Brasil muito perto do Mundial de Motocross

Depois de 10 anos, o Brasil está prestes a receber novamente uma etapa do Campeonato Mundial de Motocross em 2009. A última vez que o mundial esteve no país foi em 1999 na cidade de Belo Horizonte – MG. Desta vez, a cidade de Canelinha – SC é a principal canditada. Com uma das pistas mais tradicionais do país, o estado aguarda ansiosamente para receber os melhores pilotos do mundo em 2009.

O italiano Federico Carli, representante da Youth Stream, empresa que organiza e detêm os direitos do Mundial de Motocross, esteve no último final de semana (27/08) em Rio das Ostras onde afinou os últimos detalhes para a realização do Grande Prêmio Brasil de Motocross.

O presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Alexandre Caravana Guelman espera confirmar a participação do Brasil, durante o Mundial das Nações que será realizado no Donington Park, na Inglaterra, nos dias 27 e 28 de setembro. Alexandre afirma que se o Brasil for mesmo confirmado como sede, o evento servirá como fomento ao esporte. –Ainda não é definitiva a participação do Brasil no mundial, mas seria um incentivo a mais ao motocross brasileiro. Os pilotos teriam a chance de dividir a pista com os maiores pilotos do mundo–.

As negociações estão sendo feitas desde o ano passado. Em abril deste ano Federico se reuniu com o presidente da CBM e com o presidente da Federação Catarinense de Motociclismo (FCM) Onílio Cidade Filho, que juntos estão mobilizando forças políticas do estado e não estão medindo esforços para a realização do mundial em Canelinha.

Caso a notícia se confirme, quem comemorará com isso são os pilotos brasileiros. O mineiro Jorge Balbi, que compete nos Estados Unidos há três anos, se mostra empolgado com possibilidade de ver a elite do motocross no Brasil novamente. “Seria uma oportunidade fantástica aos pilotos brasileiros. Corri o último mundial realizado no Brasil na categoria 125cc e ali sonhei tudo que vivo hoje. Será uma oportunidade e tanto para nós brasileiros tentarmos o melhor resultado do Brasil em um mundial.” Afirma o piloto que no último fim de semana (31-08) finalizou sua participação com a 12ª colocação no AMA 2008. A inserção do piloto à elite do Motocross mundial, apenas comprova o crescimento do esporte no Brasil que vem a passos largos acompanhando o crescimento do setor motociclístico brasileiro.