A chuva aumentou o nível de dificuldade das provas

Brasil Nordeste de MX: Rodrigo Lama vence na MX1 e MX2

A cidade de Glória, na Bahia, recebeu nesse fim de semana, dias 3 e 4 de maio, a abertura do Campeonato Brasil Nordeste de Motocross. Ao todo foram realizadas 98 inscrições. “A competição atingiu nossa expectativa, tanto de pilotos quanto de organização”, ressalta Juvenal Alves, vice-presidente da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.

Rodrigo Lama venceu duas categorias em meio a muita lama

Rodrigo Lama venceu duas categorias em meio a muita lama

Foi montada uma boa estrutura, com arquibancada, camarotes e área de box. O público compareceu em peso, mesmo com a chuva. E, justamente por causa da chuva, que deixou a pista pesada, a categoria 85cc precisou ser adiada para próxima rodada, depois de consenso entre pais de pilotos e organização.

O destaque foi para o piloto Rodrigo Lama, que venceu as duas principais categorias, a MX1 e MX2. “O campeonato foi perfeito. A corrida muito bonita. Fui preparado para a competição, estava bem treinado, então a vitória era esperada. Vou tentar ser campeão invicto do Campeonato”, aponta o piloto.

A chuva aumentou bastante o nível de dificuldade das provas

A chuva aumentou bastante o nível de dificuldade das provas

Já na Força Livre Nacional, Lama ficou em segundo. O piloto teve duas quedas no final, problemas com óculos, mas fez uma boa disputa com Alex Lucena que conseguiu a vitória. Alex ainda venceu na 230cc.

O piloto paulista, Gustavo Amaral, que está morando no Nordeste, em Santa Cruz do Capibaribe-PE, ficou em segundo na MX1 e MX2. “Apesar da chuva, a prova foi ótima. Na MX2 tive problemas com o freio logo no começo da prova. Com a chuva e muita água na pista perdi o freio da frente logo com quatro voltas, mas consegui me manter bem até o final. Não foi o que eu esperava, vou treinar bastante para próxima etapa não cometer os mesmos erros e buscar a primeira posição”, destaca o piloto.

Na 65cc, a vitória foi de Athalo Brito. Na Junior, o mais rápido foi o alagoano Pedro Patrick Melo, que venceu com facilidade. Outro paulista que mora no nordeste, em Juazeiro-BA, se destacou na abertura do Campeonato, Bruno Alencar venceu na MX3. Francisco Calixto foi o nome na MX4. Na Nacional Open, Israel Feitosa levou a melhor.

A 2ª Etapa da competição será nos dias 7 e 8 de junho em Triunfo, na Paraíba.