande contribui‡Æo para a cadeia automobil¡stica brasileira e um divisor de  guas para o crescimento do Grupo SMARTtech”, comenta Ricardo Nogueira, ao explicar que a companhia deixar  de apenas distribuir e dar suporte em softwares voltados … engenharia para acompanhar o desenvolvimento completo do ve¡culo.